sábado, 2 de julho de 2011
Avatar

The Vines - Future Primitive

0 comentários
Gênero: Post-Grunge, Rock Alternativo, Rock Psicodélico, Punk de Garagem, Indie Rock
País: Austrália
Ano: 2011

Comentário:
O blog Ignes Elevanium apresenta em primeira mão, o novíssimo e tão esperado álbum do The Vines: Future Primitive, que foi lançado no dia 6 de junho. Se você esperava aquele The Vines elétrico do álbum Highly Evolved, e um Craig lbastante surtado no vocal, pode ficar um pouco decepcionado, porém o CD possui boas músicas.

O novo álbum segue um ritmo bem mais tranquilo, com um som que lembra bastante as bandas dos anos 60, por causa dos efeitos psicodélicos
utilizados nas músicas. Isso é uma prova de que a banda já atingiu um pouco sua
maturidade, e que também o "Gardenal" está fazendo bem para o Craig (se você não
entendeu a piada, o vocalista costumava surtar no início da carreira da banda,
devido a algumas crises decorrentes da sua Síndrome de Asperger).

O som atual do The Vines se renovou bastante, mas sem deixar de ter algumas
músicas que lembram o The Vines antigo. Algumas delas, são o single principal
Gimme Love, Future Primitive, e Weird Animals que trazem uma sinoridade bem ativa.
Outro destaque do álbum é a nova Autumn Shade (A.S.4),música essa que já foi
gravada em álbuns anteriores. Dessa vez ela vem num ritmo beeem mais profundo.

Ao pesquisar por informações sobre o álbum na internet, encontrei uma resenha que
sintetiza muito bem o que é esse novo CD dos Vines:

Future Primitive traz a sonoridade clássica do The Vines, misturando o som
psicodélico da década de 60 com riffs poderosos de guitarra distorcida. O grupo
não lançava nada desde Melodia, de 2008. A banda do clássico Get Free, mistura
nesse CD canções que lembram bastante os Beatles e outras com uma clara influência

do punk. Uma mistura explosiva!

A faixa A.S.4., por exemplo, nos leva a uma sinestesia em que o som parece ter
cor e instantaneamente remete a capa multicolorida do disco. Por outro lado, a
canção que abre o lançamento, Gimme Love, começa elétrica, com um grito capaz de
gerar um eco na cabeça de quem estiver ouvindo os vocais de Craig Nicholls,
dependendo do volume.

Porém, Weird Animals é a música que sintetiza não só esse trabalho, como todo o
grupo. Começando com uma pegada forte, segue até aterrizar na psicodelia
sessentista para novamente apertar o ritmo no final. No geral, é um bom disco.
Rock puro e simples.

Não perca tempo! Faça o download de Future Primitive e viage nesse universo
sinetésico do álbum!

Post feito por Pete Sudray do Comissão do Rock

SiteOficial // Myspace

Tracklist:
01.Gimme Love
02.Leave Me in the Dark
03.Candy Flippin' Girl
04.A.S.4 (Autumn Shade 4)
05.Weird Animals
06.Cry
07.Future Primitive
08.Riverview Avenue
09.Black Dragon
10.All That You Do
11.Outro
12.Goodbye
13.S.T.W (Screw the World)

OS LINKS FORAM REMOVIDOS POR PRESSÃO DA DMCA
MESMO ASSIM O POST CONTINUA COMO RECOMENDAÇÃO.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.