sábado, 19 de março de 2011
Avatar

Israel Kamakawiwo'ole - Facing Future

4 comentários
Gênero: Música havaiana/ Folk/ Acústico/ World music
País: Havaí - EUA
Ano: 1993

Comentário: Se você estava esperando um estilo que ainda não existia aqui no Pignes, eis que sua espera pode ter chegado ao fim (mas por favor, continue aqui nos acompanhando, oras). Israel Kamakawiwo'ole, também conhecido como IZ, tem cara de havaiano, ritmo de havaiano, filosofia de havaiano, e olha só, ele é havaiano mesmo (que fique bem claro que eu nunca conheci ninguém do Havai), com ukulele e tudo. Descendente de uma linhagem pura de nativos havaianos, tocava música típica, era popular em seu estado e nunca escondera sua posição a favor da independência do Havai e de defesa dos direitos dos nativos. Até hoje, poucos são os nomes conterrâneos que se igualam ao dele, tanto em popularidade, vendas e utilização de suas músicas para o cinema e séries.
Infelizmente Israel Kamakawiwo'ole morreu bem jovem, aos 38 anos de idade devido ao seu excesso de peso. Para se ter uma idéia, seu peso chegou a 343 kg, o que resultou no seu falecimento por problemas respiratórios causado por sua obesidade mórbida.

Este disco que vos trago, Facing Future, é um dos mais conhecidos do músico e o segundo em sua carreira que, inclusive, fora o responsável por seu reconhecimento mundial. O álbum é belo e de extrema facilidade de aceitação. Neste trabalho consta o tema "Over the Rainbow/What a Wonderful World", música que misturou dois clássicos dos EUA: "Somewhere Over the Rainbow", do filme The Wizard of Oz (O Mágico de Oz), e "What a Wonderful World", gravada originalmente por Louis Armstrong — entretanto escrita por Bob Thiele e George David Weiss —, e foi exatamente esta que lhe garantiu mais destaque, tendo sido premiado e tudo mais.

Não posso dizer que é um álbum inteiramente folk e acústico, pois temos algumas faixas que se utilizam de teclados, mas em geral as demais faixas são comandadas por seu belo e sereno vocal e por seu minúsculo instrumento (que fica ainda mais minúsculo ao ser visto sobre suas mãos) ukulele, de sonoridade delirante. Com todo um esquema de som, como teclados ao fundo, tambores e demais elementos, temos, de certa forma, algo bem próximo, e ao mesmo tempo distinto do new age.

Kamakawiwo'ole canta tanto em linguagem nativa, como em inglês. No caso do inglês, é impressionante ouvir algo tão moderno sendo guiado por um ukulele. No caso do nativo, vemos algo que aparentemente não poderia ser separado, de tão compenetrado que é esta relação.
Ainda, podemos notar a participação do Jawaiian — o reggae ao estilo havaiano — e influências do jazz.

Só posso dizer que, se naquelas listas de "'N' coisas que você deve ouvir antes de morrer" não tiver este álbum, ou ao menos alguma música de Israel Kamakawiwo'ole, ela não terá a credibilidade suficiente para ser uma boa lista. Abaixo deixei um vídeo para que você se emocione (a parte final é no mínimo uma das declarações públicas mais lindas que eu já vi na vida). Caso não se emocione, eu o sugiro a não acompanhar minhas postagens.

Site//LastFM//Soundtrack

4 Responses so far.

  1. Anonymous says:

    Thanx for sharing! I confess I didn't knew about him, but couldn't help feeling some kind of sad emotion after watching the video you posted.
    Thanx again.

  2. Coisa linda, Damien. Linda...

  3. Giovanni says:

    Explêndido, meu deus, lindo demais

  4. lucianochinna says:

    poxa...por curiosidade, comecei a escutar por causa da versão de over the rainbow...aqui postada.
    achei linda e então comecei a ler o que você e escreveu até descobrir que essa jóia morreu.

    obrigado pelo post e obrigado por aumentar o meu conhecimento musical.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.