domingo, 19 de junho de 2011
Avatar

22 - Flux

6 comentários
Gênero: Rock/Pop Progressivo
País: Noruega
Ano: 2010

Comentário: E cada vez mais a Noruega nos agracia com projetos que em nada lembram aquele clima gélido, o estereótipo de rostos fechados e especificamente uma certa cena musical que ajudou, intencionalmente ou não, a criar uma popularização incrível da região.

É o caso da banda 22, que é jovem — formada em 2008 —  e executam um som progressivo ao lado de uma sonoridade mais pop, unindo elementos eletrônicos sem exageros e alguns dedos de psicodelismo. Com isso eles têm conquistado a Noruega, participando de vários shows locais e internacionais.
Já li a citação de que seria como uma mistura entre Alice i Eventyrland, Queen, Meshuggah e Radiohead — bom, na minha opinião, agradaria fãs de ao menos dois dos citados (embora desconheça essa Alice i Eventyrland, inclusive não sei se é de fato uma banda), mas posso dizer que agradaria os apreciadores de Muse, The Mars Volta, The Fall of Troy, dredg, e por aí vai. Sem preconceitos.
Vale destacar também suas performances ao vivo, figurino, fotos, etc, que nem sempre me agradam mas que criam um tipo de crachá para a banda.

Quanto ao Flux, é o primeiro de estúdio, mas traz músicas muito boas, bem construídas, alternando bem entre seus elementos. Embora não tenha visto nada de tão novo, o destaque vai para a coesão, mantendo-se basicamente um mesmo humor o disco todo, mas com músicas diferentes entre si.

Enfim, não consigo escrever mais sobre 22, portanto baixem e tirem suas conclusões desta banda que carrega um tipo de logotipo: New Energy Music. Aproveitem e entrem neste site para baixar o novo EP.

website//myspace//lastfm//facebook

6 Responses so far.

  1. Vou conferir pela citação de The Fall of Troy. Depois volto pra descer o pau no álbum. :D

  2. Damien Willis says:

    Não estou necessariamente comparando, só listei bandas que de alguma forma possam ter fãs em comum.

    E quanto às tags, sinceramente, não estou certo, então coloquei o que achei mais próximo.

    Valeu :B

  3. Gostei. Muito bom, mesmo. Realmente, a proposta é interessante, mas não inovadora. Essa junção do progressivo e alternativo é excelente, o álbum fica ao mesmo tempo complexo e grudento. Essa "hibridez" deixa o ouvinte em uma posição legal de escolher o momento de ouvir o álbum: tanto sozinho, apenas apreciando a música, como, por exemplo, acompanhado pela namorada. Me lembrou bastante dredg, não consegui relacionar muito com TFOT aheuaheu, mas valeu a pena.

    PS: Não consigo evitar a imagem da Lady Gaga ao assistir esse clipe.

  4. Osotogordo says:

    por favor posta denovo? quero baixar e já fuderam com os links! \o\

  5. Damien Willis says:

    Putz... reupando....

  6. Scarsick says:

    Damien... Destruiu. Curti demais!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.