sábado, 22 de setembro de 2012
Avatar

iamamiwhoami - "Discografia"

8 comentários

Gênero: Synth Pop, Electronic, Dream Pop, Downtempo
País: Suécia
Anos em atividade: 2009 - atualmente

Comentário: A popularização da internet tem impactado monstruosamente o mundo da música. Presenciamos atualmente a polêmica discussão que envolve o compartilhamento gratuito de músicas através da internet, polêmica esta em que o Ignes Elevanium está involvido. Mas não é só isso... A internet possibilitou novos meios de divulgação e apresentação dos trabalhos dos artistas, o que vem saindo com frequência do clássico molde de gravar e vender discos. iamamiwhoami é, neste momento, um dos melhores exemplos do que estou falando.

Tudo começou no início de 2010, quando foram postados alguns vídeos bizarros em um canal do Youtube chamado iamamiwhoami (I Am, Am I, Who Am I). Os vídeos eram puro mistério: uma mulher coberta de lama cantando com sua voz altamente sintetizada, cães, uma cabana, desenhos de animais e outras coisas aparentemente sem sentido. Os títulos codificados, a excelente produção dos vídeos e a pergunta no nome "Who Am I?" (palpites variaram de Lady Gaga a Trent Reznor) deixaram tudo ainda mais misterioso, o que facilitou a propagação do canal pela internet.

O nome de um dos vídeos, após decodificado, é "mandragora". E isto facilitou o entendimento de grande parte do que ocorria ali nos vídeos. Mandrágora é uma planta cercada de lendas. A raíz da planta tem formas assemelhadas às formas humanas, por isto, surgiu a lenda de que a mandrágora é uma planta que queria ser humana. Diz-se ainda que a planta tem como semente o sêmem de um homem enforcado, e que só poderia ser colhida por cães pretos, pois seus gritos ao ser tirada da terra poderiam matar uma pessoa. Vocês já devem ter visto alguma referência a esta planta em Harry Potter, O Labirinto do Fauno ou em alguma música do Iron Maiden ou Mercyful Fate. Os misteriosos vídeos do canal iamamiwhoami contam a história de uma mandrágora sendo colhida.

Após primeiros vídeos, inicia-se uma nova série de vídeos postados, cujos títulos viriam a formar a palavra BOUNTY, em português, recompensa. Neste tempo, o público descobriu que a cantora e idealizadora é a sueca Jonna Lee. A série Bounty dá continuidade à história da mandrágora, que foi colhida nos vídeos iniciais. Os vídeos, ainda misteriosos, encatadores e cheios de detalhes, contam a história da mandrágora e sua relação com o homem que a colheu.

Um dos ápices do projeto foi a apresentação "ao vivo" de iamamiwhoami, totalmente fora de qualquer padrão. Denominada "IN CONCERT", a apresentação foi disponibilizada temporariamente em um site divulgado anteriormente através do canal no Youtube. Foi escolhido um usuário do Youtube para viajar até a Suécia e contracenar a apresentação com Jonna Lee. O vídeo conta mais uma história protagonizada por uma mandágora e seu relacionamento com um homem. Aparentemente é tudo ao vivo mesmo, sem cortes, ainda que gravado em vários ambientes, principalmente numa floresta, com danças e tudo o mais. A apresentação tem o mesmo mistério e poesia dos vídeos publicados antes. É uma podução impressionante e sem igual. O vídeo pode ser conferido AQUI.

No começo de 2012, iniciou-se mais uma série de vídeos no canal do projeto no Youtube. Esta série viria a ser a obra chamada "kin", um álbum audio-visual, cujas canções, além de apresentadas no canal do Youtube, foram gravadas em mídias físicas. Esta série distingue-se bastante dos vídeos anteriores. As imagens são mais diretas e os cenários mais "simples". Esta nova história, apesar de ter algymas conexões com a história da mandrágora, parece abordar desta vez, um relacionamento mais "humano", dramatizando as emoções da protagonista, sua loucura, sua tristeza, sua sensualidade, sua liberdade.

Eu gostaria de falar mais sobre as histórias contadas nos vídeos. Para isto, assisti todos os vídeos, li todas as letras, e procurei textos na internet. Cheguei a duas conclusões: 1- sou péssimo para interpretar essas coisas poéticas; 2- uma das grandes belezas da arte sua capacidade de se abrir a várias interpretações, e iamamiwhoami não é diferente. Seus vídeos tão ricos, suas letras poéticas, levam o público a enxergar coisas distintas. Sem falar na grande quantidade de simbolismos que parecem encher as obras. Impossível alguém compreender por inteiro as intenções da artista na inserção de cada elemento de seus vídeos e suas letras.

Não falei do principal - as músicas. Bem, a música de iamamiwhoami não é tão inovadora quanto o restante do projeto. Eletrônico, próximo à classificação "synthpop", dizem se assemelhar a Fever Ray ou The Knife. Eu arriscaria comparar também com Florence + the Machine e Arcade Fire. Mas as canções são muito, muito agradáveis e bem produzidas. Entretanto, o grande diferencial do projeto é sua proposta audiovisual. Os vídeos - excelentes, maravilhosos, impressionamentemente bem elaborados - são parte fundamental do trabalho, que nada tem de ruim se apreciada apenas sua metade audio, mas não é perfeito sem o visual.





Álbum:
 
 kin (2012)


Tracklist:
01. sever
02. drops
03. good worker
04. play
05. in due order
06. idle talk
07. rascal
08. kill
09. goods

Download:
(92mb, 320kbps)
FileFlyer || Megashares



Álbum ao vivo:


IN CONCERT (2010)
Tracklist:
01 - U-1 (Intro)
02 - B
03 - Walk Of Shame (Interlude)
04 - T
05 - Through The Forest (Interlude)
06 - N
07 - O
08 - Closed Casket (Interlude)
09 - The March (Interlude)
10 - U-2
11 - Sacrifice (Interlude)
12 - Ashes (Interlude)
13 - Y
14 - Like Hell (Interlude)
15 - This Is How It Goes
16 - Outro

Download:
(117mb, 320kbps)
Megashares || FileFlyer



Outros: 


BOUNTY - Canções da série BOUNTY

Tracklist:
01. b
02. o
03. u-1
04. u-2
05. n
06. t
07. y


Download:
(79mb, 320kbps)
FileFlyer 




Todas as canções - de "Prelude 699130082.451322-5.4.21.3.1.20.9.15.14.1.12" a "goods"

Download:
(225mb, 320kbps)
FileFlyer || Megashares



Encontrou algum post off? Avise no chat ou nos comentários e logo reupamos.

8 Responses so far.

  1. Forbidden says:

    Esse projeto foi uma das coisas que eu mais me apaixonei musicalmente por em 2012. Depois que eu vi a Good Worker no Pignes Singles, xonei. É o que eu sempre encontrei no Witch House e nesse Eletropunk do Crystal Castles, The Knife, e afins, sem sucesso, um misto de experimentalismo eletronico e melodia na medida certa. Essa guria encontrou a fórmula mágica.

  2. Anônimo says:

    Muito bom, recomendo, amo demais.

  3. Alan says:

    Qual senha?

  4. Subzero says:

    BOM Dia !!! qual a senha pra destravar ???

  5. gente o link está quebrado para todos :/ por favor repostem! <3

  6. Leonardo says:

    Tem senha nessa porcaria? deveriam re-upar ou então especificar.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.