sábado, 21 de fevereiro de 2009
Avatar

Discografia Portishead

3 comentários


Gênero: Trip Hop
País: Reino Unido
Ano Formação: 1991

Biografia: Portishead é uma banda britânica de trip hop formada no ano de 1991 em Bristol, Inglaterra. Ela foi formada quando, numa fila de desempregados, Geoff Barrow (samples e letras) encontrou Beth Gibbons (vocal). Geoff fazia samples para outras bandas, mas depois que formou o Portishead com outros integrantes de uma banda de jazz, ele passou a se dedicar somente à banda. No início, o Portishead era definido como lo-fi mas depois de algum tempo seu estilo foi modificado para o que é conhecido como trip hop. Portishead é o nome da cidade natal de Geoff Barrow.
A banda foi formada em Bristol em 1991, por Geoff Barrow, Beth Gibbons e Adrian Utley. Anteriormente, Barrow havia trabalhado com artistas como Massive Attack e Tricky, Gibbons cantava em pubs e Utley tocava guitarra com artistas de jazz como Big John Patton e The Jazz Messengers. O trio criou o curta To Kill a Dead Man, inspirado em filmes de espionagem, e sua trilha sonora persuadiu a Go! Beat Records a assinar com a banda.
O primeiro álbum do Portishead, Dummy, foi lançado em 1994 e seu primeiro compacto foi "Numb". Apesar da aversão da banda à cobertura da mídia, o álbum foi bem sucedido tanto na Europa quanto nos Estados Unidos (onde vendeu mais de 150 mil cópias antes mesmo da banda ter realizado turnê pelo país).
Dummy originou dois compactos de sucesso, "Glory Box" (usado no filme de 1996 When the Cat's Away) e "Sour Times", e proporcionou à banda o Mercury Music Prize em 1995.
Após o sucesso inicial, a banda distanciou-se por três anos até o lançamento do segundo álbum, Portishead. Os compactos "Cowboys", "Over" e "All Mine" foram lançados, atingindo o top 10 das paradas musicais do Reino Unido.
Ainda em 1997, a banda apresentou-se em um concerto com cordas com a Orquestra Filarmônica de Nova Iorque no Roseland Ballroom, Nova Iorque. O álbum Roseland NYC Live apresenta esses novos arranjos com cordas. O concerto também foi lançado em vídeo, originalmente VHS em 1998 e posteriormente DVD em 2002, este com mais material extra incluindo vídeos musicais antigos da banda.
Pelos próximos anos, os integrantes da banda concentraram-se em trabalhos solo ou outros projetos, até que em fevereiro de 2005 a banda apresentou-se ao vivo após sete anos, num concerto em Bristol em pról das vítimas do Terramoto do Índico de 2004. Na mesma época, Barrow revelou que a banda estava no processo de escrita do terceiro álbum. Em agosto de 2006 a banda disponibilizou novas canções em seu sítio do MySpace.
Em 2 de outubro de 2007, os integrantes da banda anunciaram que o novo álbum, Third, havia sido mixado e estava próximo da conclusão, sendo planejado para lançamento no início de abril de 2008. O lançamento de fato acabou sendo adiado para 28 de abril.

Comentário:
Portishead é uma banda inglesa da cidade de Bristol formada em 1991 unindo numa formação músicos formados em Jazz com Geoff Barrow e Beth Gibbons, masterminds da banda, responsáveis respectivamente pelos Samplers, Letras e o inconfundível vocal da banda. Inicialmente, o estilo da banda era dificil de se definir, só depois foi definidio como o chamado Trip-Hop, um estilo naturalmente híbrido, que engloba uma enorme variedade de influências que vão desde o já citado Jazz até a Soul Music. Extremamente novo, o Trip Hop tem como mais famoso representante exatamente o Portishead, contudo, da discografia modesta da banda o única álbum que eu realmente aprecio é o seu debut, Dummy (1994). Roads, Glory Box, entre outras músicas fazem desde álbum realmente um clássico, um álbum relaxante e quase alucinógeno. Já o homônimo da banda é bem mais decadente, ainda conseguindo boas músicas como a exclente Undenied, mas sendo uma prévia do desastre sonoro que é o seu mais recente álbum, Third. Pode ser que eu esteja sendo um pouco agressivo demais, mas na minha humilde opinião, o Third foi realmente um crime, o vocal de Beth está irreconhecível, existe uma overdose de samplers nem sempre bem colocados, e muito pouco da atmosfera intimista e reflexiva dos outros álbuns. Mas sem dúvida, é uma banda que não perde sua importância, Portishead é uma das mais influentes bandas da atualidade e uma das mais importantes pioneiras num estilo extremamente recente. (Comentário feito pelo Forba)




Dummy

Ano Lançamento: 1994
Tracklist:
1. Mysterons
2. Sour Times
3. Strangers
4. It Could Be Sweet
5. Wandering Star
6. It's
7. Numb
8. Roads
9. Pedestal
10. Biscuit
11. Glory Box

MegaUpload



Portishead

Ano Lançamento: 1997
Tracklist:
1. Cowboys
2. All Mine
3. Undenied
4. Half Day Closing
5. Over
6. Humming
7. Mourning Air
8. Seven Months
9. Only You
10. Elysium
11. Western Eyes

MegaUpload



Roseland NYC Live

Ano Lançamento: 1998
Tracklist:
1. Humming
2. Cowboys
3. All Mine
4. Mysterons
5. Only You
6. Half Day Closing
7. Over
8. Glory Box
9. Sour Times
10. Roads
11. Strangers

MegaUpload



Third

Ano Lançamento: 2008
Tracklist:
1. Silence
2. Hunter
3. Nylon Smile
4. The Rip
5. Plastic
6. We Carry On
7. Deep Water
8. Machine Gun
9. Small
10. Magic Doors
11. Threads

MegaUpload

3 Responses so far.

  1. Anonymous says:

    thanks very much for all these wonderful portishead albums!

  2. Mostellum says:

    Ótimo pra ouvir entregue a taças de vinho e praticas libidinosas

  3. Joaojose9 says:

    Muito bom Portshead! Mas que palhaçada é essa em "Silence" (faixa 1) do disco "Third"? Começa com um cara falando umas bobagens em português!!! Por um acaso você não conseguiria me ajudar a encontrar a música original?

    Desde já, obrigado! E parabéns pelo blog!
    Abraço!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.