segunda-feira, 18 de junho de 2012
Avatar

Julgue o Disco pela Capa - Volume 05

5 comentários

Vedetes dos amantes da ficção científica. Símbolos do progresso tecnológico. Figuras caricatas de desenhos animados. Os robôs se apresentam de diversas maneiras na cultura e no mundo científico. Cada vez mais o ser humano tem se tornado dispensável para tarefas rotineiras, e é por isso que as mentes mais conspiratórias temem pelo dia em que a inteligência artificial superará a inteligência original e dominará o mundo, à la Skynet.
Perigosos ou não, as referências robóticas estão presentes em todas as vertentes da arte, e com a música não haveria de ser diferente. Listemos, portanto, as cinco melhores capas de disco envolvendo esses adoráveis e hipotéticos seres metalizados: os robôs.

Obs: o banner é baseado em uma arte de rua localizada na cidade de Matthæusgade, na Dinamarca, e infelizmente não possuo maiores informações sobre o seu autor, embora seja muito talentoso.





#05
Álbum: The Flaming Lips - Yoshimi Battles the Pink Robots
Ano: 2002

Porque Está na Lista: Abrindo os trabalhos, nosso quinto lugar traz um dos monstros do Indie Rock mundial, naquele que, provavelmente, é o seu mais aclamado trabalho. Yoshimi Battles the Pink Robots é o décimo álbum do The Flaming Lips, e sem dúvida o de maior potencial comercial de toda sua carreira. Embora não seja exatamente um disco conceito, as quatro primeiras faixas claramente denotam as aventuras esperadas pelo seu título. A aura em torno do trabalho é tão poderosa, que no final desse ano haverá a estreia de um miscal na broadway baseado no disco. Sente só a sinopse, nas palavras de Wayne Coyne, frontman da banda: "There's the real world and then there's this fantastical world. This girl, the Yoshimi character, is dying of cancer. And these two guys are battling to come visit her in the hospital. And as one of the boyfriends envisions trying to save the girl, he enters this other dimension where Yoshimi is this Japanese warrior and the pink robots are an incarnation of her disease. It's almost like the disease has to win in order for her soul to survive. Or something like that". Sensacional, não?

Bayfiles / Mediafire

#04
Álbum: Queen - News of the World
Ano: 1977

Porque Está na Lista: O sexto álbum da carreira do Queen traz uma história bastante curiosa acerca da sua capa. Frank Kelly Freas foi um renomado artistas plástico que ilustrava cenas de ficção científica. Para o conto "The Gulf Between", de Tom Godwin, Freas pintou um robô gigante, com um homem morto em suas mãos, e uma legenda que dizia: "Please... fix it, Daddy?". Os membros da banda adoraram a arte e contataram o pintor, que aceitou fazer uma versão com os membros da banda nas mãos do robô de olhar sentimental. Mais um detalhe: na décima temporada de Family Guy, há um episódio em que Brian aterroriza Stewie com a capa do disco, pois este pensa se tratar d eum robô de verdade. O plot veio do medo que o próprio Seth McFarlane, criador da série, tinha deste desneho quando era pequeno.

Bayfiles / Mediafire

#03
Álbum: Can - Monster Movie
Ano: 1969

Porque Está na Lista: Um dos maiores, senão o maior, expoente do Kautrock no mundo, o Can estreou no mundo da música com uma capa de encher os olhos. Ainda sob a alcunha de The Can, os alemães insculpiram em seu primeiro disco o formato do gigante Galactus, o devorador de mundos da Marvel Comics, sem face e pronto para atacar o planeta Terra em belo dia de sol.

Bayfiles / Mediafire

#02
Álbum: Silverstein - When Broken Is Easily Fixed
Ano: 2003

Porque Está na Lista: Silverstein tem um nome respeitável na cena Post-Hardcore, hermeticamente construído ao longo de seus seis full-lenghts. Tudo começou com When Broken Is Easily Fixed, cujas letras sentimentais se coadunam de modo perfeito com a capa escolhida. Um robô, desgostoso com sua falha, carrega algo que deva ser seu coração. Pra ele, é fácil - basta consertar. E quando o ser humano tem seu coração machucado? Trágico. Muito trágico.

Bayfiles / Mediafire

#01
Álbum: The Get Up Kids - Something to Write Home About
Ano: 1999

Porque Está na Lista: O primeiro lugar, com folgas, está reservado para uma das bandas mais importante do movimento true emocore dos anos noventa. The Get Up Kids caprichou na capa de seu segundo álbum, trazendo um casal de robôs, que parecem estar num cinema, como se humanos normais fossem. A primeira posição não se deu só pela beleza e simplicidade da arte, entretanto, mas também por um fator inusitado: trata-se de uma das capas de disco mais tatuadas da história.

Bayfiles / Mediafire

5 Responses so far.

  1. Forbidden says:

    Quando se fala em capa com robô eu só penso em Psycroptic: http://i735.photobucket.com/albums/ww358/deaddevil1102/psycroptic-symbols-of-failure.jpg, eu adoro essa capa deles.

  2. Sempre cometo injustiças no "Julgue", não tem jeito

  3. De todos esse foi o melhor pra mim. Parabens hehe :D

  4. Anônimo says:

    Cheguei aqui procurando o episódio de uma família da pesada em que o Stewie teve medo da capa do queem

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.