domingo, 6 de maio de 2012
Avatar

Pignes Singles #13

0 comentários

E aí amigos e amigas, e não é que saiu finalmente essa edição do Pignes Singles?

Se lhes consola, sinceramente mesmo, essa é uma das melhores edições até aqui. Abrangendo de Lana Del Rey até Saint Vitus, esta edição conta com singles lançados entre março e abril e só tem coisa fina.

É incrivel algumas coincidências como três das mais clássicas bandas de Doom Metal e Stoner lançando singles incriveis ao mesmo tempo, o já citado Saint Vitus, Electric Wizard e o Candlemass. Além desses, temos o Rolo Tomassi, Diablo Swing Orchestra e até Pantera integrando a galerinha do Metal. Fora do gênero temos a já citada Lana del Rey, o eletronico Orbital, os indies Sr. Vincent e o rap dando as caras como Kendrick Lamar e Kanye West. Além de uma ou outra surpresa que não citei pra manter o charme :)

Pois bem, aproveitem esse raro momento que é termos uma edição inédita do Pignes Singles e vamos a ela!




#01
Lana Del Rey - Blue Jeans
(09/04/2012)

Aah como são efêmeros os acontecimentos nesse mundo pós-moderno: ao que parece, o frisson em cima de Lana Del Rey passou. Já não é mais moda odiá-la, nem mesmo defendê-la.Continua com fama, sim, e é bem provável que tenha arrastado alguns fãs pra sua caderneta, mas com a mesma velocidade que as discussões afloraram, também foram embora. De qualquer forma, a sua primeira música de trabalho, cujo clipe foi difundido no auge daquelas batalhas sobre sua fabricação como estrela, só agora, nesse mês, foi lançada como single. Blue Jeans, cujo clipe você confere logo abaixo.



#02
Sr. Vincent - Cheerleader
(26/03/2012)

O excelente Strange Mercy, lançado no ano passado pela cantora Annie Erin Clark, sob o pseudônimo de St. Vincent, chamou a atenção da crítica pelos seus experimentalismos que misturavam o chamado Baroque Pop com elementos de Art Rock e Downtempo, mas acabou passando despercebido na maioria das listas de melhores do ano. Uma injustiça, creio eu. Cheerleader é uma das melhores faixas do registros, e foi lançada mês passado como single. A canção traduz bem o que a artista quis com o seu disco, e sintetiza de maneira bem didática os três estilos supracitados.



#03
Hot Chip - Flutes
(15/03/2012)

Se existe uma banda cujo trabalho foi determinante à propagação das misturas de Indie Rock com música eletrônica ao redor do mundo, esta banda é, decerto, o Hot Chip. Na ativa desde o ano 2000, os ingleses podem - e devem - ser considerados como um dos pais da electronic como hoje a conhecemos. Com quatro álbuns lançados em sua carreira, o quinto está a caminho: In Our Heads já foi anunciado para junho. Como aperitivo, mês passado foi lançada a excelente faixa Flutes como single. A expectativa aumentou, e muito. Aguardemos.



#04
Orbital - Wonky
(02/04/2012)

Não é só o Hot Chip que vem a fortalecer a música eletrônica inglesa em 2012. Outro monstro do gênero já anunciou um novo registro para este ano: o Orbital, duo formado pelos irmãos Phill e Paul Hartnoll, lançou oito álbuns no período de 1991 a 2004, difundindo acid house e techno, puxado pro ambient, e arrastando muitos fãs. O álbum Wonky foi lançado no começo do mês, e junto com ele o single da faixa título. Pra quem gosta do estilo, é um prato cheio, já que as produções eletrônicas hodiernas estão cada vez mais se afastando desse jaez de trabalho.



#05
Kendrick Lamar - The Recipe (feat. Dr. Dre)
(03/04/2012)

Kendrick Lamar é um tapa na cara daqueles que insistem em defender a abolição do compartilhamento de música através da rede mundial de computadores. Ano passado, o rapper californiano lançou, de maneira independente, o álbum Section .80, cujo único formato disponível era digital, para download gratuito. Resultado: a propagação de seu som foi tamanha que chamou a atenção de três gravadoras, a Top Dawg, Aftermath e Interscope, que lançarão em conjunto seu segundo trabalho, o primeiro patrocinado, denominado Good Kid in a Mad City, a ser distribuído ainda neste ano. O carro chefe do disco já foi lançado como single, e é a faixa The Recipe, que conta com a participação de ninguém menos que Dr. Dre. De ilustre desconhecido a parceiro de um dos monstros do Hip Hop mundial. E ainda dizem que o compartilhamento é nocivo ao artista. CHUPA!



#06
Major Lazer - Get Free (feat. Amber Coffman)
(16/04/2012)

O projeto animado de Diplo e DJ Switch, o colorido e multifacetado Major Lazer, ganha novos e bons capítulos com o passar dos dias. Após o lançamento do full lenght Guns Don't Kill People... Lazers Do, em 2009, dois EPs foram liberados nos anos subsequentes e, agora, nem 2012, já foi anunciado um novo álbum, sem nome ou data prevista ainda, entretanto. Get Free é a primeira engrenagem desta nova empreitada, e conta com a participação precisa de Amber Coffman, vocalista do Dirty Projectors. A faixa surpreende: é de grande qualidade, e destoa do tom freneticamente agitada que os trabalhos anteriores registravam.



#07
Kanye West - Theraflu
(05/04/2012)

Kanye West acumula polêmicas na mesma proporção de seu enorme talento. Um dos mais excêntricos artistas do mainstream, o rapper iniciou o ano de maneira quente. A faixa Theraflu, lançada como single no começo do mês, traz nas letras uma declaração de amor a Kim Kardashian, que é a estrela do "Mulheres Ricas" lá da gringa. Nessas rimas, West insinua que teve um caso com ela quando ainda era casada com o jogador de basquete Kris Humphries. Além disso, o título original da faixa causou polêmica. Trata-se do nome de um remédio pra gripe muito popular nos EUA. A companhia não gostou e exigiu que o nome fosse trocado. A faixa também tem sido chamada de Way Too Cold, mas tem até um desenho do remédio na capa do single.



#08
Marina & the Diamonds - Primadonna
(16/04/2012)

Marina Lambrini Diamandis é uma cantora e compositora galesa que, aos vinte e seis anos, possui um certo status de musa do underground europeu. Bonita, carismática e talentosa, a artista difundiu em seus álbum de estreia, The Family Jewels, de 2010, um Indie Pop diferente do que estamos acostumados a ouvir.O sucessor do registro já foi anunciado para o fim deste mês, e atende pela alcunha de Electra Heart. O primeiro single lançado foi Primadonna, cuja produção é assinada por Dr. Luke, Cirkuit e Diplo, do Major Lazer, que também aparece nesta edição. A pegada aponta agora, de maneira monstruosa, ao mundo pop.



#09
Europe - Not Supposed to Sing the Blues
(09/03/2012)

A banda sueca eternizada pela inconfundível The Final Countdown está viva lançando coisas novas. Not Supposed To Sing The Blues é o primeiro single do novo álbum, Bag of Bones, lançado neste mês de abril. É um elegante Hard Rock, com refrão grudento e bons solos de guitarra. Bem "tradicional" mesmo, mas vale a ouvida. 


#10
Florence + the Machine - Never Let Me Go
(02/04/2012)

Seguindo na saga de divulgação do belíssimo Ceremonials, eleito pelo crew do Pignes - e por tantos outros meios mais autorizados - como um dos melhores álbuns do ano passado, a inglesa Florence Welch, acompanhada de sua máquina, lançou agora o single Never Let Me Go, que é o quarto do disco. A faixa lembra as consagradas composições de Kate Bush, conterrânea de Florence e um dos maiores nomes femininos do Baroque Pop mundial.


#11
Deuce - Help Me
(27/03/2012)

O ex rapper da banda Hollywood Undead apresenta, neste single, uma canção de seu álbum solo de estreia Nine Lives, que está para ser lançado em abril ainda. Temos aqui um som bem parecido com o do Hollywood Undead: Rap Rock bem bacana e acessível. 


#12
The Temper Trap - Need Your Love
(26/03/2012)

A banda australiana que obteve grande sucesso em 2009 com seu álbum Conditions, lança o single Need Your Love para apresentar seu segundo álbum. A faixa principal é contagiante e carregada de sintetizadores, com vocal marcante, bem num estilo Indie-Pop moderno. O B-side Rabbit Hole dá grande ênfase ao violão e evolui de forma bem legal. Boa banda que merece destaque pelos bem elaborados detalhes de suas canções.


#13
Beck - Looking for a Sign
(20/03/2012)

Com mais de 20 anos na estrada musical, Beck Hansen compôs boas canções dentro de um gênero "country-folk-alternativo", mas sempre buscando experimentações, brincando inclusive com o Hip Hop. Looking For a Sign, porém, deixa claro desde seus primeiros segundos, que é uma gostosa canção Folk, com violão em destaque e gaita. O single está na trilha sonora do filme Jeff, Who Lives At Home - aparentemente ainda sem título nacional. Canções de Beck em trilhas de filmes não são novidade. Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembranças e Scott Pilgrim Contra o Mundo, por exemplo, tiveram Beck em suas trilhas.


#14
Saint Vitus - Blessed Night
(23/03/2012)

Doom Metal presente em peso nesta edição do Pignes Singles. Dinossauro do Doom nascido em 1978 está de volta após um longo hiato com o álbum Lillie: F-65, a ser lançado muito em breve. Blessed Night é uma boa canção, com o vocal marcante de Scott Weinrich sobressaltante em guitarras abafadas.


#15
Electric Wizard - Legalise Drugs and Murder
(31/03/2012)

Este é um release pra lá de especial. Electric Wizard dispensa apresentações. Um dos maiores nomes do Stoner Doom, uma das maiores influências do Stoner e do Sludge moderno, uma das bandas mais graves e pesadas do planeta. O sete polegadas Legalise Drugs & Murder, por vezes tratado como EP, traz duas faixas que servem de aperitivo para o novo álbum previsto para sair ainda em 2012. O título é um pouco sério: a banda diz defender liberdade e revolução. A capa é uma interessante cópia de Master of Reality do Black Sabbath. A formação tem a estreia de novo baixista e baterista. E as canções são fantásticas: atmosféricas, bem elaboradas, pesadas. A primeira faixa tem um solo de guitarra indescritível e um final profundo. A segunda é uma viagem num filme de terror. Obrigatório!



#16
Diablo Swing Orchestra - Voodoo Mon Amour
(09/04/2012)

Tenho certeza de que Diablo Swing Orchestra está entre as bandas que mais agradam uma maior parte de quem acompanha este blog. Seu Avante-Gard mega eclético, cheio de "frescuras", trompetes e trombones é um verdadeiro deleite para os ouvidos. Voodoo Mon Amour é uma canção rápida e bem humorada, com guitarras abafadas, e grande predominância do instrumental. O terceiro álbum da banda, Pandora's Piñata, será lançado em maio.



#17
Rolo Tomassi - Old Mystics
(26/03/2012)

Tenho alguma dificuldade em "absorver" a música de Rolo Tomassi, e por isto, não fui muito com a cara da banda nas primeiras ouvidas. Mas é inegável a qualidade do som experimental e super original da banda inglesa. O single Old Mystic já rola na web desde o início de fevereiro, e vem com duas faixas bem diferentes entre si. Old Mystics é um Mathcore rápido e berrado, enquanto Mesmerizer é uma suave viagem com sintetizadores. Com muitos EPs, splits e singles na bagagem, Rolo Tomassi pretende lançar seu terceiro álbum de estúdio ainda em 2012.


#18
Candlemass - Dancing in the Temple of the Mad Queen Bee
(13/04/2012)

Grande nome do Doom Metal, o Candlemass já decretou o lançamento de seu último álbum: Psalms for the Dead. Sim, segundo os músicos será o último álbum, mas a banda continuará ativa para turnês e tudo o mais. Dancing In The Temple é uma das faixas do álbum, lançada como single junto com outra canção que - perdoem-me - não consegui encontrar em lugar algum. Mas apenas esta canção já fala bastante por si. Não há muito Doom Metal na música, mas sim, um Metal mais tradicional e pouco original. Mas não é ruim. Vale muito conferir o novo trabalho da banda.



#19
Pantera - Piss
(12/04/2012)

Lançamento imperdível. Para comemorar os 20 anos do lançamento do álbum Vulgar Display of Power, o Pantera resolveu lançar uma canção que havia sido gravada pela formação clássica para este álbum... mas que não havia sido lançada até então. Sim, Piss vem com 20 anos de atraso como um presente para a galera que curte o feeling destruidor característico do Pantera. Detaque para o clipe, que contou com fãs da banda levando socos para recriar a capa do álbum, e mais algumas belas fãs fêmeas. Insiro ainda as palavras de nosso parceiro Koticho: "Homens que não curtem Pantera, automaticamente curtem rapazes."



#20
Gojira - L'Enfant Sauvage
(27/04/2012)

L'Enfante Sauvage é título deste single, do novo álbum do Gojira, de um clássico filme francês dos anos 70 e o primeiro lançamento inédito da - sem exagero algum - mais original banda do Metal pesado da ultima década depois de 4 anos terem se passado do lançamento do fantástico álbum The Way of All Flesh. E amigos, se restava alguma dúvida se os caras voltariam com a mesma foderosidão, estas acabam aos meros 10 segundos de música quando começam os grooves e riffs totalmente caracteristicos do grupo, e ainda mais pesados e rápidos que de costume. Os vocais estão ainda mais pesados e a atmosfera ainda mais obscura e agressiva. Se o novo álbum seguir essa linha certamente temos aqui a faixa título de um dos melhores discos de Metal de 2012. Deixei até um video ao vivo aí embaixo. Ela é de tal forma cativante e emocionante, que nada melhor que ve-la ao vivo.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.