domingo, 29 de maio de 2011
Avatar

Napalm Death - Scum

0 comentários
Gênero: Grindcore/Death Metal
País: Inglaterra
Ano: 1986-87
Comentários: Atire a primeira pedra que nunca passou pela tag "grindcore" do pignes e pensou "Porra, não tem o Scum do Napalm aqui, hereges!". Pois bem, pra acabar com essa injustiça, vos posto um dos álbuns mais históricos do Metal, e claro o mais significativo da carreira do Napalm Death, Scum. 
Em 1981 o Napalm Death se forma em Birmingham na Inglaterra, e após uma série de demos e 50 libras suadas no pagamento do estúdio, em 1986 grava o lado A deste disco com a intenção de fazer um Split com a banda Atavistic. Nessa época, o line-up do Napalm consistia apenas de um trio, Mick Harris na bateria, Justin Broadrick nas guitarras e vocais e Nick Napalm no baixo e vocais também. É nesse lado que a banda colocou uma das suas músicas mais famosas, You Suffer, com seus 6 segundos de duração e a seguinte letra: "You suffer... but why?". Totalmente político, como toda carreira da banda, as 12 músicas gravadas nessa época discorrem sobre a decadência capitalista, os males internos do sistema, a degradação da sociedade e coisas afins. Então eis que no ano seguinte, após várias mudanças de line-up, entra no grupo um vocalista fixo, um guitarrista e um baixista, após a saída de Justin e Nick. Esses novos integrantes são: Lee Dorian nos vocais, Bill Steer na guitarra e Jim Whitley no baixo. Logo começam a gravar o lado B do disco, depois de decidido que o split não sairía. Neste lado a crítica moral é ainda mais forte, em conjunto com as reflexões pesadas sobre a nossa própria existência dentro de um sistema político decadente. Life? começa a segunda etapa com um título sugestivo do humor que se seguiria nas 16 outras faixas que terminariam com a poderosa Dragnet o primeiro full-lenght da banda.

O que há de tão importante em Scum afinal? Apesar de muita polêmica acerca de grandes supostas inovações do Napalm Death, como Blast Beats, vocais guturais hiper profundos e o próprio grindcore em si, este disco foi a primeira vez que essas coisas chegaram a um publico maior, tal que o Napalm Death no mesmo ano de 1987 seria convidado pelo famosíssimo John Peel a estrelar uma de suas famosas Peel Sessions na radio BBC. E após este disco a explosão de bandas que uniam o Hardcore Punk com o Death Metal foi grande, levando a grande quantidade (e variedade) de bandas de Grindcore que vemos hoje em dia. Então acho que independentemente de quem inventou essas coisas antes, Scum e o Napalm Death sempre terão sua importância intocada como uma dos melhores discos e uma das mais importantes bandas da história do Metal e da música como um todo, levando ao mundo uma das formas mais eficientes de explicitar os sentimentos de descontentamento com o sistema, com a vida, com tudo que nos oprime. A violência sonora do Grindcore suprime muito da violência física potencial nos fãs verdadeiros do estilo. Quem nunca chegou em casa puto da vida com alguém, louco pra fazer uma besteira, e um bom Napalm Death resolveu toda esse ódio em alguns minutos de porradaria - estritamente - sonora? Grindcore salva vidas.

Tracklist:

1. Multinational Corporations 01:05
2. Instinct of Survival 02:28
3. The Kill 00:24
4. Scum 02:41
5. Caught in a Dream 01:47
6. Polluted Minds 01:02
7. Sacrificed 01:08
8. Siege of Power 04:03
9. Control 01:32
10. Born on Your Knees 01:51
11. Human Garbage 01:34
12. You Suffer 00:01
13. Life? 00:41
14. Prison Without Walls 00:37
15. Point of No Return 00:33
16. Negative Approach 00:31
17. Success? 01:08
18. Deceiver 00:28
19. C.S. (Conservative Shithead) 01:13
20. Parasites 00:23
21. Pseudo Youth 00:40
22. Divine Death 01:21
23. As the Machine Rolls On 00:40
24. Common Enemy 00:15
25. Moral Crusade 01:31
26. Stigmatized 01:00
27. M.A.D. 01:34
28. Dragnet 01:01

Links:

Megaupload
Mediafire
Rapidshare
DepositFiles
Outros Links (Mirrorcreator)

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.