sábado, 30 de julho de 2011
Avatar

The Toxic Avenger - ANGST

1 comentários
Gênero: Electro house/ French house/ Dance
País: Paris - França
Ano: 2011

Comentário: Direto da cidade de Paris, terra de Justice e Daft Punk, o The Toxic Avenger também tem em comum sua música, tanto na semelhança sonora como na qualidade dos Djs. Com este nome provavelmente tirado de um velho filme de horror b americano é que Simon Delacroix, produtor de electro thrash, está ganhando fama pelo mundo. Utilizando de uma fórmula parecida com a dos projetos citados anteriormente, com notáveis influências de punk, hardcore e pop sessentista e sintetizando tudo como bem deseja, Simon se tornou uma grande revelação, sendo inclusive citado como tal pela revista Rolling Stone.

Tem em seu currículo remixes para Ladytron, Late of the Pier, Chromeo, e o IHC labelmates Heartsrevolution. Além de apresentações ao lado de artistas como Mstrkrft, Late of the Pier, Black Lips, Yelle, The Teenagers, Vitallic, e o Public Enemy

O disco que vos trago é nada menos que seu primeiro álbum e pelo qual o Dj está se ocupando com turnês por vários países. Ele tem um apelo, por vezes, diferente de alguns nomes que viu aqui. Talvez o mais destacável seja o new rave — ou demais características — que consegue dar uma 'romantizada', 'melancolizada' ou talvez 'humanizada' às faixas.

Se você saca de Justice, se amarra em Daft Punk e SebastiAn, curtiu meu post do The Bloody Beetroots e conhece alguns dos demais nomes aqui citados mas não conhece o TTA e seu mais novo ANGST, só posso dizer uma coisa: Não sabe o que está perdendo.

MySpace//LastFM

One Response so far.

  1. rpz_rapaz says:

    Excelente trabalho, não sou chegado em qualquer coisa que seja electro/dance, mas esse projeto é muito bom. Já está no meu mp4 :P

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.