segunda-feira, 10 de setembro de 2012
Avatar

Biz Markie - The Biz Never Sleeps

0 comentários
Gênero: Hip Hop / Rap
País: Estados Unidos
Ano: 1989

Comentário: Fim dos anos oitenta, começo dos noventa. Um cenário em que o Hip Hop começa a se exsurgir mais veementemente contra as mazelas sociais, contra as injustiças da marginalização dos povos e em nome de cada miserável descontente com a desigualdade na distribuição de renda no mundo todo, notadamente nos Estados Unidos. É nesse enredo que surge o Public Enemy, maior veículo dessa geração enraivecida, A Tribe Called Quest, com seu fino Jazz Hop, e De La Soul, o trio mais revoltado de Long Island, dentre tantos outros bons nomes do que ficou conhecido como a era de ouro do Hip Hop.
Não era só de exortações ao sistema que o rap se mantinha, entretanto. Da mesma Long Island surgia um rapaz gordinho, que, primeiro como DJ e depois como Beatboxer, começou a ajudar nas apresentações de nomes relativamente consagrados da cena local. Aos poucos, Marcel Theo Hall foi deixando seu nome de batismo de lado para assumir a personalidade de Biz Markie. Ao contrário da seridade de seus companheiros de gênero, The Diabolical Biz Markie, como era chamado frequentemente, fazia rimas dotadas de muito bom humor, tirando sarro de tudo à sua volta.
Seu debut, Goin' Off, saiu em 1988, e continha rimas de humor inteligente - não do jeito que a galerinha do stand up se intitula, mas inteligente de verdade - com faixas como Vapors, Nobody Beats the Biz e Make the Music with Your Mouth, Biz. Isso fez com que ele fizesse jus a um título de nobreza - se tornou o Clow Prince of Hip Hop.
No ano seguinte, The Biz Never Sleeps reafirma o seu caráter satírico com rimas empolgantes e trocadilhos hilários com faixas famosas à época. Mas o seu maior trunfo é quinta faixa do disco: Just a Friend se tornou o seu maior sucesso, uma daquelas músicas que marcam pra sempre a discografia de um artista. Tratando sobre uma garota que considera ideal para ser seu par, Biz começa a descrever sua estratégia para conquistá-la, não medindo nenhum esforço para tanto. Em dado momento, contudo, ela o apresenta para a família como um amigo. Ou seja, um ode à friendzone, que fez com que muita gente se identificasse com o som.
Apesar de não ser exatamente o mais brilhante dos rappers de sua geração, nem abordar as temáticas mais expressivas, Biz Markie, hoje com quase cinquenta anos e uma sólida carreira nas costas, não só como rapper, mas também como comediante, conseguiu cavar o seu lugar dentre os expoentes do Hip Hop de sua época. Não de maneira crítica e política, mas de forma humorística e jocosa, o que, num horizonte no qual o que ganhava força era a revolta, é de se admirar bastante. Descompromisso não combinava com aquela geração. E mesmo assim Biz Markie trilhou um caminho de sucesso por esse atalho.


[ MySpace / LastFM ]

Tracklist:
  1. "Dedication"- 4:02
  2. "Check It Out"- 4:01
  3. "The Dragon"- 4:08
  4. "Spring Again"- 4:03
  5. "Just a Friend"- 4:00
  6. "She's Not Just Another Woman"- 3:46
  7. "Mudd Foot"- 4:16
  8. "Me vs. Myself"- 4:47
  9. "My Man Rich"- 3:44
  10. "I Hear Music"- 3:01
  11. "Biz" (feat. Billy Idol) - 4:11
  12. "Things Get a Little Easier"- 4:12
  13. "Serious Business" - 2:46

Download:
Megashares / Bayfiles / Rapidgator / Outros Links


Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.