domingo, 4 de setembro de 2011
Avatar

Swans - Cop

0 comentários

Gênero: Noise/Experimental Rock/No Wave
País: EUA
Ano: 1984

Comentários: Swans é uma das mais seminais bandas do rock experimental dos anos 80, formada pelo guitarrista Michael Gira. A gama de estilos que a banda abrange, vai desde o Art Rock até o Industrial, mas todos com uma capacidade incrível de manterem uma personalidade musical intacta. Cop é o segundo disco dos caras, logo após o debut Filth em 1983. E uma prova que a loucura do Filth ainda iria mais longe.

Pra nós, ouvintes modernos, o Swans pode ser comparado somente as bandas que ele mesmo influenciou, como as bandas do "neo-industrial" como o P.H.O.B.O.S., uma penca de bandas de Dark Ambient ou Drone, o Noise Rock em si e outras bem menos experimentais como o My Dying Bride, que pegaram o clima sorumbático das músicas. O som de Cop é um misto abrassivo de guitarras distorcidas por cima de microfonias e vocais perturbadores, que em conjunto com as letras que envolvem submissão sexual, física e mental, faz dos 40 minutos do disco uma viagem psicodélica sobre um pântano de desespero. Gira consegue, em conjunto com outros grandes nomes do "no wave" de sua época, como o Throbbing Gristle, ter a capacidade de envolver o ouvinte numa atmosfera lúgubre e faze-lo se sentir desconfortável, sem no entanto gerar a vontade de parar de ouvir.

Aos fãs do estilo de bandas como SPK, Suicide, Throbbing Gristle, Cabaret Voltaire e outras bandas já citadas, é um disco essencial de uma banda que assim como essas outras foi inovadora. Jarboe, que seria a vocalista e compositora desse ano pra frente na banda, e hoje em dia é um dos maiores expoentes da música experimental, declarou que a figura na capa do disco é a foto da barriga de uma mulher obesa mórbida. Nada contra o pessoal obeso mórbido, mas essa é uma foto que transmite bem a repugnância que inevitavelmente a atonalidade das músicas nos transmite, em certos momentos. Mas uma atonalidade que quem é chegado num som cru deita e rola, se deleita com a sensação de imprevisibilidade e falta de melodia das músicas.

A pedidos, e muito recomendado.

Tracklist:

1- "Half Life" – 4:18
2- "Job" – 4:46
3- "Why Hide" – 5:50
4- "Clay Man" – 5:05
5- "Your Property" – 4:48
6- "Cop" – 6:47
7- "Butcher" – 4:02
8- "Thug" – 5:12

Link:

Mega || 4shared

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.