terça-feira, 24 de abril de 2012
Avatar

Oda Relicta - Holy Alliance

3 comentários
Gênero: Neofolk, Martial, Neoclassical, Ambient
País: Ucrânia
Ano: 2010

Comentário: Oda Relicta é um projeto musical que me despertou interesse desde que sobre tal lancei os olhos. Confesso que ao ver as tags imaginei (antes de ouvir, obviamente) um som completamente diferente do que me foi apresentado quando resolvi parar para realmente desfrutar do som. Para ser bem franco, estranhei bastante e isso se deve ao fato de que estava esperando ouvir um típico “martial industrial”, com muita influência da música industrial e uma injetada de marchinhas de guerra aqui e ali. Qual não foi minha surpresa ao notar que, ao contrário do que diziam os rótulos, encontrei muito pouco da tal vertente da música eletrônica nesse álbum, o Holy Alliance (se é que realmente encontrei)! Também é difícil para mim classificar este som numa corrente musical conhecida. O álbum é, na realidade, composto basicamente de música marcial. São marchinhas de bandas marciais, o que é um prato cheio para quem já está acostumado com o estilo e realmente gosta. Porém, antes de falar sobre o conteúdo do álbum em si, me permitirei tentar falar um pouco sobre a “banda” (ou melhor, sobre o pouco das informações que consegui colher).

O projeto musical surgiu da mente de Olegh Kolyada, um músico que, segundo o myspace da banda, era conhecido por seus experimentos com música eletrônica, na cidade de Zhytomyr, na Ucrânia, tendo possuído já dois projetos musicais o Meditarivm e o First Human Ferro. A banda surge em 2005 como uma espécie de homenagem à orquestra militar da cidade, a Zhytomyr Military Brass Orchestra, da qual o tio do Olegh fazia parte. A partir de então, nota-se claramente as influências militares da banda, bem como nuances de música erudita. Tanto é que o segundo álbum, o “Czarstvo Dukha” (que significa O Reino do Espírito) possui a participação de um compositor contemporâneo de música erudita, Mykhayil A. Shukh e é um álbum bem mais “classical/ambient” do que marcial. Um aspecto interessante do Oda Relicta é que a temática por vezes assume uma postura religiosa, não como algumas bandas costumam fazer hoje em dia, com uma espécie de cristianismo pós-moderno, mas, pelo contrário, as músicas (principalmente no álbum Czarstvo Dukha) soam como algo sacro, litúrgico, remetendo-nos à um ambiente (ao menos essa é a imagem que se passa em minha cabeça) de uma celebração sagrada cristã numa esplendorosa igreja durante a Idade Média.

Holy Alliance é o quarto álbum de Oda Relicta e é, talvez, o meu preferido. Ele conta com a participação da Zhytomyr Military Brass Orchestra e também com a Orquestra de Câmara da cidade para as passagens com influências neo-clássicas e com a Antique Music Ensemble nas passagens com influências de músicas folclóricas. Recomendo a quem baixar que, se possível, esteja em um ambiente tranqüilo e com fones de ouvido para melhor apreciação, justamente por que o início do álbum tem o intuito de transportar o ouvinte à um novo ambiente. A primeira faixa, Holy Alliance Introitus, é uma pequena, mas bela, passagem de piano fugindo um pouco ao padrão do álbum como um todo e serve como convite à próxima música, essa que considero a mais bem bolada de todo o álbum, Ars Militaria pt.I: Homewards. Se você se concentrar bem será imediatamente levado à uma paisagem sombria e romântica, um campo de batalha com sons de pássaros, porém também de tiros de armas de fogo, com uma música de fundo cativante. Depois dessa música começam as marchinhas marciais muito bem executadas. Na música V-Day, há uma participação da banda While Angels Watch. Há também uma música que está bem mais caracterizada numa linha folk com direito a gaita de foles, A Dance of Life. As músicas “Ars Militaria” estão dividas em três partes, sempre com toques mais profundos de música neo-clássica. O disco, então, termina com a música Holy Alliance Outroitus, uma passagem de piano, da mesma forma que iniciou.

Sei que pode parecer de difícil digestão a marinheiros de primeira viagem, mas é, sem dúvidas, uma obra-prima (em minha humilde opinião) da música contemporânea, principalmente para quem curte uma temática militar.


Myspace//LastFm

Tracklist:
1. Holy Alliance Introitus - 1:48
2. Ars Militaria pt.I: Homewards - 3:31
3. Victory will be Yesterday - 1:59
4. Slava Patria! - 3:10
5. V-Day! - 3:51
6. A Dance of Life - 3:16
7. Royal Blood - 1:00
8. Ars Militaria pt.II: Allies, to Arms! - 2:11
9. The Crown & The Plough - 3:56
10. The Departed, the Immortal - 1:27
11. Tomorrow was the War - 3:39
12. Pan-Slavonic March - 4:14
13. Ars Militaria pt.III: Golden CrosSword! - 5:40
14. Years Memorial - 2:42
15. Holy Alliance Outroitus - 3:00

Links:

DepositeFiles//Megashares//BayFiles//RapidShare

3 Responses so far.

  1. Násser says:

    Acho que nunca ouvi nada desse tipo, tô baixando aqui pra ver qualé. Ótima resenha!

  2. Nóza says:

    pô, mto interessante! denso né? mandou bem aquófilo teáquila

  3. Gostei mais da resenha do que do som. uaiodsuao

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.