sábado, 9 de abril de 2011
Avatar

TesseracT - One

11 comentários
 
Gênero: Progressive Metal, Math Metal
País: Inglaterra
Ano: 2011


Comentário: Com uma demo lançada em 2007 e um EP em 2010, a promissora banda TesseracT foi ganhando reconhecimento e colecionando fãs ao redor do mundo. Bem antes de seu lançamento, o primeiro full-length já era ansiosamente aguardado pelos admiradores do movimento chamado "Djent". Agora, em 2011, o álbum One foi finalmente lançado.

O trabalho é fantástico! Focalizando-se em riffs graves, abafados, rápidos e polimétricos, a banda se distingue das outras do estilo por causa do incrível vocal de Dan Thompkins, extremamente melódico, mas sem desprezar alguns berros cheios de feeling! Muito me agrada essa variação de vocal (prestem a atenção na faixa Nascent, a variação é mesmo admirável), pois evita que os vocais melódicos se tornem enjoativos.

Fator interessante em TesseracT é a presença da polimetria rítmica de uma forma bem "acessível". São riffs bem simples em métricas diferentes, que em conjunto com a bateria, dão um groove alucinante. Creio que é uma boa pedida para quem quer um Mastodon ou um Meshuggah mais "bonitinho". Aliás, a banda é frequentemente comparada à Meshuggah.

Porém, existe um ponto negativo que me atormenta, que é a ausência de solos, ou de arranjos bem trabalhados. É fato que a TesseracT é voltada aos riffs e, quanto a eles, não há o que reclamar. Mas parece que existem buracos que soariam bem com algum virtuosismo.

Resumindo: banda promissora, ótimo álbum de estréia, riffs empolgantes, vocal maravilhoso, forte candidato às listas de melhor de 2011.



Site Oficial
Myspace



Tracklist:

1. Lament
2. Nascent
3. Acceptance - Concealing Fate Part One
4. Deception - Concealing Fate Part Two
5. The Impossible - Concealing Fate Part Three
6. Perfection - Concealing Fate Part Four
7. Epiphany - Concealing Fate Part Five
8. Origin - Concealing Fate Part Six
9. Sunrise
10. April
11. Eden



Não permitiram que o post fosse finalizado. Fica aí o registro deste belo álbum e a dica para quem se interessar. ^^

11 Responses so far.

  1. Forbidden says:

    Excelente disco mesmo, sem falar na capa sensacional (faculdade feelings). Especialmente as partes mais "ambient", que é o diferencial da banda e tal, um clima todo deles.

  2. Iandrade says:

    Bom álbum. Só discordo (totalmente) da comparação com Mastodon e sobre o virtuosismo. A banda já está no limite do que possa ser enjoativo, por causa do vocalista - que é bom, por sinal, mas esses vocais puramente melódicos enjoam, todos sabem - se colocasse solos ou "arranjos bem trabalhados", o que eu não entendi muito bem, ou fingi que não entendi, ultrapassaria a faixa e seria apenas mais uma.

  3. Bom, gostei bastante. Mas tenho de concordar com o Ian. Não vi nada de Mastodon por estes lados, não. Se eu fosse obrigado a citar uma banda parecida, por mais estranho que pareça, eu citaria o Saosin no início de carreira. Lembrei na hora, sei lá porque. Já, na minha opinião, virtuosismo mesmo, está muito mais relacionado ao sentimento transmitido na combinação dos sons do que na extrapolação de tempos musicais. Resumindo, belo post!

  4. Pensei duas vezes antes de citar Mastodon, e cheguei a conclusão que a comparação é digna sim. Assim como Mastodon, Tesseract explora riffs polimétricos com uma pegada progressiva. É, de fato, um Mastodon bonitinho, organizadinho...
    Sobre os solos, continuo sentindo falta de algo quando escuto as canções. Não precisam ser solos agudos, e "arranjos bem trabalhados" foi um termo um tanto infeliz... Mas falta algo que não sei dizer ao certo o que é.

  5. Anonymous says:

    Mas como assim?
    Kd o link pra download?
    Pq isso de ficar escutando por sites não vira não pô!
    Abraços.

  6. Visitante Anônimo,

    Nós disponibilizamos download de qualquer disco aqui postado, desde que não haja interferência, como:

    1 - O artista/banda pedindo pessoalmente para que seu material não seja liberado para download.

    2 - Alegações da DMCA, ou qualquer outra lei/órgão que nos desautorizam e de certa forma impeçam que o link seja compartilhado.

    Em ambos os casos, podemos ser ameaçados e/ou prejudicados. Então descartamos os links, mas mantemos os posts, ainda como dicas para que procurem por aí.

    Penso que o autor do post deve ter um bom motivo para apagar os links.

  7. Sim, a DMCA solicitou a retirada dos links. Troquei também a imagem da capa do álbum, pra evitar problemas para o blog, hehe....

    Mas ainda é fácil encontrar os álbuns em redes de compartilhamento, como p2p e torrent, onde é mais complicado impedir as trocas.

  8. Iandrade says:

    Bom álbum. Só discordo (totalmente) da comparação com Mastodon e sobre o virtuosismo. A banda já está no limite do que possa ser enjoativo, por causa do vocalista - que é bom, por sinal, mas esses vocais puramente melódicos enjoam, todos sabem - se colocasse solos ou "arranjos bem trabalhados", o que eu não entendi muito bem, ou fingi que não entendi, ultrapassaria a faixa e seria apenas mais uma.

  9. ÇEDUSÂO says:

    Foi epico eu na escola ouvindo eles e lendo dai minha amiga chego e falo ta ouvindo o que? dai falei musica, dai ela falo calma? puxo o fone dai começo Epiphany ela me olho com uma cara WTF kkkk

  10. Lessandro Firmo says:

    Capa irada, concordo Forba. =]

  11. nameless says:

    ouçam seven, vocais ainda mais fodas que esta banda, que aliás não vi nada de novo

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.