terça-feira, 30 de agosto de 2011
Avatar

Pignes 60's: Protopunk/Garage Rock

3 comentários

Segundo o Wikipedia, aquele site de fontes bem duvidosas, o rock de garagem (ou Garage Rock) e o protopunk nunca foram reconhecidos como tal durante o boom de sua existência, ou seja, nos anos 60. Os termos vieram apenas na década seguinte exatamente para diferenciar os sons produzidos nos anos 60 e 70. “Rock de Garagem” ganhou este nome por ser algo tão caseiro, bruto, cru e efêmero que qualquer pessoa poderia muito bem montar a sua bandinha e ensaiar na garagem de seu pai! Daí vem a explicação da miríade de bandas que apareceram, tocaram − algumas gravaram alguma coisa (e isso não significa que foi algo bem feito, pelo contrário!), outras ficaram “famosas” − e, como todo pó volta a ser pó, sumiram...

Quanto ao Protopunk, a história já é um pouquinho mais complicada, ou não, depende do ponto de vista! Para quem não sabe, se é que alguém não sabe, o prefixo “proto” significa algo como “aquilo que se forma antes”; desta forma “protopunk” nada mais é que a “origem” do punk, claro, apresentado sonoramente bem diferente do que conhecemos, até porque, ao que percebi em minhas pesquisas e ressalto que posso estar errada e estar praticando a heresia musical, o Protopunk praticamente não existe quanto à parte sonora; seria algo mais ideológico do que propriamente musical! E isso se explicita nos próprios sites de músicas disponíveis por aí, se você procurá-los, encontrará tags como “Garage Punk”, “Garage Rock”, “Garage Rock/Psych/Beat” e os caralhos, mas dificilmente encontrará “Protopunk”, ao menos, isto foi algo que constatei. No entanto, a meu ver, há dois princípios básicos que, de certa forma, unem o Protopunk ao Garage Rock: a primitiva idéia de “Do it yourself” e as temáticas “revolucionárias”.

O fato é que eu não conhecia ABSOLUTAMENTE nada sobre ambos os estilos; a frustração foi grande quando descobri que as únicas bandas que conhecia dos gêneros eram: The Stooges, Velvet Underground e Beatles; as primeiras eu nunca gostei e Beatles?! Bem... gosto das mais conhecidas! E a decepção foi proporcional quando constatei que as melhores músicas do Bowie, que se encaixariam perfeitamente em minha coletânea, eram dos anos 70! Outro grande empecilho fora as constantes influências de outros gêneros que ocorriam nos anos 60, sendo assim, difícil seria montar uma coletânea genuína. Portanto, acho que o que fiz ficou mais para “coletânea híbrida”. Também fiquei muito feliz, apesar dos pesares, em conseguir reunir características bem minhas nas bandas/músicas que selecionei, por exemplo:
- o clichêzão: Beatles;
- o idioma estranho: Dzikusu (banda polonesa que canta em polonês, olha que coisa linda!);
- a salada: Les Baroques (banda holandesa com nome francês que canta em inglês!);
- o feminismo (?) incubado: Lyn & The Invaders, Denise e The Luv’d Ones (esta última composta apenas por mulheres que, de fato, não perderam tempo se descabelando e dando gritinhos histéricos, e foram fazer as suas próprias músicas!);
- o cláááááááássico: The Monks, The Sonics, MC5 (sem dúvida, MC5 é uma das bandas que mostra já nos anos 60 o desprezo por temáticas cute cute e o gosto por passar mensagens revolucionárias repletas de palavrões e... É, FODA-SE!);
- o underground: Crushed Butler (tão underground que nem lembro como a conheci!);
- a dedicatória: The Fugs − a minha mona, Camilo; que sempre me ajudou e desta vez não foi diferente, afinal, “quem ama reupa!”.



Tracklist:

01. The Monks - Boys Are Boys
02. The Sonics - Have Love Will Travel
03. West Coast Pop Art Experimental Band - You Really Got Me
04. MC5 - Tonite
05. Five Canadians - Writing On The Wall
06. Les Baroques - I Was Wrong
07. The Fugs - Doin' All Rignt
08. Pretty Things - Free Love
09. Crushed Butler - High School Dropout
10. Lincoln Street Exit - The Brummer
11. The Rationals - I Need You
12. The Lemon Fog - Yes I cry
13. Dzikusu - Piastelsi
14. The Beatles- She Loves You
15. Denise - What'll You Do Then
16. The Who - Run Run Run
17. The Luv'd Ones - Walkin' The Dog
18. Lyn & The Invaders - Boy is Gone
19. Los Saicos - Lonely Star
20. Hipster Image - Make Her Mine

Download: Megaupload // Mediafire // Outros Links

3 Responses so far.

  1. Cacauwan says:

    Poxa, eu adooooro Velvet Underground T_T

    Mas tudo bem, fiquei curiosa quanto as bandas que nunca ouvi falar hsahusahusahusahuas

    Brigadão!!

    ^^/

  2. Cacauwan says:

    Muito, muito bom!!

    Gostei de todas :O

    Brigadão, de novo =D

  3. Ariel C. says:

    rs é eu sei, Cacau, algumas vezes me sinto "traidora do movimento" por não gostar de algumas bandas tidas como "épicas", rs.

    Obrigada você ♥

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.