quarta-feira, 6 de abril de 2011
Avatar

Tim Buckley - Goodbye and Hello

2 comentários


Gênero: Folk Rock, Avant-Garde
País: EUA
Ano: 1967
Comentário: Tim Buckley foi um cantor, compositor e músico folk americano. Tim foi descoberto pelo mesmo agente de Frank Zappa em 1966 em uma de suas apresentações ao vivo.
O som de Tim Buckley, no começo da carreira emanava uma veia folk fortíssima, influenciada principalmente pelo emergente cantor folk da época chamado Bob Dylan. Neste mesmo ano Tim lançou seu primeiro álbum, entitulado (guess what) "Tim Buckley", devotado principalmente à combinação de violão acustico e a linda voz de Buckley, que atingia altas notas agudas com grande naturalidade.
Em 1967, Tim lança o seu segundo, e talvez o mais conhecido disco, "Goodbye and Hello". Neste álbum, ao invés de seguir a onda, a moda da época, Tim nada contra a corrente e cria um álbum mais complexo e comercialmente contrastante com sua época. Goodbye and Hello é um álbum folk, mas muito mais épico do que as baladas de amor à voz e violão de seu antecessor. Tim é acompanhado por um quarteto de cordas, um baterista e um percussionista que ajudaram Tim a criar uma linda atmosfera.
Goodbye and Hello é ao mesmo tempo introspectivo e fantasioso, poético e forte, vanguardista e clássico. Tim conseguiu mesclar o seu folk de raiz com um estilo menestrel, cantando sobre cavaleiros errantes e masmorras em algumas canções, além de mostrar sua voz grave, que divide espaço pelo álbum com seus belos agudos.
Os detaques do álbum são muitos: Pleasant Street, canção que beira mais um rock sessentista, com percussão e guitarra, um refrão potente e performance vocal 'outstanding' de Buckley. Hallucinations é uma balada folk com uma pegada western sombria. I Never Asked to Be Your Mountain flerta mais com o avant-garde e a letra fala sobre seus problemas com seu recente divórcio, com Mary Guibert, com quem Tim teve um filho, um garotinho chamado Jeff Buckley, que viria a ser um genial músico que morreu cedo demais. Phantasmagoria in Two, uma linda canção com uma pegada mais sombria do que o resto do álbum, e com uma das melhores demonstrações do seu feeling sobrenatural que Tim deu em toda sua carreira. Enquanto Knight-Errant e Goodbye and Hello embarcam o som para os lados medievais de menestréis e bardos, onde Buckley inclusive arrisca um sotaque britânico, para aumentar a veracidade de seu som.

Tracklist:

  1. "No Man Can Find the War"– 2:58
  2. "Carnival Song" – 3:10
  3. "Pleasant Street" – 5:15
  4. "Hallucinations" – 4:55
  5. "I Never Asked to Be Your Mountain" – 6:02
  6. "Once I Was" – 3:22
  7. "Phantasmagoria in Two" – 3:29
  8. "Knight-Errant" – 2:00
  9. "Goodbye and Hello" – 8:38
  10. "Morning Glory" – 2:52


2 Responses so far.

  1. Garanhao says:

    este é o mais completo conjunto de asneiras e equivocos que me foi dado ver em todos os comentários à carreira deste compositor-intérprete de génio dos estados unidos. Qualquer pateta que se desse ao trabalho de consultar uma crítica não totalmente ignorante não se teria atrevido a escrever o que está acima!

  2. Se você falar uma coisa sequer da qual discorda fica mais fácil de a gente te odiar.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.