terça-feira, 20 de novembro de 2012
Avatar

Lengsel - Discografia

0 comentários

Gênero: Progressive Black Metal (antes), Post-Black Metal/Shoegaze (depois)
País:Noruega
Formação:1995

Comentário: Esta postagem deseja fazer menção honrosa ao digníssimo Sr. Damien Willis, quem primeiro postou a discografia desta banda e quem, após eu ter me interessado em reupar os links quebrados, deu-me autorização para refazer a postagem, incluindo o disco mais recente que à época de sua postagem ainda nem sequer havia sido lançado.

Pois bem, formalismos à parte, falemos da banda. Lengsel é uma banda norueguesa de (essencialmente) black metal, fundada no ano de 1995. É uma banda já bem conhecida no underground cristão. Sim, é uma banda que está sob essa designação, porém, como algumas outras bandas que também já conseguiram, o respeito vem sendo adquirido pela sua sonoridade, criatividade e qualidade. As próprias letras inclusive, demonstram interesse pela filosofia, solidão, introspecção e acredito que seja impossível negar a atmosfera "depressiva" permeando suas músicas, sendo mais impossível ainda não notar a constância da nostalgia, fato explicitado, inclusive, pelo próprio nome da banda, que significa "saudade" em norueguês.

Seu primeiro material gravado é do ano de 1997, uma demo sem título e sem cover art, contendo apenas quatro músicas, músicas essas que possuem as características mais marcantes do black metal, sendo taggeadas como Progressive Black Metal, apesar de eu considerar esse um termo um pouco (bastante) complicado de se usar, visto que é um pouco (hm... bastante também) difícil definir o que seria realmente um black metal progressivo. Nesta DEMO temos um som que parece procurar melodias complexas e experimentais e até as consegue, apesar de possuir uma sonoridade ainda bastante aproximada do "black metal" original.

Solace (consolo, em norueguês) é o primeiro álbum de estúdio, pela Endtime Productions no ano de 2000, e pode-se dizer que foi o que deu visibilidade à banda. Aqui encontramos uma sonoridade bem diversa do seu primeiro material, apesar de ainda soar familiar. Neste álbum já podemos encontrar os germes de um outro gênero que vem se consolidando por aí a fora, a saber, o post-black metal, com flertadas de leve com o post-rock e paqueradas tímidas com o shoegaze. O vocal gutural, tão característico do black metal, não é abandonado, porém, podemos observar um boa participação de vocais limpos e sussurrados (alguns até meio inaudíveis). A banda parece ter adquirido uma boa criatividade para melodias complexas e nunca muito parecidas umas com as outras, tornando o álbum sempre uma surpresa e até as próprias músicas, individualmente, mudam sua atmosfera ao longo do caminho. As letras também são frias, tristes, melancólicas, mas, como explicitado no título do álbum, há sempre uma pequena nuvem de esperança, ainda que pareça muito distante.

E se no Solace a banda havia se utilizado muito do experimentalismo, no The Kiss - The Hope, gravado em 2006 pela Whirlwind Records ela não teve a menor piedade em utilizá-lo à exaustão! Confesso que para ouvidos não treinados talvez ele seja o mais estranho e eu presumo que muitas interjeições de espanto foram e serão ditas à primeira audição desse álbum. É realmente difícil dizer onde ele se encaixa, por que acho que até mesmo a banda estava "experimentando" isso. Parece realmente que as coisas ficaram meio confusas, mas no fim, não deixa de ser um álbum brilhante. Digo isso por que se uma música me instiga a ponto de eu querer ouví-la até o fim não posso descartá-la como algo ruim. Mas, no que se basearia esta aparente confusão? Acredito eu que seja a enorme confluência de estilos e influências. Veja bem, o álbum se inicia com An Anonymous Phone-Call and a Dead Line, uma música sombria, com uma atmosfera bem ambient, vocais estilizados (não sei como descrever, hehe) e um ritmo arrastado, lembrando, por vezes um bom sludge metal. Porém, engana-se quem pensa que o álbum caminhará nessa linha! Temos logo após uma música que entrará com muito peso e vocais gritados, a Hell Calls Hell, seguida de uma música que parece ser a união das atmosferas das duas anteriores, a Miss S.C.. Daí o álbum caminha, coisa e tal, até chegar em uma música de um lindo, lento e arrastado jazz! Por um momento, é possível imaginar que você está ouvindo um material novo de The Kilimanjaro DarkJazz Ensemble, porém, depois do jazz experimental de Tales of Lost Love, o álbum volta com peso mais que suficiente em A Little Less to Heal, essa já com maiores características de black metal. Algumas críticas foram negativas em relação à tamanha ousadia dos experimentalismos desse álbum, mas, ao menos pra mim, o resultado foi positivo. O problema não é com as músicas em si, mas a ordem das coisas, pois o álbum sai de momentos tensos para tranquilos muito rapidamente, porém, se isso á uma coisa boa ou ruim, cabe a cada um julgar e o meu julgamento é positivo. (ps. algumas passagens nesse álbum me lembraram a sonoridade de Lifelover e afins =P)

Por último, temos um álbum de compilação lançado em 2011, intitulado com o o nome da banda e, ao que parece, a banda está atualmente sem selo. Este "lançamento", porém, possui pouquíssimo material novo (acho que só uma música), além de músicas revisitadas dos dois álbuns e da Demo anteriores, algumas remasterizadas, outras não, além das faixas bônus. Eu consideraria uma boa pedida pra quem não conhece o som que esses noruegueses fazem se familiarizarem com tudo isso.




Membros:
Tor Magne S. Glidje - Vocals, Guitar (Extol, Ganglión, Mantric)
John Robert Mjåland - Bass (Extol. Ganglión, Mantric)
Ole Halvard Sveen - Drums, Acoustic Guitar, Keyboards (Extol, Ganglión, Bolivar, Mantric)

Discografia:
Lengsel [Demo] (1997)
Solace (2000)
The Kiss - The Hope (2006)
Lengsel (2011)


Lengsel [Demo] 1997


Tracklist:

01. I Det Stille Er Det ér Sterk - 04:31
02. Vakker - 03:07
03. Skjulte Skatter - 03:54
04. Inntil Neste Gang - 04:13

[MegaShares] [BayFiles] [MediaFire]



Solace [2000]


Tracklist:

01. Solace - 01:04
02. Revival - 06:15
03. Opaque - 04:16
04. Hours - 07:05
05. Coat of Arms - 05:58
06. Stille Dualisme - 05:47
07. The World Monotone - 06:20
08. Avmakt - 06:34

[MegaShares] [BayFiles] [Crocko] [MediaFire]



The Kiss - The Hope [2006]


Tracklist:

01. An Anonymous Phone-Call and a Dead Line - 08:03
02. Hell Calls Hell - 03:53
03. Miss S.C. - 03:49
04. Ådendød - The Easy Kill - 01:55
05. Tales of Lost Love - 05:29
06. A Little Less to Heal - 04:51
07. Eternal Seven - 02:26
08. The Warm Water Chaseway - 03:23
09. Angels in America - 03:01
10. The Pale People - 06:04
11. Avec Toi - 03:31

[MegaShares] [Crocko] [MediaFire]



Lengsel [2011]


Tracklist:

01. Premonitions - 01:02
02. The World Monotone - 06:33
03. Hours - 07:51
04. The Fountain - 03:18
05. Stille Dualisme - 06:42
06. Opaque - 04:59
07. I Det Stille Er Det ér Sterk - 07:39
08. Vakker - 03:53
09. Skjulte Skatter - 04:22
10. Inntil Neste Gang - 03:43
11. Tåre - 07:20
12. Avmakt - 07:18
13. The Man of Sorrows - 03:08

[Crocko] [MegaShares] [BayFiles] [MediaFire]

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.