domingo, 16 de janeiro de 2011
Avatar

My Chemical Romance - Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys

3 comentários
Gênero: Alternative Rock, Pop Punk, Eletronic Rock
País: EUA
Ano: 2010

Comentário:
Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys é — além de mais um álbum de nome grande do MCR — um álbum conceitual,e quarto em sua carreira, que conta a história de quatro "Killjoys": Party Poison (Gerard Way), Jet Star (Ray Toro), Fun Ghoul (Frank Iero) e Kobra Kid (Mikey Way) que lutam contra a corporação maligna "Better Living Industries" (BL/ind.) no ano de 2019, guiados por um DJ de uma rádio pirata, chamado de Dr. Death Defying.

Se você não ouviu, e ainda estava com The Black Parade em sua cabeça, então leve seu cão para passear, tome um banho, prepare um chá e tente ouvir Danger Days. A banda definitivamente (espero eu) deixou de lado os trajes auto-estereótipos, a pose dramática, o choro entorpecente e a sombra preta dos olhos. Com uma nova fase voltada ao pop punk e rock eletrônico, o pouco do nível de "hc/post-hc" que dava um peso a mais, foi minimizado, e em algumas faixas bem drasticamente.

Ou seja, está, em grande parte, dançante e alegre, diferente de muitas de suas músicas tristonhas de outrora. E como podemos ver, MCR não está necessariamente decaindo, apesar de eu gostar muito da sonoridade obtida em Three Cheers For Sweet Revenge, por exemplo. Como de praxe, algumas baladinhas continuam seguindo o estilo passado, mas não perduram e são transformadas em canções mais explosivas e animadoras ou sendo substituídas por algumas mais retas e não-chorosas. O humor é uma das peças fundamentais e de proporção semelhante ao fato de também se tratar de um álbum conceitual. Talvez somente ouvir e não se ligar na mensagem possa ser frustante, então cabe tentar entender o projeto.

Apesar disto tudo, não se pode considerar mais que um bom álbum, mesmo que parte da crítica "especializada" o tenha recebido com certo exagero. Finalizando, temos um material ainda mais acessível, por um lado, porém com a mesma qualidade inegável do My Chemical Romance.

WebSite||Amazon

3 Responses so far.

  1. Anonymous says:

    daora, curti!

  2. Anonymous says:

    Axei uma merda...¬¬

    simplesmente um lixo
    axo legal qrerem fazer algo diferente dos ultimos trabalhos, mas esse album exagerou, não axei um pingo de criatividade no album inteiro.
    completamente pop

  3. Detestei no começo. Fiquei dizendo que era uma merda o tempo todo. Mas depois de um tempo até que eu consegui gostar de umas músicas (Bulletproof Heart e Save Yourself, I'll Hold Them Back). É um álbum difícil de se ouvir no começo, especialmente se você era fã da fase antiga da banda, mas com o tempo passa a ser até divertido.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.