domingo, 3 de junho de 2012
Avatar

Pignes LIVE! # 7 - Ratos de Porão - Ao Vivo No Circo Voador

2 comentários
Gênero: Punk Rock, Crossover Thrash, HardCore
País de Origem: Brasil
Quando: 18 de Novembro de 2006
Onde: Rio de Janeiro, Brasil

Comentário: Formado em meio a explosão do movimento Punk no Brasil (recomendo o documentário Botinada), o Ratos de Porão surgiu da vontade de alguns garotos paulistanos de fazer música, assim como as milhares de bandas que surgiram em São Paulo naquela mesma época, inspirados pelo movimento Punk que começava a se formar na cidade. O primeiro lançamento do Ratos foi na coletânea SUB, de 1983, que originalmente seria um disco completo do Cólera, porém outras bandas foram convidadas para o lançamento, além do Ratos foram convidados Psykóze e Fogo Cruzado. Durante as gravações do SUB um gordinho se encontrava na plateia, era ele o futuro vocalista da banda e traidor do movimento (como bem lembrado pelo maior Punk do país, Dado Dolabella), João Gordo.

Durante seus mais de 30 anos de carreira a banda sofreu diversas mudanças em sua formação e lançou grandes discos, que variavam entre o Punk e o Thrash, característica principal da banda. Com discos importantíssimos como Crucificados Pelo Sistema, Cada Dia Mais Sujo E Agressivo, Brasil e Anarkophobia, e músicas clássicas como "Agressão Repressão", "AIDS Pop Repressão" e "Beber Até Morrer" o Ratos de Porão é uma das bandas mais importantes do "movimento" Punk brasileiro e uma das mais importantes do país.


Em Novembro de 2006 o Ratos de Porão, que a essa altura contava, e ainda conta, com Jão (guitarra), João Gordo (vocal), Boka (bateria) e Juninho (baixo), fez uma apresentação histórica na lendária casa de shows carioca Circo Voador, esbanjando fúria, brutalidade e qualidade em set impecável. Com músicas de quase todas as fases da banda, incluindo o então recém-lançado Homem Inimigo do Homem, esse show foi lançado apenas em 2010, 4 anos depois de sua gravação, e é uma verdadeira aula de como se fazer um grande show. Brutal, sujo, agressivo, rápido, violento, pesado, barulhento, esse é certamente um dos melhores registros da banda ao vivo.

PS: o único ponto fraco desse show é o João Gordo sem camisa, ninguém merece.


Tracklist:
1. Intro
2. Pedofilia Santa
3. Engrenagem
4. Expresso da Escravidão - Poluição Atômica
5. Toma Troxa
6. Arranca Toco
7. Agressão Repressão
8. Descanse em Paz
9. Não Me Importo
10. Crucificados Pelo Sistema
11. Pobreza - Caos
12. Bad Trip
13. Covardia de Plantão
14. Morte ao Rei - Anarkophobia - Mad Society
15. Problemão
16. Morrer - Sofrer
17. Aids, Pop, Repressão
18. Beber Até Morrer
19. Crocodila - Bico do Corvo
20. Suposicollor
21. Amazônia Nunca Mais
22. Tattoo Maniac - Lei do Silêncio - Gil Goma - Ignorância - Farsa Nacionalista
23. Crianças Sem Futuro
24. Velhus Decréptus
25. Crise Geral

DepositFiles // JumboFiles

2 Responses so far.

  1. fuderamente fodônico, um dos meus maiores orgulhos é ter nascido no mesmo país e estado desta banda filha da puta de boa pra cacete aí!


    TRAIDÔ!!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.