quarta-feira, 28 de julho de 2010
Avatar

Razek - Exile of Tragedy [demo]

0 comentários
Gênero: Death/Thrash
País: Brasil [Sorocaba/SP]
Ano: 2009

Comentário: Eis que o nome "Razek" não me soava estranho, eis que o nome de um dos integrantes [o mesmo que nos enviou este e-mail] também não o era, e nem sua localidade [Sorocaba, e lembrando que sou de Piracicaba]. E finalmente eis que me lembrei do que se tratava. Conheci o som desta banda em uma das comunidades sobre Heavy Metal do Orkut, provavelmente a HMB [Heavy Metal Brasil] da qual muitos aqui devem conhecer/participar/ouvido falar.
Bom, voltando a banda, é a mesma opinião que outrora havia feito, um ótimo som, um tanto melódico na minha concepção de Death, mas ela alterna bem e não se limita a melódico ou a brutal, trabalha bem, dentro deste espaço que é o seu espaço escolhido, o death. A banda se intitula também como parte "thrash", bom, concordo, os riffs as vezes soam sem muito compromisso, num instante rápido e em outro "largos", acompanhados de uma certa distorção "suja". Nota-se pitadas de outros elementos, seja de modo seco ou atmosférico, mas entende-se que a intenção não é fazer uma simples "cópia" do que já existe aos montes por aí.
Apesar de demo, o instrumental já se mostra competente e prevejo mais uma boa demonstração de peso vindo do interior paulista. Destaco também o vocal de Luiz Fernando, arrebenta.
É isso aí pessoal, espero um som ainda melhor no primeiro full!! Desculpem a demora, infelizmente caímos... mas esperamos a divulgação de vocês! Abraço!


Biografia: "Don't give up for nothing, fight!"
Com ideais fortes, e competência naquilo que se propõe a fazer, a Razek iniciou suas atividades em junho de 2009, num repertório de músicas próprias.

O projeto já estava traçado desde meados de 2008. A banda Anthroposide, em que o guitarrista Julio César tocava, acabou. Ele reúne todos os seus sons criados, já pensando no futuro. Luiz conheceu os sons e gostou, aceitando entrar para a banda. Mais tarde, conhecem o baterista Iago, e começam a ensaiar as primeiras músicas. Após alguns meses, Júlio traz um velho amigo para o baixo, Gustavo Bettuz.

A Razek começou com as composições, que até então só existiam nas partes de guitarra. Hoje, contam com aproximadamente 15 músicas próprias, e diferentes sets para shows. Os temas das letras oscilam entre pensamentos do homem moderno, histórias de filmes e crítica social. Seja na poderosa "Fight", como um impulso de auto-estima, nos breakdowns de "Protector of the Castle" - metáfora do núcleo familiar, na pegada matadora de "Exile of Tragedy", relatando o arrependimento de um assassino e seu caminho à loucura, ou nos questionamentos postos em As well as a Machine, inspirados no livro "A Sociedade do Espetáculo", de Guy Debord.

E os gêneros? A banda, apesar de se intitular Thrash/ Death metal, não se limita aos clichês dessas vertentes, procurando captar elementos de outros ritmos (jazz, funk) e outras influências no heavy metal,dando uma abrangência musical e maior caracterização dos sons. Como influência, busca inspiração em bandas como Death, Necrophagist, Martyr, Revocation, Testament, Opeth, Slayer e outras.

No dia 29 de dezembro de 2009, a banda grava sua primeira demo, intitulada "Fight", com duas faixas. Com o primeiro myspace feito (www.myspace.com/razekbanda), passa a divulgar seu trabalho e conseguir shows em sua cidade - Sorocaba - e na região: Rio Claro, Indaiatuba, Itapetininga, Piracicaba e etc. Neste endereço (razekbanda), o site era mais simples, contava apenas com uma imagem dos membros e duas músicas.

Após alguns estudos e melhoras nas composições, decidem lançar sua segunda demo, e desta vez, contratam o webdesigner Lucas Pereira para criar outro Myspace (www.myspace.com/razekmetal) e criar a arte da nova demo: "Exile of Tragedy", esta contava com 3 novas faixas, além das duas da primeira demo. Neste lançamento, a Razek decide mostrar seu lado mais técnico e brutal, com vocais mais graves e guitarras mais precisas. Além disso, através de um projeto da Universidade de Sorocaba, lançam o seu primeiro videoclipe, trazendo para o audiovisual a estória contada em "Exile of Tragedy".

Em junho de 2010, Gustavo Bettuz decide sair da Razek. Estando envolvido em outros projetos, Bettuz deixa o posto de baixista para Eduardo. No dia 18 de junho de 2010, o grupo se reúne pela última vez com Bettuz para tocar no D'Vinci Bar, em Rio Claro. Ao fim do repertório, é aplaudido pelos outros integrantes e pelo público, que o agradece e parabeniza.

Para 2010, os planos do quarteto envolvem shows maiores e com bandas de peso do cenário underground de SP, além da venda de sua segunda demo - "Exile of Tragedy" - e a criação de camisetas para divulgação.
Myspace
PalcoMP3
Orkut

Membros:
Luiz Fernando - Vocal
Júlio Cézar - Guitarra/backing vocal
Iago Toledo - Bateria

Tracklist:
1- Fight
2- Need for blood
Ouça as demais no MySpace

Download

Abaixo o clipe da música "Exile of Tragedy", também presente no MySpace da banda.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.