sexta-feira, 17 de abril de 2009
Avatar

Carnophage - Deformed Future // Genetic Nightmare

5 comentários


Gênero: Technical Brutal Death Metal
País: Turquia
Ano Lançamento: 2008
Comentário: Banda da Turquia, formada em 2006, lançou seu primeiro full-length em Agosto de 2008, Deformed Future // Genetic Nightmare, é simplesmente técnico e brutal, com vocais guturais intensos, bateria com bumbos se destacando praticamente todo o tempo, os riffs são cadênciados e sem perder a rapidez, baixo ótimo de Bengi Öztürk, pra quem curte som brutal e técnico, baixem!

Tracklist:

01 - Deformed Future // Genetic Nightmare
02 - Bone Nails
03 - Harmlessly Eaten
04 - Blood Commander
05 - No One Forgotten
06 - Corpsefield
07 - Clandestine Depravity
08 - Anomalistic Resurrection

MySpace

Download Rapidshare
Download Megaupload
Download DepositFiles
Download MediaFire
Download Badongo
Download Zshare

5 Responses so far.

  1. Igor... says:

    achei um pouco sem peso, mas o que me chamou atenção no álbum, foi a qualidade sonora e como tudo foi feito, é de uma perfeição só, o baixo é totalmente audível, coisa que nesse genero é dificil de se ouvir o baixo. curti muito o vocal tbm, ela me lembra de longe, o Nile, só qe essa tem algo em especial que consegue me agradar, coisa que o Nile não tem.... Curti mesmo, belo post! valeu

  2. black says:

    Muito bom esse poste meus camaradas, da essência evolutiva de primeira linha, gostei do poste vou baixar aqui tem muito material bom !

  3. Anonymous says:

    como eu abro esse arquivo ...

  4. Anonymous says:

    em primeiro lugar gostaria de agradecer pelos post, baixei este cd + ele veio num arquivo setranho(???) ñ tô conseguindo extrair as musicas, alguem pode ajudar ????

  5. O arquivo está no formato rar, é só "extrair aqui".

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.