sábado, 19 de novembro de 2011
Avatar

Major Lazer - Guns Don't Kill People... Lazers Do

1 comentários
Gênero: Dancehall/ Electro house/ Reggae fusion
País: USA (Diplo)/UK (Switch)/Jamaica (disco)
Ano: 2009

ComentárioMajor Lazer é um novato mas repercussivo projeto que trouxe o dancehall de volta às pistas e à tona nos meios de comunicação, festivais, casas noturnas e obviamente na Internet. Iniciado em 2009 pelos djs Diplo — este conhecido pela fusão entre alguns estilos como miami bass, hip hop, pop e por exportar o nosso funk carioca e bailes funks para os EUA. Um de seus trabalhos mais notáveis é com a cantora (e até onde eu saiba, namorada) M.I.A., resultando na música "Paper Planes", a música número um na carreira da moça  — e Switch, cujo trabalho é focado no house e que também já trabalhara com algumas musas como M.I.A. e Santigold, além das universais Beyoncé e Christina Aguilera.

Da união entre um americano e um britânico sai um projeto de conteúdo dancehall e daggering, cenas que fazem o pancadão parecer um ritual social conservador (nem tanto)... Mas aos que não gostam dos nomes aqui apresentados ainda existem esperanças de se interessarem. Major Lazer é um excelente projeto de música (house) eletrônica, e não meramente se prende a um estilo de musica. Por exemplo, além dos citados, também teremos momentos com elementos do reggae, música pop, hip hop, música caribenha, dub e várias participações que só fazem aumentar a riqueza de influências.

Assim é o Guns Don't Kill People... Lazers Do, primeiro disco do duo que foi gravado lá na Jamaica e que conta com as participações dos cantores Santigold, Vybz Kartel, Ward 21, Busy Signal, Nina Sky, Amanda Blank, Mr. Vegas, Turbulence, Mapei, T.O.K, Prince Zimboo e Leftside, além da produção adicional de Afrojack e Crookers. Tudo muito bem encaixado e brilhantemente produzido, o que poderá causar um novo olhar sobre a música que julgamos 'ruim'.

A recepção foi boa, pra não dizer ótima. Altos índices no The Guardian, All Music e Rolling Stone, estando no topo de algumas listas de 2009, integrando o line up de alguns festivais — como o Coachella Music Festival em 2010 — e causando grande repercussão, inclusive on-line pelo clipe de "Pon de Floor", dirigido por Eric Wareheim e com vocais de Vybz Kartel. No clipe a fusão básica é entre dancehall e funk carioca no qual fora também incorporado a coreografia daggering, o que se resume em acrobacias em partes íntimas, 'sexo seco' e cenários e roupas extremamente coloridas.

"Pon de Flor" é um exemplo de música agitada e 'interativa', mas o disco também possui tranquilas como "Can't Stop Now", reggado a muito reggae, e assim segue durante todo o disco. E quando digo 'disco' realmente me refiro ao equilíbrio entre criar um som pras pistas e manter uma coesão da primeira à última faixa.

Mas vamos lá, se você curte essas belezinhas como Bonde do Rolê, M.I.A., já acompanhava a carreira de Diplo e tem disposição para experimentar coisas novas: Esse disco é essencial!

TIREM AS CRIANÇAS DA CASA.


Tracklist:
01. Hold the Line (feat. Mr. Lex & Santigold) (03:41)
02. When You Hear the Bassline (feat. Ms. Thing) (03:20)
03. Can't Stop Now (feat. Mr. Vegas & Jovi Rockwell) (04:05)
04. Lazer Theme (feat. Future Trouble) (02:33)
05. Anything Goes (feat. Turbulence) (03:15)
06. Cash Flow (feat. Jah Dan) (04:08)
07. Mary Jane (feat. Mr. Evil & Mapei) (03:29)
08. Bruk Out (feat. T.O.K. & Ms. Thing) (02:56)
09. What U Like (feat. Amanda Blank & Einstein) (02:26)
10. Keep It Goin' Louder (feat. Nina Sky & Ricky Blaze) (03:48)
11. Pon de Floor (feat. VYBZ Kartel) (03:36)
12. Baby (feat. Prince Zimboo) (01:19)
13. Jump Up (feat. Leftside & Supahype) (03:43)

OS LINKS FORAM REMOVIDOS POR PRESSÃO DA DMCA
MESMO ASSIM O POST CONTINUA COMO RECOMENDAÇÃO.


One Response so far.

  1. xaropealex says:

    what a fuckin hell ????

    ahahaahhaha

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.