segunda-feira, 5 de novembro de 2012
Avatar

Autumn, Leaves, Scars - Negative

0 comentários
Gênero: Post-Rock / Depressive Black Metal / Shoegaze
País: Romênia
Ano: 2012

Comentário: Venho através deste post, compartilhar uma verdadeira viagem ao introspectivo e a negatividade ímpar que talvez esse disco possa causar em algumas pessoas, como causou em mim. No começo de 2012, oriundos de Cluj-Napoca, formou-se esta banda, e ja conta com um EP também desse ano, e trás um debut muito bem feito e lindo por sinal.

Formado por uma dupla, sendo P., responsável por todos os instrumentos, mostra muita capacidade criativa, com um grande apelo depressivo, criando riffs de guitarra extremamente densos, com uma distorção barulhenta, com a levada da cozinha realmente hipnotizante, carregado, e uma ambientação perfeitamente expressa nas canções. O outro membro da banda, V. Răzvan fica a cargo dos vocais, que estão ausentes nesse disco.

Esse disco, lançado em 23 de outubro, consegue mostrar em pouco mais de 1 hora, um som realmente tocante, com músicas lineares, continuas e muito bem arranjadas entre si. Após uma intro breve, "Neglect" inicia os trabalhos com uma levada hipinotizante, uma bateria fazendo a sistole e a diástole do nosso coração, permanecendo assim no decorrer da faixa, com um solinho de guitarra contínuo, amparado por um contra-baixo pesado e muito ambiental. "6th Floor", ja mostra uma pegada mais enérgica, mas por outro lado, recria um ambiente mais denso, com frases mais lineares de guitarra, com uma distorção sufocante. "Draw me a Ruin pt.1 e 2" fecha o disco de maneira melancólica, com um instrumental mais clean, com teclados fazendo uma atmosfera cinematográfica, e um contra-baixo pirado e matador ao fundo, com muita virtude e criatividade. O bumbo da bateria a ritmo hipnótico, fecha a conta, mesmo sendo 15minutos de repetição mórbida, é longe de ser cansativa, nos fazendo perder a noção de quanto tempo aquilo esta soprando em nosso ouvido, chegando a uma certa parte dos 15 minutos da canção, que a perda da racionalidade em relação a música é algo totalmente esperado.

Como a música é exaustivamente citada como algo subjetivo, essa banda conseguiu me prender durante toda a audição, chegando a me hipnotizar em uma primeira audição, não me deixando distinguir as faixas, me fazendo perder a noção de quanto tempo eu estava ali, e em que faixa estava, me tirando toda a atenção. Após algumas audições, pude fazer essa singela resenha, de um disco que vale muito a pena, um disco que de tão linear, exige uma "ouvida" inteira, sem interrupções, pra viajar, pois se ouvir canções aleatórias, perde o sentido.

Myspace / LastFM

Tracklist:
1.Intro - 01:05    
2.Neglect - 08:50    
3.In Time - 09:44    
4.The Anatomy of Melancholia - 06:53    
5.6th Floor - 08:45    
6.Life, Love, Negativity - 12:18    
7.Draw Me a Ruin pt. 1 - 01:52    
8.Draw Me a Ruin pt. 2 - 15:08

Download:
Crocko  / Bayfiles / Bitshare / Sendmyway / Rapidgator / Hipfile

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.