quarta-feira, 23 de setembro de 2009
Avatar

Astor Piazzola - Libertango

1 comentários


Gênero: Música Erudita / Tango
País: Argentina
Ano: 1997
Descrição: To postando esse abum para provar que nossos hermanos Argentinos são bons pelo menos em uma coisa: Tango. Assim como o Samba está para o brasileiro, o Tango está para o Argentino, e como músico, eu tenho que assumir, eles são os melhores no que se diz respeito a esse estilo. Não é qualquer pessoa que consegue tocar um tango bem tocado, precisa da pegada, assim como existe pegada de metaleiro, etc. Trago a vocês um album duplo do maior compositor/interprete de tango da história: Astor Piazzolla, (Mar del Plata, 11/03/1921 - Buenos Aires 04/07/1998). Foi um baita bandeonista, que inovou a maneira de fazer tango, incorporando elementos do Jazz em sua música, e criando uma nova vertente de composição, seguida ainda hoje. Possui uma discografia invejável, tendo gravado discos com grandes nomes da música como Tom Jobim. Recomendo a faixa 05 do disco 2, institulada Libertango, uma de suas músicas mais famosas, que é interpretada com frequência por várias orquestras ao redor do mundo. Aproveitem, não é todo dia que um Argentino faz algo que presta! (6) Brincadeiras a parte, esse album é fabuloso! P.S.: Esse álbum é ao vivo, o que dá todo um charme a gravação!
Recomendo que escutem as músicas com um bom phone de ouvido, para um melhor aproveitamento do álbum!


Tracklist:

01 - Libertango
02 - Meditango
03 - Undertango
04 - Adios Nonino
05 - Violentango
06 - Novitango
07 - Amelitango
08 - Tristango

EasyShare ||MegaUpload || DepositFiles

One Response so far.

  1. Putz eu curto pacas tango. Vou indicar uma banda muito boa...chama-se: "Orquestra Tipica Buenos Aires". Classicos do Tango intepretados de forma fantástica.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.