sábado, 7 de janeiro de 2012
Avatar

Ill E. Gal - The Grass Is Always Greener...

2 comentários

Gênero: Underground Hip Hop/Rap/Psychedelic
País: Estados Unidos
Ano: 2010

Comentário: A cena Underground do Hip Hop guarda boas surpresas, com artistas talentosos, inovando e fazendo o que não seria comercialmente aceitável e vendável para as massas, que preferem as estáticas e monótonas formulas de sempre.

E hoje vou apresentar pra vocês uma cantora, que é considerada como “The Queen of Underground”, uma rapper norte-americana Ill E. Gal, que começou a dar os primeiros passos de artista logo na infância, se interessando por poesia, então ao adentrar na juventude, se encanta com a cena Hip Hop, e por substancias psicoativas, nesse caso a maconha. Não quero fazer associação do Hip Hop com o uso de drogas ilícitas, mas no caso de Ill E. Gal, como até o seu nome artístico sugere, ela mescla as suas duas paixões, e usa a música para, dentre outras coisas, pregar o uso da cânabis e a sua liberação, sendo uma ativista do movimento de legalização da maconha. Então suas canções são carregadas de temáticas que fazem apologia e incitam o uso da maconha, com referencias diretas e explicitas.

Não vou emitir nenhuma opinião sobre o uso de drogas, não quero entrar nesse mérito, até porque o meu objetivo em postar esse álbum é puramente focado na sonoridade, mas se faz necessário alertar os possíveis ouvintes sobre o conteúdo das canções, de forma que se a pessoa não simpatizar com as ideias expostas, nem se dê o trabalho de baixar.

Agora voltemos ao que interessa. Ill E. Gal começou sua carreira no Hip Hop em 2002, lançando dois singles em 2003, mas não alcançou nenhuma notoriedade, mas então em 2005, ela conhece, a também rapper, Miss Tress, e resolvem formar uma dupla, chamada True High Class, chegando a lançarem um álbum em 2007, intitulado “Wings”. A parceria não durou muito tempo, por motivos que eu desconheço, e após a dupla desfeita, Ill E. Gal resolve tentar carreira solo, e lança em 2010 o seu debut “The Grass Is Always Greener...”.

O álbum em trás uma sonoridade um pouco diferente do Hip Hop tradicional, com uns beats não convencionais, e em algumas canções um ritmo mais reggaeado, tudo de forma a criar um clima meio psicodélico, o que é coerente com as temáticas das músicas. Mas tudo bem feito, bem mixado e bastante envolvente, com refrãos grudentos, e de forma que as canções criam um clima bem descontraído. Outro diferencial, e atrativo, é o vocal, que é feito de forma descontraída, com um flow bem calmo, mas ao mesmo tempo envolvente e relaxante, em contraste com alguns beats mais pesados aqui e ali, que chega a ser inebriante em alguns momentos. E como é cantando por uma mulher, salvo em algumas faixas que possuem participações, se torna um deleite ainda maior, para quem está cansado de só ouvir as rimas rápidas e agressivas de marmanjos.

[MySpace/LastFM]

Tracklist:

1.The Grass Is Always Greener... - (2:22)       
2.Sun Leaves - (4:20)   
3.Left Field (feat. Caesar & Fat-C) - (5:05)   
4.Fire Works - (4:20)   
5.Maryjane 2010 - (4:21)   
6.Tune It Out (feat. Professor Fresh & Kryptik) - (5:25)
7.Stunt (Interlude) - (3:26)   
8.Nightmare Part 6: Tina's End (feat. Professor Fresh) - (3:54)
9.Party People - (1:21)   
10.Super Sonic Chronic (feat. Daddy X) - (5:08)       
11.Bloon Where You're Planted (feat. Professor Fresh) - (4:04)
12.So Good (Zombie Style) [feat. Professor Fresh] - (4:41)   
13.401 (feat. M-1) - (3:53)   
14.Nightmare Part Zero - (3:51)
15....On the Other Side - (3:36)

Download:

Megaupload
Mediafire
4Shared


2 Responses so far.

  1. Rômulo Alexander says:

    Gostei muito, valeu!

  2. Oh véi, se ocê gostou desse, acho que vai gostar do álbum "Wings" que é a parceria da Ill E. Gal e a Miss Tress, a dupla True High Class.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.