sexta-feira, 10 de dezembro de 2010
Avatar

Kostas - Bardö Thödol

2 comentários
Gênero: Dark Ambient/Experimental
Ano: 2010
País: Brasil (Belém/PA)
Comentário: Projeto oriundo da efervescente e instável mente criativa de Junio Kostas que, desta vez − QUIÇÁ −, perdido em um processo de reconhecimento e auto-afirmação da identidade de seus projetos antagônicos e comumente transcendentais, resolveu assinar o “Bardö Thödol” com seu próprio nome (Kostas).

As músicas foram inspiradas no livro “Bardo Thödol”, também conhecido como “O livro tibetano da morte”. Escrito no século VII por mestres budistas, seu conteúdo sendo ainda mais antigo, reúne crenças sobre o post mortem; o livro (uma espécie de guia) ainda é uma referência do processo de sincretismo religioso que ocorreu no Tibet, após a introdução do Budismo pelo Grande Guru Padmasambhava.

A expressão “Bardo Thödol” comumente é traduzida como “A libertação pelo entendimento na vida após a morte”; haja vista que “Bardo” é uma palavra composta: “BAR” significa “Entre”; “DO” significa “Dois”. Deste modo, a palavra “Bardo” refere-se ao espírito que está em uma situação intermediária. Neste caso, tal situação intermediária seria aquilo que ocorre entre o fim da vida orgânica (biológica) e o próximo renascimento.

A libertação mencionada no livro se refere ao fim do ciclo de reencarnações, sendo este proveniente do carma (sentimentos de culpa, apego è vida terrena, etc.). Este ciclo é chamado de “roda samsárica ou sangsárica”, a qual obriga o espírito a renascer em um dos seis mundos inferiores (o mundo dos humanos está entre eles!), onde o espírito terá uma vida de intenso sofrimento.

O livro diz que em nenhum momento o bardo (espírito) deixará de ver/ouvir o que se passa no mundo terreno, tendo assim como ajuda um lama (ou leitor, oficiante, sacerdote, irmão de fé, etc.) que, durante o funeral, faz uma prece e lê as orientações que o bardo precisa seguir para obter a libertação. Sendo esta libertação através do reconhecimento dos seis estados do bardo (aqui, entra as seis músicas respectivamente):

1. O estado de Bardo natural da existência intra-uterina
2. O Bardo do estado de sonho
3. O Bardo do equilíbrio na meditação profunda
4. O Bardo do momento da morte (Chikhai Bardo)
5. O Bardo das ilusões cármicas (Chonyid Bardo)
6. O Bardo do processo inverso da existência samsárica (Sidpa Bardo)

Os três primeiros estados podem ser alcançados ainda em vida. Os outros três se ramificam em mais estágios. Sendo o Chikhai Bardo caracterizado pela sensação de perder contato com o mundo terreno e adentrar um mundo de irrealidade confusa. Para este bardo, a primeira tentativa de libertar o espírito é através do reconhecimento de uma luz branca, chamada de “Clara Luz Primordial”, que dura cerca de 20 minutos. Contudo, se o espírito se aterroriza, despera-se e foge, passa então para o segundo estado do post mortem: o Chonyid Bardo. Neste bardo, o espírito viverá experiências ora sedutoras, ora aterrorizadoras, provocadas por luzes e aparições de divindades; primeiramente aparecerão luzes coloridas e cada cor representará um dos seis mundos inferiores e, se o espírito se deixar seduzir ou não reconhecer as luzes, aparecerá para ele divindades chamadas pelos tibetanos de “bebedoras de sangue”, estas massacrarão o corpo do espírito, no entanto este não morrerá, pois tudo não passa de ilusões da mente do próprio espírito, sendo assim, ainda que em pedaços, o espírito não morrerá e poderá a qualquer momento obter a libertação através do reconhecimento das ilusões mentais como suas, como irreais; este estado dura em torno de 14 dias terrenos. Se ainda assim, ele não reconhecer, passa para o terceiro e último estágio, o Sidpa Bardo; aqui, o espírito será encaminhado para a reencarnação; o livro orienta o mundo “menos ruim” para o espírito reencarnar.

Acredito que após uma inspiração desta não há mais o que falar sobre o álbum! Apenas digo que a sonoridade segue uma tênue linha entre um experimentalismo ocidental e oriental, além de oscilações de sedução, agonia e introspecção.


Tracklist:
01. I Bardo: Intra-Uterine Existence
02. II Bardo: The Dream State (Milam Bardo)
03. III Bardo: Deep Meditation
04. IV Bardo: The Moment of the Death
05. V Bardo: Karmic Illusions (Chonyid Bardo)
06. VI Bardo: The Inverse Process (Sidpa Bardo)



DOWNLOAD

2 Responses so far.

  1. pietro says:

    podia ter colocado menos informação ariel D: IHSAOFASD recomendo :3

  2. Ariel C. says:

    Acredite, esse é o resumo do resumo do resumo! O.o

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.