sábado, 19 de março de 2011
Avatar

Omfalos - Idiots Savants

0 comentários

Gênero: Black Metal/Experimental
País: Brasil
Ano: 2011

Comentário: Amigos queridos,

Depois de praticamente um ano de gravações, mixagens, traumas e desgraças pessoais, finalmente nasce o primeiro filhote deste pequeno monstro chamado Omfalos.
Este projeto surgiu de uma parceria feita entre Thormianak, guitarrista da banda Miasthenia e Zé Misanthrope, vocal das bandas Cabrunco e Red Old Snake.
A intenção desde o início era fazer um som que fosse inovador e livre, mas ao mesmo tempo prestasse as devidas homenagens a todos aqueles que influenciaram de alguma maneira suas percepções musicais e literárias
Essencialmente você pode chamar de Black Metal, mas é fácil ouvir uns ecos de Death, industrial, Doom e obviamente toda a melancolia do Gothic Rock.
Todo esse trabalho é ainda mais engrandecido pela mixagem e masterização de Caio Duarte, que deixou tudo ainda mais intenso e desesperador.

Vocês que recebem este email são as primeiras pessoas a ouvir este material, esperamos que ele alcance suas almas e toque suas sensibilidades.
Apreciem de mente aberta e comentem se possível,

Agradecemos desde já a atenção dispensada,

Zé e Marcos (Thormianak)
Omfalos é patrocinado por: Márcio NemesisTattoo | Flávio Araújo Tattoo | Mauricio Bastos Tattoo

O que temos aqui é um full-lenght curtíssimo, com a maioria das músicas tendo em média pouco mais de 2 minutos, totalizando 26 minutos de um Black Metal bastante experimental - mas no entanto bastante coeso, interessante e cativante. Influencias notáveis da veia 'punk' do Black Metal, especialmente numa bateria não somente blast-beateante, com variações de ritmo interessantes; vocais rasgados na maior parte do tempo, mas sem deixar de lado vocais limpos pertubadores. O Post-Punk é sentido em muitos pontos do disco, especialmente no final do mesmo, onde isso se torna evidente. Basicamente, o álbum tem bons momentos, cativados por porradarias intensas, mesmo que falte um pouco da "sujeira" característica do Black Metal - aqui tudo é bem limpinho e bem colocado, exceto na faixa "The Naked Lunch" onde as guitarras mais graves fazem muita diferença. Alguns momentos depois, no entanto, a porradaria dá lugar a um som totalmente diferente, sombrio e sintético onde vocais rasgados encontram lugar, mas aquela velocidade de antes não é mais vista nem de longe. Em alguns momentos a experimentalidade acabou por não me agradar, como na "Bipolar Affective Disorder Suite" onde alguns vocais não me cativaram. "A Funeral Dirge For My Sanity", por exemplo, já mostra uma faixa digna de um Doom bastante influenciado pelo Black Metal, pra dar uma idéia da diversidade do play.

No geral, um pequeno - pequeno mesmo! - álbum com uma excelente qualidade de composição e execução, mas algumas falhas pequenas em exageros singelos na questão da experimentalidade, especialmente ao misturar radicalmente músicas extremamente pesadas com outras de direcionamento bem diferente, e ao meu ver pessoal, em algumas vezes ser limpo demais. Mas vale sem duvida uma conferida, pois é um dos trabalhos nacionais mais interessantes que escutei por esses tempos, e não é nada fácil se propor a inovar num gênero como esse, e exageros são perdoáveis.

Resenha by Forbidden

[ Facebook / Myspace / Bandcamp ]

Tracklist
01. Que Bonito és un Entierro
02. Drain the Air Out of my Lungs
03. Sleep State Misperception
04. The Naked Lunch
05. Anonymous Hate Manifesto
06. Bipolar Affective Disorder Suite
07. A Funeral Dirge For My Sanity
08. The Desparate Ballad of the Motherless Child
09. A Failled Experiment in Fitting Into this World

[ Mega ]
 

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.