terça-feira, 24 de janeiro de 2012
Avatar

Lana Del Rey - Born To Die

4 comentários
Gênero: Indie Pop
País: Estados Unidos
Ano: 2012

Comentário: Elizabeth Grant, mais conhecida como Lana Del Rey, nome inspirado pela atriz Lana Turner e o carro Ford Del Rey, lança em 2012 seu aguardado álbum, depois do sucesso alcançado com o single “Video Games”, seguido de “Born To Die”, particularmente minha preferida, o nome de Lana figurou em várias capas de revistas como a Q Magazine e Billboard, Lana seguiu se apresentando em programas de TV como o Saturday Night Live, Later... with Jools Holland entre outros.

O disco acabou vazando uma semana antes do lançamento oficial, o clima nostálgico porém moderno,  segue durante todo o disco, com músicas suaves que remetem aos anos 50 e ao mesmo tempo poderiam tocar nas rádios atualmente. Além das já citadas “Born To Die” e “Video Games” Lana mostra que pode ir bem além do sucesso alcançado anteriormente, em faixas como “Off To The Races”, “Dark Paradise” e “Carmen”. Born To Die já surge como um dos favoritos as listas de melhores de 2012 e Lana Del Rey como um dos nomes do ano.

MySpace

Tracklist:
1. Born To Die
2. Off To The Races
3. Blue Jeans
4. Video Games
5. Diet Mountain Dew
6. National Anthem
7. Dark Paradise
8. Radio
9. Carmen
10. Million Dollar Man
11. Summertime Sadness
12 This Is What Makes Us Girls

MediaFire

Bayfiles

4Shared


4 Responses so far.

  1. excelente... upload, obrigado mesmo, adoro o trabalho dela ! :D

  2. Eu tava meio desconfiado do hype em cima dela, mas adorei o conceito. Bom demais o disco. Ps: primeiro blog brasileiro que vejo com esse disco!

  3. Peterfox says:

    verry good and easy - thanks so much , muchos gracias

  4. |Insensata| says:

    Gostei de todas as faixas... Recomendo :]

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.