sábado, 7 de janeiro de 2012
Avatar

Alcest - Les Voyages De L'Âme

5 comentários

Gênero
: Shoegaze/Black Metal
País: França
Ano: 2012

Comentário: Lembro-me de lá por 2007~2008 um discreto furor musical entorno do primeiro full lenght de uma então desconhecida one man band francesa, baseada nos sonhos de infância do cara, e com uma sonoridade que já desde 2005 com o ep Le Secret vinha destruindo lentamente os nossos conceitos mais sólidos do que chamávamos ou não de Black Metal. Este álbum, com uma singela capa esverdeada ostentando de forma incrivelmente coerente com a sua musicalidade a inocência de uma criança rodeada pelo vento e pela grama, se chamava Souvenirs d'un Autre Monde e por mais genial e aclamado que ele seja a grande maioria de quem curte Metal hoje em dia, na época foi completamente massacrado pela crítica popular e especializada. Um recorrente script de álbuns revolucionários.

Então eis que em 2008 a banda já havia conseguido vencer as barreiras do conservadorismo e rapidamente se tornara a mais bem sucedida formação do Black Metal nos últimos anos, e já começava a dar sinais de que a 'peste' da mistura entre Shoegaze e Black Metal tinha se alastrado e começavam a surgir debuts de várias bandas do estilo - uma grande maioria orquestradas pelo próprio mastermind do Alcest, Neige. E de forma incrivelmente rápida, apenas 5 anos depois do debut do Alcest, o estilo se tornou tão popular que hoje existem bandas do estilo em diversos cantos do mundo, desde o coração do gênero - a França - com bandas diretamente influenciadas por Neige, como Amesoeurs e Les Discrets, até a longínqua e fechada China, com o Dopamine.

Enfim, após esse inicio meteórico, o Alcest retornou em 2009 com o aclamadíssimo Écailles de Lune e após mais três anos de espera temos cá de novo a experiência profundamente gratificante de ouvir coisa nova do Alcest na forma de Les Voyages De L'Âme. Desnecessário dizer como esse álbum é bom; mas vale a pena ressaltar que a banda não lançava algo tão bom desde o Souvenirs. E isso significa muita coisa. Se em 2007 a fusão de blast beats, rasgados e levadas regadas a  post-rock e shoegaze era inovadora e por si só conquistava o ouvinte, em 2012 foi preciso mais que isso pra tornar Les Voyages tão bom. E esse trunfo é a capacidade do Neige de explorar cada vez mais essa atmosfera infantil e romântica da sua sonoridade, utilizando cada riff, cada acorde e cada pausa em tentativas ousadas de encrostar as notas músicas na alma de quem escuta. Apesar da poesia barata que acabei de escrever, quem é fã do Alcest sabe muito do que estou falando, a sensação embriagante que as composições do Neige causam, praticamente hipnóticas. No entanto há algo em comum entre todas as faixas, que não faz com que se tornem repetitivas, mas é um dos elementos mais cativantes. As canções tem sempre atmosferas intimistas com os vocais leves e limpos de Neige, e de repente diminuem o ritmo inesperadamente como se sugassem a atenção do ouvinte para em seguida ascender nas partes mais pesadas das faixas com blast beats imersos em riffs que ao mesmo tempo são inexplicavelmente rápidos e pesados mas sem nem um pouco da tradicional violência do Black Metal, tendo em seu lugar uma sutileza romântica e melancólica.

Bem, sem mais nada a dizer, recomendo-vos apenas que escutem, baixem, comprem, aluguem, vendam suas almas ao demônio pra ver um show, beijem o Neige na boca, sei lá - apenas prestigiem o trabalho desta que é uma das mentes que ajudou a moldar o que chamaremos de Metal dessa década em diante.

PS: Naturalmente os links ficarão off rapidamente, então me avisem que eu reupo (isto é, exceto se mandaram tirar, aí não tem choro que resolva, infelizmente).

Site Oficial

Tracklist:

1. Autre Temps 05:50
2. Là Où Naissent Les Couleurs Nouvelles 08:50
3. Les Voyages de L'Âme 07:00
4. Nous Sommes L'Emeraude 04:20
5. Beings of Light 06:11
6. Faiseurs de Mondes 07:57
7. Havens 02:11
8. Summer's Glory 08:05

Links

Bitshare
DepositFiles
Mega



5 Responses so far.

  1. simplesmente perfeito.

  2. Ariel C. says:

    Quem me apresentou esta banda foi o Áquila, há uma semana atrás. Encantei-me perdidamente por ela (ainda estou na fase poser) e este álbum é lindo, lindo, lindo! ♥

  3. Tive oportunidade em ver dois shows desta banda, até mesmo conheci a mente criadora do mesmo!
    Tenho uma filmagem exclusiva na primeira apresentação na espanha, quem quiser disponho ;)

  4. Forba says:

    To com inveja não, upa a filmagem só por que to com curiosidade.

    mentira.

  5. To até agora em duvida ponderando entre o ecailles de lune e esse album pra ver qual o melhor. comparando os dois percebe-se que o ecailles tem uma sonoridade mais sofrida e depressiva, acredito que a Percees de Lumiere possa levar alguem ao suicidio, mas mesmo assim sem perder a beleza das músicas. esse album ficou, como vc mesmo disse com uma atmosfera mais romântica e infantil, ficou tudo muito lindo e tal. Ah, o ecailles não é de 2010?

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.