sábado, 15 de janeiro de 2011
Avatar

Arcade Fire - The Suburbs

1 comentários
Gênero: Indie Rock
País: Estados Unidos
Ano: 2010

Comentário: Eis aqui o release mais comentado do ano em toda a cena alternativa: Arcade Fire em 2010 se tornou a Lady Gaga do Indie Rock. Um álbum que já está situado em um pedestal desde seu lançamento por todas as principais críticas especializadas, que não param por um momento de bajulá-lo, detentores de um show no Madison Square Garden completamente lotado e transmitido para todo o mundo pelo Youtube ao vivo.
Mas o que eu vejo aqui é que muita gente (muita mesmo) simplesmente acompanha o fluxo do hype e, sem sequer apreciar direito o álbum, já o colocam como o melhor álbum da década, o novo Ok Computer.
Eu sinceramente não faço parte desse grupo imenso de pessoas que vê nesse album o suprasumo da música mundial, mas isso não faz com que seja um album ruim, muito pelo contrário. O que temos aqui são melodias e arranjos de primeiríssima qualidade, letras melancólicas assolam o álbum do começo ao fim, junto com uma boa gama de influência, que mistura momentos atmosféricos, aqueles instrumentos “não-tradicionais” já conhecidos pelo público da banda, unidos por um toque eletrônico e uma leve influência erudita.
Não é a obra-prima que pintam, mas é um grande disco, eu diria que o principal motivo é o album ser extenso e não manter a média do início ao fim, ele pula de alguns momentos superinspirados para momentos as vezes monótonos.
Finalmente, o álbum é bom, mas não chega a ser genial, vale apena conferir, mesmo que seja pra saber se você vai ficar do lado do hype que já deve estar colocando Arcade Fire como a maior banda desde Beatles, ou se você só vai considerar um álbum legal e bem construído, mas nada mais do que isso.

Tracklist

1. "The Suburbs"
2. "Ready To Start"
3. "Modern Man"
4. "Rococo"
5. "Empty Room"
6. "City With No Children"
7. "Half Light I"
8. "Half Light II (No Celebration)"
9. "Suburban War"
10. "Month of May"
11. "Wasted Hours"
12. "Deep Blue"
13. "We Used to Wait"
14. "Sprawl I (Flatland)"
15. "Sprawl II (Mountains Beyond Mountains)"
16. "The Suburbs (Continued)"


One Response so far.

  1. É como eu já disse, o álbum é lindo e envolvente — apesar de sua cota de melancolismo — , mas para ser o melhor de algum ano, precisamos que este ano seja um tanto fraco.

    Não esperava este comentário de você, e é exatamente sobre isto que estamos falando no msn hahaha. :B

    Mas um outro ponto marcante do disco é darmos direto de cara com a faixa título, essa sim terá lugar em muitos corações e mentes.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.