segunda-feira, 12 de janeiro de 2009
Avatar

Coletâneas Dos Países - O Feliz 2009 do Ignes!

15 comentários
Nós do Ignes resolvemos fazer cada um de nós duas coletâneas de bandas de países sorteados entre nós, todos com grandes nomes do Metal mundial e outros estilos, como Indie, Hardcore e etc. Acho que essa foi uma das coisas mais legais que já rolou aqui no blog, com todo mundo curtindo fazer e conhecendo um monte de bandas novas. Espero que vocês gostem tanto quanto nós, por que deu trabalho, mas valeu a pena! E aqui vão elas, cada uma com seu comentário e capas próprias idealizadas pelo grande e renomado designer Victor Azevedo (Vic pros íntimos) e feitas pelo Koticho.

Coletâneas do Koticho

Canada

01. Rush - Tom Sawyer
02. The Agonist - Rise And Fall
03. Quo Vadis - Tunnel Effect (Element of the Ensemble IV)
04. Protest The Hero - Sequoia Throne
05. 3 Inches Of Blood - Trial Of Champions
06. Into Eternity - Severe Emotional Distress
07. Neuraxis - Darkness Prevails
08. Kittie - Spit
09. Annihilator - Phantasmagoria
10. Despised Icon - In The Arms Of Perdition
11. Kataklysm - Manipulator Of Souls
12. The Birthday Massacre - Horror Show
13. Strapping Young Lad - Almost Again
14. Avril Lavigne - Complicated (Bonus Track)


Minha vez de postar a coletânea de países da Ignes, o meu primeiro país, é o Canadá. Considerei-me com sorte, por ter pego esse país, onde há diversas bandas
que me agradam, de variados gêneros. Tentei deixar ela um pouco eclética, colocando até pra brincar com os truezões, Avril Lavigne no final da coletânea.
Abri a coletânea com um clássico do Rush, no caso Tom Sawyer, e também porque Rush provavelmente é a maior e mais importante banda canadense. Em seguida, incluí
The Agonist, que foi uma das melhores revelações do metal moderno canadense, mesclando Metalcore e Melodic Death Metal, com grande destaque para Alissa, uma garota que faz incríveis guturais e vocais limpos divinos.
A terceira faixa fica por conta do Quo Vadis, que já é figurinha carimbada, para todos que gostam de metal extremo e técnica.
A quarta banda, é também a minha preferida vinda do Canadá, Protest The Hero toca o chamado Mathcore, ou melhor explicando, uma mescla entre o Metal Progressivo
e o Metalcore, criando um som único e totalmente original.
A quinta banda é o 3 Inches Of Blood, que faz uma mescla interessante, entre um instrumental de Power/Thrash e um dueto de vocalistas, sendo que um agudo agressivo, nas linhagens de Rob Halford, e o outro mandando guturais.
Into Eternity também é figurinha carimbada entre os bangers, que curtem progressividade, melodia e metal extremo, parece que esse é o forte do Canadá mesmo, já que a faixa seguinte, é do Neuraxis, que também mistura Melodic Death Metal
com muita técnica, na mesma linha do Quo Vadis.
Pra quebrar um pouco, coloquei Kittie, a famosa banda de New Metal canadense, formada apenas por garotas (gostosinhas diga-se de passagem) que fazem um Nü calcadão nos estilos mais pesados do metal, como o Thrash e o Death.
A nona faixa, vem com Annihilator, uma das clássicas bandas do Thrash Oitentista, sempre liderada pelo virtuoso guitarrista e vocalista Jeff Waters.
A décima música, também é de uma das minhas bandas preferidas, o Despised Icon, que provavelmente, seja a mais brutal do CD, já que tocam um Deathcore técnico pegadão, com lindos breakdowns e pig squeals, porradona de qualidade.
Em seguida, acho que nem precisa comentar, Kataklysm, mestres do Death Metal.
Mais uma vez, pra dar uma quebrada, dessa vez é com Birthday Massacre, bandinha gótica de synthpop/industrial pra dar uma mudada de ares e o CD fugir um pouco da extremidade.
Strapping Young Lad também acho que não é necessário comentar, banda fruto da mente genial do Devin Townsend, Thrash/Death com influências das mais diversas e loucas possíveis.
E pra fechar, como Bonus Track do CD, nada mais, nada mesmo que a “Rainha do Punk” (sim, isso é uma piada) Avril Lavigne! A adolescente RBD que fez sucesso no mundo inteiro, e que eu tenho certeza que todos os bangers amam de paixão.

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo


Polônia

01. Fryderyk Chopin - Waltz No. 6
02. Vader - Helleluyah!!! (God Is Dead)
03. Atrophia Red Sun - Sins Of Nations
04. Pyorrhoea - Miserable Existence
05. Squash Bowels - Grind Standart
06. Riverside - 02 Panic Room
07. Hunter - Fantasmagoria
08. The Car Is On Fire - Can't Cook Who Cares
09. Behemoth - Conquer All
10. Besatt - King Of Demons
11. Acid Drinkers - Balada

E meu segundo país, ficou sendo a Polônia. Essa deu um pouquinho mais de trabalho que o Canadá, já que eu não conhecia tanta coisa, e tudo que eu conhecia era extremo, e como eu queria dar uma variada eu tive que descobrir bandas novas, o que foi ótimo, descobri duas bem originais, e que eu gostei de verdade.
Pra abrir, Fryderyk (Ou Fredéric como queiram) Chopin, um dos pianistas mais consagrados da história, ao lado de gênios como Beethoven e Mozart, a abertura então
é uma curta faixa instrumental dele. Agora sim começa o CD, com porrada do Vader, um dos carros chefes do metal polaco, destruindo tudo com God Is Dead.
A terceira faixa é do Atrophia Red Sun, uma banda que eu conheci por acaso a um bom tempo, que toca um Prog Death, com influências industriais, creio que agradara
muita gente. As duas faixas seguintes, são pancadaria pura, Pyorrhoea e Squash Bowels, o fino do Grind/Death, brutalidade a flor da pele.
Momento relax vem agora com Riverside, Progzão na linha de Porcupine Tree, é pra viajar escutando.
Hunter, uma das bandas que eu descobri criando esse CD, e adorei. É um Heavy/Thrash bem original, com influências que vão do Soul ao Doom, interessantíssima banda.
The Car Is On Fire, pra mim a pérola que eu descobri fazendo esse CD, é também a banda com som mais "comercial", alternative rock bem relax, com toques leves eletrônicos e influências até de Bossa Nova, simplesmente genial.
Behemoth, acho que é a estampa, o rosto, do metal polonês, é sem dúvidas a banda mais bem sucedida de todas, mundialmente conhecida na cena metal, não precisa de maiores descrições.
Agora vêm um Black Metal puro e cru, bem tradicional com o Besatt, seguindo toda a linha Norueguesa BM de ser, com direito a corpses paints, spikes, satanismo e tudo mais.
E Acid Drinkers, mais uma banda legal que eu conheci criando essa coletânea, Thrash/Crossover oitentista, som old school total, cheio de humor tal, mas como foi pra fechar o CD eu escolhi uma balada (como o nome mesmo sugere, duh).


Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas do Brutales Opfer


Suécia

01. Grand Magus - Nine
02. Forest Of Shadows - Selfdestructive
03. Katatonia - Tomb of Insomnia
04. Memento Mori - Under My Blackened Sky
05. Grave - Deathstorm
06. Hypothermia - Del III
07. October Tide - All Painted Cold
08. Grave Flowers - Sleep Demons Sleep
09. Incrave - The Touch Of Death
10. Lifelover - Narcotic Devotion

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Dei prioridade as bandas não muito conhecidas no meio. Bandas de Doom, Death, Black, Power, Heavy e Industrial. Espero que gostem.


Noruega

01. Joyless - Close to God
02. Old Man's Child - Hominis Nocturna
03. Tristania - A Sequel of Decay
04. Zyklon - Ways Of The World
05. Pagan's Mind - Atomic Firelight
06. MÜL - Rites of Doom
07. Ulver - Shadows Of The Sun
08. Funeral - In Fields of Pestilent Grief
09. Kraanium - Excremental Maniac
10 Theatre Of Tragedy - A Rose For The Dead

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas do Adriel


EUA

01.Type O Negative - We Hate Everyone
02.Lamb Of God - Walk With Me In Hell
03.Vital Remains - Dechristianize
04.Death - Cristal Mountain
05.Slayer - Raining BLood
06.Novembers Doom - The Voice Of Failure
07.Metallica - Seek And Destroy
08.Possessed - Twisted Minds
09.Cannibal Corpse - The Spine Splitter
10.Pantera - Suicide Note Pt I

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

No CD 1 selecionei grandes bandas do Metal Extremo do cenário americano.
Já no CD 2(Inglaterra) dei prioridade a bandas de Doom/Gothic, mesmo constando na playlist bandas de outros gêneros, todo o CD segue um clima sombrio e melancólico.
Enfim, espero que gostem.


Inglaterra

01.My Dying Bride - Your River
02.Anathema - The Silent Enigma
03.Paradise Lost - One Second
04.The Sisters Of Mercy - Marian
05.Joy Division - Love Will Tear Us Apart
06.The Cure - Cold
07.Pink Floyd - Welcome To The Machine
08.Fields Of The Nephilim - Dawnrazor
09.Black Sabbath - Kiss Of Death
10.Candlemass - Solitude

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas da Raysa (amiguinha do Ignes)


Grécia

01. Crystal Tears - On Thorns I Lay
02. Dine In Hades - Airged L'amh
03. Hate Woeld Hero - Firewind
04. Ira Incensus - Rotting Christ
05. Threnody - Deviser
06. Failure - Inactive Messiah
07. The Ring (of sorrow) - Astarte
08. Communion - Septic Flesh
09. Supreme Cosmic Union - Ravencult
10. Those Who Never Sleep - Necromantia

Abrindo a coletânea grega temos um pouco da fase Gothic Metal de On Thorns I Lay, em seguida
o Heavy/Power/Folk Metal de Airged L'amh, Power/Speed Metal com Firewind, Black/Gothic Metal com Rotting Christ, Death/Black Metal com Deviser, Melodic Death Metal com Inactive Messiah, Black Metal com Astarte, Death/Atmospheric Metal com Septic Flesh, novamente Black Metal, com Ravencult e pra finalizar, mais Black Metal (siiim, mais!),
dessa vez com Necromantia!

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo


Oriente Médio

01. Genies, Sorcerers and Mesopotamian Nights - Melechesh
02. Taht Alamat Al Nujoom - Narjahanam
03. Ay Isigi Savascisi - Almora
04. Grey Skies And Crimson Cloud (Bonus) - Mausoleum
05. Mess Of Hostility - Kimaera
06. Whispers Of Suicide - Ekove Efrits
07. Into Chaos I Lost - Wasted Land
08. Days Of Joy - Bilocate
09. Legal Genocide - Positive Poison
10.UNI - Luay Rifai

Foi um pouco complicado fazer essa coletânea, porque não existe muito material de qualidade das bandas do Oriente Médio, e o que existe é difícil de encontrar. Abrindo com o Black/Death/Middle-Eastern Folk Metal de Melechesh, banda israelense que tem como temática a mitologia Mesopotâmica e Suméria, passando pelo Black/Death com Middle Eastern Influences de Narjahanam, o Symphonic/Gothic de Almora e o Funeral Doom de Mausoleum, a coletânea também conta com Kimaera (Atmospheric Doom/Death), Ekove Efrits (Black Metal), Wasted Land (Melodic Death com influências do Folk), Bilocate (Doom/Death/Dark Metal), Positive Poison (Metal) e finaliza com Luay Rifai, o cara toca um Progressive Heavy Metal/Hard Rock, Shred e lembra bastante o ator que fez o Johnny Cash no filme Johnny & June!


Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas da Renata Demether


França

01 - Anorexia Nervosa - Stabat Mater Dolorosa
02 - Coupérin - Les Barricades Mystérieuses (Intérprete Francisco Ricardo)
03 - Eths - Porquoi
04 - Dagoba - Maniak
05 - Die Form - BWV 29
06 - Peste Noir - Retour de Flamme
07 - Louise Attaque - Arrache-Moi
08 - Jaque Brél - No Me Quitte Pas (Intérprete Maysa Matarazzo)
09 - Alcest - Souvenirs D'un Autre Monde
10 - Eros Necropsique - La Fable Du Lisier
11 - Aabisinthe - In Search Ligth

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Bem, como não poderia deixar de ser, as minhas são estão bem ecléticas, nos melhores dos termos. Ainda faltou muita gente, muitas bandas boas de ambos os países, mas tinha que escolher.
Em ambas as coletâneas, coloquei algumas bandas 'novas' que nunca foram postadas aqui no blog, como Manacá, Miasthenia, Dogoba, Aabisinthe... caso vocês baixem a coletânea, gostem de algumas dessas bandas não postadas aqui no Ignes, não deixem de fazer seu pedido para que postemos os álbuns na íntegra. E isso não vale só para mim, mas para a coletânea de meus outros amiguinhos. =)
Espero que gostem. =)


Brasil

01 - Chico Buarque - Construção
02 - Krisium - Suicidal Savagery
03 - Elis Regina - Casa no Campo
04 - Manacá - Diabo
05 - Raimundos - 20 e poucos anos
06 - Krhophus - Fisher of Souls
07 - Hybria - Steel Lord On Wheels
08 - O Rappa - Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)
09 - Bacamarte - Depois do Fim
10- Miasthenia - Deuses da Aurora Ancestral

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas da Laruw (que foram upadas pelo Koticho)


Finlândia

01 - Children Of Bodom - Hate Crew Deathroll
02 - Korpiklaani - Vakirauta
03 - Impaled Nazarene - Armageddon Death Squad
04 - Husky Rescue - Summertime Cowboy
05 - The Black League - Same Ol` Fuckery
06 - Misery Inc. - Greed Rules The World
07 - Profane Omen - Adrenaline
08 - Poisonblack - Rush
09 - Norther - My Antichrist
10 - Insomnium - Mortal share
11 - H.I.M. - Vampire Heart
12 - Ensiferum - Into Battle
13 - Catamenia - Embody And Behold
14 - Sentenced - End Of The Road


Bom, como a Laruw ficou impossibilitada de fazer as 2 coletâneas que caiu pra ela, eu me incumbi de fazer, mesmo porque, são 2 países com uma quantidade de bandas excelentes fora do comum.
A da Finlândia eu abri com um clássico do Children of Bodom, que provavelmente é a banda mais importante do país, e que todo banger que eu conheço, já teve uma época em que foi viciado em Laiho e sua trupe.
Em seguida, pra mudar totalmente a direção da coletânea, Korpiklaani, e seu folk rápido e animado. A seguir, momento tr00 da coletânea, com Impaled Nazarene e o clássico Armageddon Death Squad.
Agora a bizarrice, mudar de Impaled pra Husky Rescue, que muitos não devem conhecer, é uma banda de Ambient Pop, boa pra dormir, extremamente agradável.
The Black League, é um projeto formado por ex-integrantes de bandas como Sentenced e Impaled Nazarene, que tocam um Rock'n Rool Roots, com influências totalmente Southern.
As 2 bandas a seguir, são interligadas, e talvez as minhas preferidas da coletânea, o ex-vocalista gutural do Misery Inc. é também o vocalista do Profane Omen, que é formada por outros ex-membros da Misery Inc.
Misery toca um Dark Metal, com influências de metalcore e groove metal, acho que é uma das bandas mais grudentas que eu conheço. Profane Omen é mais agressiva que a Misery, com o som também puxado pro Metalcore e Groove.
Poisonblack também famosa, Gothic Metal pesadão e com influências diversas. Norther praticamente Children of Bodom cover, com o som na mesma linha do Power Metal agressivo com vocais rasgados, solinhos de teclado, e a primeira aparição do Petri Lindroos na coletânea, já que ele é o vocalista do Norther e do Ensiferum. Insomnium garanto que vai agradar o público do blog, melodic death pesadão, com influências de Doom e de Prog Metal.
H.I.M pra deixar a coletânea mais light e mais pop também não precisa de descrições. Como eu disse, a segunda aparição do Petri Lindroos, agora com o Viking/Melodeath do Ensiferum.
Catamenia que faz grande sucesso na Europa, com seu Melodic Black, faixa do excelente CD novo. E nada melhor pra fechar, do que End Of The Road do Sentenced, balada gótica pesadona, com clima de encerramento.

Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo


Alemanha

01 - Rage - All I Want
02 - Caliban - I Will Never Let You Down
03 - Callejón - Zombiefield
04 - Oomph! - Augen auf
05 - Die Apokalyptischen Reiter - Friede Sei Mit Dir
06 - Kreator - Violent Revolution
07 - Tankard - Hell bent for Jesus
08 - Heaven Shall Burn - The Weapon They Fear
09 - End Of Green - She's Wild
10 - Böhse Onkelz - Prinz Valium
11 - Atari Teenage Riot - Too Dead For Me
12 - Rammstein - Feuer und Wasser


Alemanha também foi um país bem fácil de criar uma coletânea, pra abrir, uma faixa que tem uma introdução perfeita pra um CD, All I Want do Unity do Rage, que diga-se de passagem, é uma das unicas bandas de Power Metal que eu gosto.
Pra começar a dar peso pro CD, 2 seguidas de Metalcore, as excelentes Caliban e Callejon. Oomph! e sua sombria Augen Auf (até hoje tenho medo do garoto que canta na música).
Como eu sei que todos gostam de DAR, não pude deixar de incluir Die Apokalytischen Reiter, mistura de Folk com Death cantada em alemão, banda simplesmente única.
Alemanha, como país do Thrash, não poderia deixar de incluir a minha banda preferida de Thrash, Kreator, não vou nem descrever, se não vou me empolgar nos elogíos.
Tankard pra dar continuação ao momento Thrash do CD, os gordões cervejeiros e sujos, que desde os anos 80, fazem Thrash Old'School de primeira.
Heaven Shall Burn, provavelmente a mais pesada do CD, combinando Metalcore e Melodic Death, porradona de primeira.
A bucólica She's Wild do End of Green, balada extremamente viajante dos góticos, banda pra quem curte 69 eyes e derivados.
Böhse Onkelz foi uma banda de Punk Rock Skin nos anos 80, e que com o passar do tempo, se transformou em um Hard/Alternative bem original, musicas cantadas em alemão, Prinz Valium é simplesmente viajante e viciante.
Atari Teenage Riot, a barulheira eletronica e hard core, dos alemães que chegaram a ser investigados pela polícia secreta, por serem considerados uma banda perigosa, cheia de ideais politicos e revolucionários.
E pra fechar, a minha banda preferia, Rammstein, e a lindissima balada pesada, Feuer Und Wassar.


Links:

Rapidshare
Megaupload
Zshare
Badongo

Coletâneas do Forbidden (Forba, para os íntimos):


Austrália

01 - AC/DC - Rock 'n' Roll Train
02 - Men At Work - Who Can It Be Now?
03 - Virgin Black - Fragile Breath
04 - diSEMBOWELMENT - Excoriate
05 - Mounrful Congregation - As I Drown In Loveless Rain
06 - Dead Can Dance - The Host Of Seraphim
07 - Mortification - Scroll Of The Megilloth
08 - The Berzerker - Painless
09 - Psycroptic - Slaves Of Nil
10 - Silverchair - Cemetery

Minhas coletâneas acabaram ficando bem diversificadas entre si, talvez até opostas. Começando pela Austrália, abri com um clássico indispensável, AC/DC. Depois segui com uma música das mais lembradas daquelas terras, o famoso sax do Men At Work. Então começa uma sequência poderosa de Doom, começando com a pesada Fragile Breath da banda Virgin Black, seguida por uma das bandas mais criativas do gênero, o Grind/Funeral Doom do diSEMBOWELMENT, e então fechando a sequência com o Funeral Doom emotivo do Mournful Congregation. Dead Can Dance com sua melancolia e atmosfericidade deixam o ouvinte bem relaxado para o petardo seguinte, uma das maiores bandas cristãs extremas, Mortification e sua clássica Scroll Of Megilloth. The Berzerker e sua poderosa Painless seguem com a pancadaria que só termina na técnica e progressiva Slaves Of Nil da excelente banda da Tasmânia, Psycroptic. Pra fechar, coloquei um roquezinho bem leve, que talvez contraste com as poderosas trincas da coletânea, mas que não deixa de ser indispensável à uma coletânea australiana, Silverchair e sua mais famosa balada, Cemetery.

Links:

Rapishare
Megaupload
Zshare
Badongo



Irlanda e País de Gales

01-The Cranberries - Linger
02-Cruachan - Ride On
03-My Bloody Valentine - Only Shallow
04-Mourning Beloveth - Narcissistc Funeral
05-Primordial - Traitors Gate
06-The Corrs - Runaway
07-Franz Ferdinand - Take Me Out
08-U2 - Sunday Bloody Sunday
09-Bullet For My Valentine - Waking The Demon
10-Stereophonics - You Stole My Money Honey

Como eu disse anteriormente, as minhas coletâneas ficaram meio opostas, enquanto a Australiana era pesada e extrema, a da Irlanda e Gales é mais calcada no Indie e Atmosférico. A começar pela bela e conhecida Linger dos Cranberries, uma das bandas mais conhecidas de lá, seguindo pela banda de Metal Celta Cruachan, outra must-have dessa coletânea. My Bloody Valentine, a maior e mais influente banda de Shoegaze também não poderia faltar. O Mourning Beloveth foi a primeira banda que pensei quando fui fazer a coletânea, já que é uma das minhas bandas preferidas de Doom Metal e vem da Irlanda. Narcissistic Funeral é uma música perfeita, com maravilhosas partes limpas e guturais profundos. Primordial é uma das bandas que eu conheci fazendo a coletânea e devo dizer que foi uma sensacional descoberta. Pesada e mística, a banda faz um som inrotulável que agradará a muitos fãs de Metal bem tocado. Então chegamos ao The Corrs, banda famosíssima de terras Irlandesas, que também não poderia faltar. Franz Ferdinand é uma banda bem indie e alternativa, mas que serviu bem nessa coletânea eclética. U2 é talvez a mais famosa banda irlandesa, sem a menor dúvida, e Sunday Blood Sunday é uma das mais nacionalistas músicas da banda. Para representar fortemente o País de Gales, a maior banda da atualidade no Metal do país que é o Bullet For My Valentine com sua moderna e épica Waking The Demon. Fechando a coletânea, Stereophonics com seu rock alternativo e melancólico termina uma coletânea que eu ouvi umas 6 vezes e achei que foi uma grande lista. Espero que gostem!

Links:

Rapishare
Megaupload
Zshare
Badongo



Coletâneas do AlxSeth


Língua Espanhola

1 - The New Raemon - La Cafetera
2 - Maná - Eres Mi Religion

3 - Ximena Sariñana - Mediocre

4 - Juanes - Fotografia

5 - Sr. Chinarro - Los Angéles

6 - Nacho Vegas - En Lugar Del Amor
7 - Sin Dios - Europol

8 - Amduscia - Profano Tu Cruz
9 - Asesino - Y Tu Mama Tambien!

10 - Christina Rosenvinge - Tu Boca

11 - Rammstein - Te Quiero Puta

12 - Brujeria - Pititis,Te Invoco

13 - Caetano Veloso - Fina Estampa


Links:

Rapidshare
Megaupload
EasyShare
ZShare
Badongo
FileFactory


Japão

1 - L'Arc~En~Ciel - Jojoushi
2 - Malice Mizer - Beast of Blood
3 - The Back Horn - Kakusei
4 - Pierrot - Haruka
5 - MUCC - Libra
6 - Gazette - Filth in The Beauty
7 - Dio ~Distraught Overlord~ - Garasu no Umi
8 - Girugamesh - Patchwork
9 - Exist *cruzinha* Trace - Judea
10 - Dir en Grey - Obscure
11 - Blood Stain Child - Freedom
12 - -OZ- - Zenith

Links:

Rapidshare
Megaupload
EasyShare
ZShare
Badongo
FileFactory

15 Responses so far.

  1. Fernando says:

    Meu! essas capas ficaram feras...
    Se puderem dizer gostaria de saber qual programa foi feito e qual os efeitos não precisa de tutorial só dizer o nome dos programas e efeitos... pois tou pensando em organizar umas coletâneas minhas e já deu pra pegar uma idéia bacana pra eu poder fazer as capas dos albuns...

    Forte Abraço!

  2. AlxSeth says:

    Não postaram as minhas, fiquei puto!

  3. Se você tivesse as deixado com alguém, postaríamos. ^^

    E essas capas da coletânea do Brutales... deos, largo a famía. hasuhasuhauhs

  4. AlxSeth says:

    Eu mandei pro e-mail do Emilio, Renata. Vou avisar e ver se envio de novo. As capas ficaram fodonas \o/

  5. ficou tudo beeeeeeem foda, as capas, as escolhas das músicas também estão ótimas (Claro, se pudesse mudaria algumas, mas é impossível sair tudo perfeito hehe) Enfim, otimo presente galera, valeeeu \o

  6. bahhhh ninguem me avisa nada
    eu teria mandado uma ou duas coletanias tbm se eu tivesse
    sido avisado ¬¬

  7. Shodiak says:

    Parabéns mesmo pela idéia e pelos cds. Tomara que novos países sejam adicionados, como Rússia, Japão, Holanda, Itália.
    Nunca fui muito de comentar, mas dessa vez seria heresia não parabenizar!

  8. Gabriel says:

    Muito boa idéia ficou legal mesmo !
    Muitas das minhas bandas favoritas *_*
    \o/ Parabéns a todos \o/, imagino o trampo que deu pra montar
    Gay mode [on]
    Ficou divino !

  9. Oreia says:

    Rússia, Japão, Holanda, Itália, estavam na programação só que alguem não upou.

  10. Pablo_DF says:

    Bandas conhecidas da Suecia????
    Eis algumas bandas:
    Amon Amarth
    Arch Enemy
    At The Gates
    Bathory
    Bewitched
    Dismember
    InFlames
    Hammerfall
    Therion
    Tiamat
    Unleashed
    Enfim, nao gostei da escolha. Pena que cheguei atrasado nas montagens das coletâneas.

  11. Forbidden says:

    As bandas contidas nas coletâneas não eram pra ser as mais fodásticas ou mais famosas, simplesmente as que o uploader mais gostasse. Portanto Pablo_DF, não há o que reclamar.

    E Alx, não foi pro meu mail não xD
    Vou ver se já chegou e atualizo, desculpe se foi culpa minha, mas deve ter sido culpa do E-Mail que é coidiburguês.

  12. Phodinha essa do Japão, hien? E tem Girugamesh!!! *-*

  13. pena q ninguem me aviso dai eu faria uma da russia sei lah

  14. Ficou muito foda essa do Japão!!!
    Tem uma banda que chama lynch. vale a pena dar créditos a ela tb ^^

  15. Anonymous says:

    Nada a ver essa bandeira de "israel" na coletanea do Oriente Médio!!! Podia inclusive dividir as bandas do Oriente Médio com desse país criado na marra. Saudações.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.