segunda-feira, 16 de abril de 2012
Avatar

Spawn of Possession - Incurso

2 comentários

Gênero
: Technical Death Metal
País: Suécia
Ano: 2012

Comentário:Este ano vem sendo muito gratificante em relação ao Metal em geral, com lançamentos excelentes, e trago nessa postagem um disco muito bom, com uma técnica que nos remete aos tempos áureos do death metal noventista, mas com um gás de banda recém formada. Esse trabalho é o terceiro full-lenght deste quinteto formado em 1997 na suécia, e foge maravilhosamente do que tem feito os expoentes suécos do death metal como Arch Enemy, Dark Tranquillity e o In Flames(?!), que na minha humilde opinião, não desenvolvem coisas novas como antes e estão longe de voltar a empolgar.

Esse grupo conta com dois guitarristas extremamente competentes, mas além disso, extremamente inteligentes, com riffs perfeitos, solos impecáveis e duetos sublimes, mostrando dois musicos no mais alto nível de maturidade musical. O contra-baixo não se resume a fazer a mesma coisa que a guitarra, mesmo que se fizesse isso já seria uma coisa extremamente competente, mas vai além, mostrando um groove, um "swing" ímpar, estralando na maior parte das músicas. A bateria completa o instrumental, talvez sendo o instrumento mais complexo desse trampo, devido a quebradeira e um leque de ritmos complexos, que poderia deixar Mike Portnoy suando pra tirar uma frase, e o que na minha opinião é o diferencial deste quinteto. O vocalista Dennis Röndum era tambem o baterista nos discos anteriores, mas abandonou as baquetas, pois deveria perder algo na performance ao vivo visto a complexidade da bateria. O vocal é firme, as vezes dobrados gutural/gritado, é competente, mas é muito "genérico", muito igual a várias bandas, mas não compromete em nada, não deixando de ser bom.

O cd começa com uma pequena  introdução intrumental ligada a "Where Angels Go Demons Follow", um verdadeiro petardo sem muita  frescura, sendo a mais direta do disco. Outro destaque, fica com "The Evangelist" a verdadeira aula de como se tocar bateria, com perfeitos e irrepreensíveis 9:45min, a melhor faixa do cd, aqui eles se diferenciam dos demais e mostram a arte da técnica brutal. Na linha das composições mais diretas vem a "No Light Spared", que tem as guitarras como protagonistas desde o primeiro segundo, com duetos lindos praticamente na música inteira, e termina com um lindo solo, o mais emocionante do disco. "Apparition" é ultima e a composição mais limpa, com arranjos de teclado, com um ambiente que chega a ser celestial e fúnebre ao mesmo tempo, é a faixa mais acessível a fãs de outros estilos de metal, é o momento mais "tranquilo" do trampo, pois conta com uma levada mais light, lenta, deixando mais óbvia a perfeição da produção, é a canção que por ser longa, evidencia todos os elementos da banda.

Esse álbum é uma obra-prima para fãs de música técnica, podendo parecer uma bagunça para fãs de coisas mais cruas. Disco obrigatório para amantes da arte  extrema. Para quem quer fugir dos mesmos  "mainstreams" de sempre e abrir a mente para a nova geração(não tão nova) que está engolindo alguns medalhões, este é o indicado. Admiradores de Cynic e Atheist fiquem felizes, um Masterpiece irretocável surge pra estourar nossos tímpanos.


Tracklist:
1. Abodement - (01:38)      
2. Where Angels Go Demons Follow - (05:38)      
3. Bodiless Sleeper - (05:47)      
4. The Evangelist - (09:45)      
5. Servitude of Souls -    (04:31)      
6. Deus Avertat - (05:38)      
7. Spiritual Deception - (06:34)      
8. No Light Spared - (04:37)      
9. Apparition -    (08:24)

Download:


2 Responses so far.

  1. Forbidden says:

    Resenha perfeita, fiquei agora com a responsabilidade de manter o nível na minha parte de nossa pequena série :B Vou me esforçar :B

    (Eu e Nagano combinamos de postar uns lançamentos no ramo do Technical Death absurdamente sensacionais de 2012 que sairam por esses dias)

  2. Q isso Forba, to começando nas resenhas ainda, vc já faz isso há muito mais tempo, o nível é sempre altíssimo!

    Esse disco realmente é foda demais, essa semana sai minha outra resenha, e aguardo os discos q vc vai postar, pq num conheço ainda =D

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.