quarta-feira, 3 de agosto de 2011
Avatar

Sobre A Máquina - Areia

0 comentários
Gênero: Experimental/ Post-Industral/ Dark Ambient
País: Brasil (Rio de Janeiro)
Ano: 2011
Selo: Sinewave

Comentários: No dia 28 de fevereiro vocês conferiam aqui o debut do Sobre A Máquina, Decompor, que conseguiu chamar a atenção da blogosfera, de sites especializados e até da mídia impressa. A banda idealizada por Cadu Tenório e tendo na sua formação também os músicos Emygdio Costa e Ricardo Gameiro decidiu então revelar seu segredo: Não havia segredo algum, ou pelo menos é o que acreditamos.
A simplicidade foi fundamental na criação de tal disco, e junto com ela, o feeling pessoal de Cadu T. e seus comparsas. Mas o que se destaca, o que fica no ar e ecoa por nossos cérebros são as texturas formadas por ruídos típicos do drone e ferragens do industrial. Essas camadas, mixes e ambiências tornam o produto final um verdadeiro emaranhado de idéias, barulhos e imagens. Eis que surge a complexidade.

Mas a data de hoje servirá como mais um ponto de referência do mais novo trabalho dos caras, Areia, que parece ter saído dos galpões cheios de ferrugem e cavacos para tomar um ar na areia das praias cariocas num dia nublado, onde os ruídos desconcertantes das máquinas dão lugar para o som das ondas que terminam se chocando com as pedras litorâneas.

O ar arejado mexeu com os três músicos que desta vez criaram um material bem mais melódico, se assim posso dizer. A acessibilidade musical combina contrariamente com o rotina das metrópoles e estabelece novos ânimos à sua música. Mas nos tempos atuais é preciso muito mais que a brisa do mar para se encontrar com a plena 'paz'. Deixam transparecer aqui que, embora estejam a passeio, sabem que mais tarde voltarão para os conflitos diários.

A universalidade é mantida, característica que faz do seu som representante de cada um de nós, mas agora com maior requinte. Um dos culpados é o russo Alexander Zhemchuzhnikov, que deu todo um toque jazzístico ao álbum com seu sax tenor. A ambiência mudou um pouco, mas continua sempre super-carregada, o que nos leva a crer que A Máquina estará sempre presa a eles.

Porém Sobre A Máquina pode ter ido navegar, mas levou consigo todas as ferramentas, maquinários  barulhentos e aparelhos eletrônicos. A angústia agora divide espaço com a refrescância marítima. Do cão urbano mecânico à garça — também mecânica.

Arte gráfica por Thiago Modesto.


Tracklist:
01. Língua Negra
02. Barca
03. Foz
04. Garça


Download oficial

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.