segunda-feira, 3 de setembro de 2012
Avatar

Cripper - Antagonist

0 comentários
Gênero: Thrash Metal
País: Alemanha
Ano: 2012

Comentário: Hail pignetos e pignetes, depois desse breve hiato, é com muito prazer que vos trago esse quinteto alemão que faz um thrash metal muito bem executado e limpo. Esse grupo foi formado em 2005 em Hannover, e lançou nesse ano de 2012 o seu terceiro full-lenght, e que na minha singela opinião é bem superior aos dois anteriores.

A formação da banda na gravação desse disco contava com Dennis Weber na bateria, Christian Bröhenhorst na guitarra e backing vocals, Jonathan "Mad" Stenger na guitarra, Bastian Helwig no contra-baixo, mas na página da banda como baixista atual esta Gerrit Mohrmann, que outrora tocara ao vivo, e entrou na banda oficialmente em junho de 2012, e a cereja no bolo é Britta Görtz nos microfones. Fazendo um breve comentário sobre os instrumentos, a cozinha chama muito atenção, e é a responsável pelo "groove" da banda, com uma batera muito precisa, rápida, com os detalhes e as evoluções coesas, sem inventar, o que eu acho indispensável em uma banda de metal de verdade. O contra-baixo é tocado, com muito destaque e precisão. Os riffs de guitarra estão bem tradicionais, vastos e variados, podendo ser cantarolados em sua maioria, mas o ponto fraco são os solos, bem rápidos no mau sentido, durando poucos segundos e feitos meio as pressas, com isso sendo uma nova tendência de algumas bandas, quando não a extinção da parte em que o guitarrista pode mostrar seu valor. O vocal é muito pesado, forte, não devendo nada pra ninguém, e sua comparação com a Angela do Arch Enemy é inevitável, no meu parecer, algumas influências são visiveis, mas para por ai, tirem vocês as próprias conclusões.

Nesse album pode ser destacadas algumas faixas, como a primeira, "New Shadow", que já chega mostrando todo o poderio do grupo, e é a mais direta, com um riff poderoso, bateria matadora e com um refrão que cola na hora, o grande hit do cd. "Totmann" começa com uma percursão interessante e tem como destaque os riffs meio orientais, mas é cadenciada e um pouco massante. A canção "Clean" é aquela que faz qualquer baixista delirar, com um começo arrasador, com o destaque do baixista, que engole a música, e todo o resto perde o sentido, excelente música (video abaixo mostra a performance matadora). "Cocoon" fecha o disco como uma verdadeira B-side, sendo a mais longa, e onde a banda tenta colocar tudo que ficou pra trás em uma única faixa, sendo aquela que eles demonstram que não teve dedo de nenhum  produtor ou algo externo. Música muito agradável e bem variada, destoando do resto do disco que é coerente e apesar de ser grooveada, é sem muita inovação.

Essa banda vem evoluindo a cada trabalho, e tem espaço para mais crescimento, ainda mais com uma vocalista do sexo feminino fazendo com muita competência o que muito marmanjo não consegue, e músicas feitas com muita precisão e feeling, que são ingredientes básicos para satisfazer os fãs e angariar novos simpatizantes. Trabalho de altissimo nível, com produção impecável, arte e pormenores soberbo, mais do que recomendado, tanto pelo disco em si, quanto pelo trabalho perfeito de Britta, essa sim fazendo valer o download.


Myspace / LastFm / Site Oficial

Tracklist:
1.New Shadow - 03:38      
2.Not Dead Yet - 03:32      
3.Animal of Prey - 02:51      
4.Totmann - 04:39      
5.Hegemony - 03:04      
6.Clean - 04:00      
7.General Routine - 04:06      
8.Dogbite - 04:20      
9.Another Lesson in Pain - 03:18      
10.Damocles - 03:56      
11.God Spoken Prayer - 03:06      
12.Cocoon - 06:03

Download:
Megashares  / Bitshare / Bayfiles / Crocko / Freakshare / Fileflyer

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.