terça-feira, 25 de outubro de 2011
Avatar

Marillion - Misplaced Childhood

1 comentários

Gênero: Prog Rock / Neo-Prog
País: Inglaterra
Ano: 1985

Comentário: O começo da década de 80 deflagrava o fim da era de ouro do Genesis. Peter Gabriel deixara a banda nas mãos de Phil Collins que a encaminhara para um som mais orientado para rádio do que para a arte criada por Gabriel na década anterior. Tomando como influência os grandes anos do Gênesis, em 1983 surge um álbum chamado Script For a Jester's Tear, de uma nova banda inglesa chamada Marillion. O nome da banda fazia alusão ao Silmarillion de J.R.R. Tolkienn, e carregava na sua essência toda a fantasia do mundo de Tolkienn. O som melódico e complexo, as apresentações teatrais e a energia do som, tudo remetia ao Genesis perdido pelo tempo. Até a voz do vocalista Derek Dick, que obviamente preferia ser chamado de outra coisa, e carregava a alcunha de Fish.

Fish era o motor criativo do Marillion, escrevendo as melodias em parceria com o grande guitarrista Steve Rothery e escrevendo todas letras enigmáticas, fantasiosas e geniais por conta própria. Um ano depois do seu debut, o Marillion lança seu segundo álbum, Fugazi, uma consolidação do álbum anterior, com uma pequena adição de personalidade própria. O Marillion é creditado pela criação do Neo-Progressive Rock, que consiste em uma releitura do Rock Progressivo Setentista de Emerson Lake and Palmer, Yes e principalmente Genesis, em uma roupagem moderna (para a época) e maior utilização da performance teatral e foco na desenvoltura vocal, em detrimento do exibicionismo técnico instrumental.
Porém, tudo isso foi apenas um prelúdio para o terceiro e, na minha opinião, obra máxima do Marillion: Misplaced Childhood.

Misplaced Childhood foi o primeiro álbum conceitual criado pelo Marillion. O conceito nebuloso, linearmente falando, fala sobre decepções amorosas, sucesso repentino, auto-aceitação e claro, infância perdida. Todas as letras são permeadas com experiências e referências pessoais à vida de Fish, como a canção Kayleigh é uma referência à uma ex-namorada de Fish que se chamava Kay Lee.
Musicalmente falando, Misplaced Childhood é uma deliciosa experiência progressiva. O álbum é a quintessência do rock progressivo oitentista. Os teclados, a guitarra no melhor estilo David Gilmour, a complexidade acessível e uma, agora clara, orientação ao entendimento do público, em oposição à psicodelia e complexidade exacerbada do prog setentista que, ironicamente, veio a ser a sua falência.

Pseudo-Silk Kimono dita o tom de todo o álbum. Melodias suaves e intensas guiadas pela voz inconfundível e altamente performática de Fish. Kayleigh, provavelmente é conhecida da maioria de coletâneas de Hits dos anos 80, pois foi uma música famosíssima em sua época. Mas, o destaque do álbum fica para Bitter Suite, uma faixa de 8 minutos muito influenciada pelo Space Rock e pelo combo Blind Curve e Childhood's End? que dão um sentimento catártico para o denso álbum.

Em um sentido estritamente pessoal, trago o Misplaced Childhood como um dos 10 álbuns favoritos em todos os tempos. A qualidade desde álbum é inegável, o fato de que ele é o ponto mais alto da carreira do Marillion escapa a poucos também, mas espero que outros possam ver nele a mesma beleza do que a que eu vi. Enjoy.

Tracklist:


1-"Pseudo Silk Kimono" – 2:14
2-"Kayleigh" – 4:03
3-"Lavender" – 2:25
4-"Bitter Suite" – 7:56
5-"Heart of Lothian" – 4:02
6-" Waterhole (Expresso Bongo)" – 2:13
7-"Lords of the Backstage" – 1:52
8-"Blind Curve" – 9:29
9-"Childhood's End?" – 4:33
10-"White Feather" – 2:25

Site Oficial

Mediafire || Megaupload

One Response so far.

  1. Luccas Camilo Cavalcante says:

    vejo uma coesão na banda, onde as letras de fish que talvez tenha feito nesse trabalho as mais bem estruturadas e sucintas letrasse que se casam com a perfeição dos arranjos precisos e competentes do grupo.

    muito épico esse disco.  
    belíssima resenha :B
     

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.