quinta-feira, 13 de janeiro de 2011
Avatar

The Butterfly Effect - Final Conversation Of Kings

2 comentários

Gênero: Post-Grunge/Prog Metal/Alternative
País: Austrália
Ano: 2008

Comentários: Este é o 3° disco da carreira dos australianos do The Butterfly Effect, recém lançado. A banda, que mescla tons progressivos com pegadas mais melacólicas e alternativas, me conquistou totalmente ao ouvir esse álbum. As guitarras parecem ter vida própria, com uma "progressividade" incrivel, ao tornar riffs aparentemente simples em frases criativas e originais. O baixo é algo incrivel, como se as músicas tivessem sido feitas apartir dele. É tão bem encaixado o baixo nas músicas, que as vezes eu esqueço das guitarras pra ouvi-lo. Os vocais são um dos pontos fortes da banda, nesse álbum extremamente calminhos, aliás, como todo o álbum, mas tendo uma técnica vocal acima de média da maioria dos vocais do chamado "post-grunge", além da interpretação sensacional em músicas como Worlds On Fire e 7 Days. A bateria é bem condizente com a proposta do álbum, não muito rápida mas extremamente técnica, apostando em seus bumbos duplos nas horas apropriadas e com uma precisão matadora. Do que eu ouvi da banda, é sem dúvida o álbum mais progressivo e menos "pop", lembrando até bandas como Evergrey e Threshold, além é claro do Dream Theater, especialmente pelo timbre do vocalista. Um álbum sensacional e de uma vibração de tranquilidade e romântismo incrivel.

Tracklist:

01. Worlds On Fire
02. Room Without A View
03. Final Conversation
04. The Way
05. Window And The Watcher
06. ...And The Promise Of The Truth
07. In These Hands
08. 7 Days
09. Rain
10. Sum Of 1

2 Responses so far.

  1. Luan SR says:

    Mto bom esse site, achei varias bandas so ak, bem legal...
    O link esta invalido, re-upa aí faz favor...
    Thanks!!!!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.