terça-feira, 26 de junho de 2012
Avatar

Possessed - Death Metal [DEMO]

0 comentários
Gênero: Thrash / Death Metal
País: Estados Unidos
Ano: 1984

Comentário: Hail Pignes e Pignetes, estou aqui em minha 20ª postagem, e por ser uma postagem comemorativa (not), trago-lhes a origem da maioria do material que eu costumo postar, o grande Death Metal, e suas vertentes. Possessed é na minha opinião a banda mais cultuada de thrash/death do mundo, por tudo que representa, apesar de ter penas 2 full-lenghts em 29 anos de carreira, sendo o debut "Seven Churchs, o primeiro disco de Death Metal da história, deixando pra lá o Thrash. O grupo foi formado na Califórnia em 1983 pelo Baterista Mike Sus e pelo guitarrista Mike Torrao, os dois em plena adolescência, juntando-se a eles a lenda Jeff Becerra no contra-baixo e vocal, e Brian Montana na outra guitarra, e com esse lineup vieram a gravar a demo mais importante da história do Death Metal, e que veio a dar o nome ao estilo.

Comentando a formação, como um bando de adolescentes puderam fazer um trabalho que revolucionaria totalmente a música? Via-se ali uma bateria totalmente sólida, madura, com uma velocidade que já não era novidade, apesar da pouca variação, tinha uma pegada e um punch que não deviam pra nenhum nome da época. As guitarras são a diferença da banda, com solos velozes e curtos, riffs totalmente grudentos, inspiradíssimos, saindo dali a grande escola do death, acho que um professor lendário nunca tivera tão pouca idade. O contra-baixo é correto, na linha da guitarra, como de costume, sem inovações, e o vocal, esse sim, é foda. Sem guturais, sem gritos, urros, e sim cantados, e me assusta uma voz madura num piá de 15 anos, deixando claro que os caras não estavam pra brincadeira.

Essa legendária demo tape conta com 3 canções clássicas, tocadas em quase 11 minutos, e soa tudo muito bonito. A produção independente é uma sujeira só, não podendo ser diferente, pois uma tape gravada por um pessoal que acabara de sair das fraldas, sem recursos, e mesmo assim fazendo um trabalho que deixa muita coisa famosa ai no chinelo. Deveria servir de exemplo, pois hoje em dia com tudo digital e em mãos, um produtor experiente faz umas merdas ai sem tamanho. Essa postagem não é uma versão remasterizada, então é cru, se aproximando da demo da época, e ai que está o romantismo pouco compreendido. A primeira música é a que da nome ao release, e é o masterpiece do clássico, com tudo perfeito. Riff sem comentário, vocal soberbo, baixo totalmente audível (sim, dando um baile em algumas produções da EMI, SONY e afins), a bateria rápida, com paradas interessantes. "Evil Warriors" é a faixa mais bem feita, com um riff ultra rápido, solos encaixados de maneira surpreendente, e aqui sim, o batera mostra versatilidade e competência, mesmo sendo deixada de lado em algumas compilações e shows. A demo fecha com a clássica "Burning in Hell", sendo a origem dos clichês nas bandas de metal. Música rápida, sem frescura, sem paradas, riffs mais simples, mas tem seu charme, ainda mais na cadenciada do meio da canção, que funciona muito bem, sendo aqui onde thrash perde um pouco a força, e o death metal mostra a cara.

A pergunta que não quer calar: Teria por quê postar esse disco? Na minha humilde opinião sim, pois uma pessoa que gosta de algum tipo de arte, como música, poesia, estilo, etc, não pode negar sua raiz, e não pode ser alheio em relação a sua origem, sua evolução, e de onde vem o que é ouvido hoje em dia. Essa banda não é o Death Metal de hoje, claro que não, esta mais pra thrash, mas assim como Venom, seus álbuns foram o que deram inicio ao movimento que está em maior evidencia hoje em dia, que é o metal extremo. Fica aqui a origem de tudo, para os mais novos conhecerem, e os mais velhos que só conhecem de nome ou tem vontade de ouvir de novo, e também para nunca mais o pessoal falar a asneira que o Death Metal se chama assim por causa da banda DEATH. Curtam a evolução, respeitem as raizes e busque da onde veio o que você escuta hoje, é muito importante.

Obs. Coloquei no preview uma apresentação da canção "Death Metal" no Wacken dee 2007, onde mostra Jeff Becerra numa performance emocionante, numa cadeira de rodas (ele foi baleado em um assalto em 1989 e ficou paralítico), sendo ele o único membro da formação clássica (o primeiro vocalista, Barry Fisk cometera suicídio), que ainda leva a bandeira do Possessed e principalmente do Death Metal, diferente de muito mélacueca de merda, engrandecendo ainda mais o legado da maior banda de Death Metal do mundo.

MySpace//LastFM

Tracklist:
1.Death Metal - 03:17
2.Evil Warriors - 04:20
3.Burning in Hell - 03:20 

Download:
2sharedDepositfilesFreakshareBayfilesCrockoZippyshareBadongo

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.