sexta-feira, 18 de maio de 2012
Avatar

Intestinal Disgorge - Abject Horror

1 comentários
Gênero: Noise / Grindcore
País: Estados Unidos
Ano: 2012

Comentário: Trago através desse post, uma das bandas mais controversas em relação a seu estilo musical. Intestinal Disgorge foi formada em 1996, no Texas, e hoje conta com apenas 2 membros, Ryan e Jacob. É um grupo consolidado no meio, tendo lançado 8 full-lenghts, mais de 12 splits além de várias demos, EPs e singles, tendo um sólido cartel de gravações,com uma carreira firme e respeitada.

Esse disco é o último full-lenght da banda, e é uma barulheira infernal, sobra gritaria, um apito estridente, vocal incompreensível ultra grave e gutural, com uma batera que cadencia em 1% do álbum, no resto é programada a velocidade da luz, com bumbos ininterruptos, músicas(?) curtíssimas, guitarras, as vezes com riffs até que audíveis, mas na maioria das vezes uma distorção barulhenta. O que frizo aqui é o experimentalismo, sem sonzinhos de teclado, sem nada que faça sentido, é a crueldade e a insanidade que domina, sem parar, é o desespero que toma conta do ouvinte, por bem ou por mal.

Bem, falar das músicas, se é que se pode chamar isso de música, é algo muito ingrato, e cada um que ouvir, tera sua própria opinião sobre o que se passa pela cabeça desses 2 indivíduos. São 17 faixas, que são monstruosamente tocadas em mais ou menos 33 minutos. "Only I know", é uma canção tocada, com riffs audíveis na maioria da faixa. Nessa mesma onda "Infects Where Faces Once Were", tem um riff legal, e apesar da barulheira, é tocada. "The Sound of Authentic Terror" é o supra sumo da loucura, extremamente rápida e violenta no começo, com uma queda da velocidade, com uma palhetada nas guitarras que deixariam Eric Clapton com lágrimas nos olhos. O resto é puro noise, um barulho estridente que chega a perfurar os tímpanos, e muita voz sintetizada.

Um álbum que acima de música, é arte, e a arte é controversa. Muita gente vê beleza no que é feio, e vê valor no desvalorizado. Esse cd é criticado por muitos por não se tratar de música, mas também tem seus fãs, que são fiéis por causa disso, pois nunca sabem o que esperar da mente perversa dessa dupla. Eu pessoalmente não curto muito noise/grindcore, mas já acompanho e respeito o trabaho dessa banda há algum tempo, e achei interessante postar o novo álbum, mas como o gosto é subjetivo, se você é uma menininha sensível, ou vê a musica como uma coisa quadrada, com guitarrinhas, bateria, baixo e vocal, passe longe, mas se você procura algo novo, e não tem os ouvidos sensíveis, talvez possa te agradar, o que eu duvido muito. Download para público restrito e curioso, garanto a qualidade.


Tracklist:
1.After the Struggling Stops - 01:03    
2.Their Eyes Were Wide Open - 01:13    
3.Months of Quiet Decomposition - 01:18    
4.The Sound of Authentic Terror - 01:25      
5.Limbs Rigid in Death - 00:41    
6.Innards Like Syrup - 00:45    
7.Insects Where Faces Once Were - 01:14    
8.Only I Know - 02:27    
9.Wounds and Warm Blood - 01:07    
10.Aura Phase - 01:38    
11.Paralyzing Odors - 01:14    
12.Liminal Spaces Between Reality and Fantasy - 00:59    
13.Watch As She Dissolves - 01:13    
14.Abject Horror - 03:20    
15.A Soup of Larvae - 05:24    
16.Unseen Things - 04:42    
17.Our Time Together Is Over - 03:33     

Download:

Freakshare / Rapidshare / 2shared / Bayfiles / Crocko / Badongo / Fileflyer

One Response so far.

  1. Forbidden says:

    Acrescento ainda que essa banda tem uma das propostas mais óbvias possíveis mas faz isso de uma forma assustadoramente competente. Sinceramente, nesse estilo, eu prefiro outras tentativas tipo o Dissimulate do The Berzerker, ou alguma coisa do The Locust, ou ainda o Agathocles. Mas o Intestinal Disgorge consegue ser mais extremo no sentindo de produzir algo brutal, esses gritos agudos e os berros ensandecidos são incrivelmente agressivos, e nesse ponto, eles são o top dos tops no assunto: "fazer jus aos objetivos do Grindcore".

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.