domingo, 21 de novembro de 2010
Avatar

Bethlehem - Stönkfitzchen

3 comentários
Gênero: Depressive Black Metal/Doom Metal/Dark Metal
País: Alemanha
Ano: 2010
Comentários: Primeiro, duas coisas a ressaltar: Não achei foto da banda atualmente, então usei uma bem mais antiga, nem sei que vocal era nessa época. Segundo, "Dark Metal" é simplesmente pelo fato de a banda ter um estilo único (bastante copiado, é verdade) e seu primeiro álbum justamente chamar "Dark Metal", daí a fama da banda de ser chamada de "Dark Metal". Mas como eu já ouvi de tudo com esse rótulo, considere mais o DSBM da parada.

Enfim, sobre o disco. Acho que muita gente que frequenta o blog a mais tempo, já conhece Bethlehem. Não só por ser uma banda excelente, mas como por nós postadores em geral sermos fazuxos de tempos dessa banda espetacular e já termos postado bastante coisa dos caras, aqui, aqui e principalmente aqui. Mas, para os desavisados, Bethlehem é uma das maiores bandas do chamado Depressive Black Metal, e se destaca de longe dentre as bandas do estilo. Uma sonoridade única, com vocais diferentes em todos os álbuns, cada uma mais foda que o outro, instrumental sinístrissimo ao mesmo tempo que violento e sempre cativante. A banda também é famosa por "teoricamente" incentivar o suicídio e o "satanismo" (embora a banda JAMAIS tenha sido satânica) e por isso ter sido por algum tempo banida de tocar no seu próprio país. O Suícídio é, realmente, largamente citado nas letras da banda, que tem tons extremamente bizarros, e tudo envolta da banda é extremamente mórbido e doentio. O grupo lançou 3 discos com essa sonoridade violentamente depressiva, marcos no Black Metal, e depois entraram numa fase mais experimental, mais eletrônica, e posteriormente mais alternativa, embora tenha sido uma pequena volta ao peso de começo de carreira. Mais recentemente, seguindo uma tendência bastante clara que havia se formado pela linhagem de vocalistas que passaram pela banda, recrutam Niklas Kvaforth, vocalista da renomada banda de DSBM sueca Shining - que por sua vez, não é menos original e revolucionária no estilo - para assumir os vocais da banda num retorno a musicalidade de início de carreira. Stönkfitzchen é o primeiro lançamento de inéditas do grupo depois da entrada de Niklas, e era bem aguardado pelos fãs do grupo justamente pela expectativa de como a banda soaria "black metal" depois de tantos anos afastada do estilo. E a resposta é: Tão espetacular quanto antigamente.

O EP começa com duas músicas na minha opnião razoáveis, Was ihr seid, das waren wir - War win sind das werdet ihr e Kalt regelt ab die Krankgeburt, que mostram um Niklas com vocais graves, quase susurrados, e um instrumental direto e sinístro, com piano na introdução da primeira e riffs com um certo ar "bluezístico", mas sinceramente, pra mim sem grandes surpresas. Claro que o "sem grandes surpresas" aqui indica que são músicas boas, já que isso é regra pra banda (babação mode on). Yesterday I Already Died Today advém do álbum lançado ano passado com regravações pelo "novo" Bethlehem do clássico álbum SUiZID, lançado em 1998, então não traz nenhuma surpresa além do vocal de Niklas, que encaixou - como era de se esperar de um dos maiores vocalistas de Black Metal da atualidade - perfeitamente dentro da sonoridade da banda. Agora, tudo muda com Kandierte Verlosung zu Ross. Aqui Niklas solta seu conhecido vocal até os agudos, e - pasmén - temos até vocais limpos. Mas não pense que há alguma melodia 'feliz' aqui. Temos simplesmente um dos maiores atrativos da banda, as passagens acústicas tenebrosas que fazem dessa banda algo único, aliado a vocais sorumbáticos e sinistros, embora limpos. Isso, lembre-se, na primeira música que Niklas leva seus vocais mais ao extremo, ou seja, não é de forma alguma uma música leve. É Bethlehem, simplesmente, em sua melhor forma. Pillerthrillaren antecede o final do disco com uma sonoridade bem na linha da penúltima faixa, com mais uma vez excelentes vocais de Niklas e um instrumental perfeito. Pra fechar, The 11th Hour, que fecha com chave de ouro o EP, com seus 31 minutos de doentia musicalidade.

Em resumo, se você é fã das antigas do Bethlehem, vai gostar. Se não é, pode pegar logo esse pra conhecer, por que a essência da banda nunca se perdeu. Banda não recomendada pra escutar antes de dormir, nem pra cardíacos. Tirem as crianças da sala.

Tracklist:

1.Was ihr seid, das waren wir - Was wir sind, das werdet ihr05:09
2.Kalt regelt ab die Krankgeburt04:55
3.Yesterday I Already Died Today05:03
4.Kandierte Verlosung zu Ross04:12
5.Pillerthrillaren05:33
6.The 11th Hour06:19

Download (Mediafire)


3 Responses so far.

  1. Anonymous says:

    ql a senha pra extrair o arquivo?

  2. Forbidden says:

    Não tem senha não amigo, você deve estar confundindo alguma coisa aí.

    Experimente baixar novamente, as vezes você está confundindo o arquivo estar corrompido com estar protegido por senha.

  3. alespawn says:

    excelente banda.obrigado a vocês.e tenho uma pergunta: e o novo do shining que sairia nesse semestre e não acho em lugar nenhum?se conseguirem postar,farão outro favor a um amigo.
    obrigado de novo. e que o blog dure muito tempo.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.