sábado, 24 de novembro de 2012
Avatar

Destruction - Spiritual Genocide

2 comentários
Gênero: Thrash Metal
País: Alemanha
Ano: 2012

Comentário: Um grande número de pessoas acreditam que 2012 pode ser realmente o fim do mundo, e acho que esse é o caso de muitas bandas. Coincidência ou não, medalhões consagrados da música como Kiss, Kreator, Aerosmith, Overkill, Testament, entre várias outras (aguardem, que ainda vem mais por ai), mandaram pro ar discos de inéditas, e esse é o caso do nosso aclamado trio alemão de thrash metal. Esse é o 13º disco de um cartel invejável, contando com alguns EPs, demos e lives, sai do forno apenas 1 ano e 9 meses após o lançamento do pouco badalado e até abaixo das expectativas "Day of Reckoning".

Com um power trio consolidado desde 2010, as duas lendas do thrash mundial Mike Sifringer e Marcel Schirmer contam com o batera Vaaver que gravara também o disco anterior, para fazer um som rápido, marcante e muito maduro. Nota máxima para Gyula Havancsák que foi o responsável pela arte da capa, trazendo de volta o açougueiro com uma coroa de espinhos, bela capa.

Com 11 faixas e 2 bônus tracks, o grupo trás exatamente o que se espera deles. Seguindo a coerência de minhas resenhas, nessa parte de comentar as músicas, destaco algumas canções. A primeira é "Spiritual Genocide", que é uma porrada nos tímpanos. Mike usa toda a sua maturidade e criatividade pra fazer um riff fenomenal e solos soberbos, com uma bateria extremamente precisa, o vocal é a cereja do bolo. Melhor do que nunca Schimer lança um refrão extremamente grudento, ponto muito positivo. Muito linear e coerente, o disco mantem a mesma pegada e o mesmo ritmo, sem descanço. "City of Doom" tem um riff genial, uma cavalgada do contra-baixo e uma bateria simples, sem invenções. "Legacy of the Past" é a grande sacada do disco. Duas entidades do Thrash Metal mundial cantam nessa faixa. Tom Angelripper (Sodom, que ja participara outras ocasiões de discos do Destruction) e Gerre (Tankard) contribuem pra uma faixa extremamente pesada e nada acessível, talvez a mais porrada do trabalho, extremamente violenta. Em uma das bônus tracks do trampo, "Carnívore" que é a música de trabalho, tem uma versão com convidados ilustres da época do Mad Butcher, são eles Olly Kaiser na bateria e Harry na guitarra, relembrando a formação clássica, que era um quarteto então.

Excelente disco, com quase 50 minutos de pura violência, trazendo músicos no auge da forma, com composições legais, e muito peso. Ponto positivo pela participação convidados tão importante para a história do metal. Um disco muito bom, rápido, linear, para fãs da banda, mostrando exatamente o que queremos de uma lenda que ainda tem muita lenha pra queimar.

LastFM / Myspace

Tracklist:
1.Exordium - 01:03    
2.Cyanide - 03:21      
3.Spiritual Genocide - 03:39    
4.Renegades - 03:55    
5.City of Doom - 04:01    
6.No Signs of Repentance - 03:24    
7.To Dust You Will Decay - 04:21    
8.Legacy of the Past (Guest Version) - 04:50    
9.Carnivore - 04:28    
10.Riot Squad - 04:12    
11.Under Violent Sledge - 04:09
12.Princess of the Night (Bonus Track) (Saxon cover) - (03:51)
13.Carnivore (Bonus Track) (Guest Version) - (04:29)

Download:
Freakshare  / Crocko / Bayfiles / Bitshare / Gamefront / Queenshare / Sendmyway / Rapidgator

2 Responses so far.

  1. Ansioso pra conferir. Minha terceira banda preferida do "Big 4 alemão".

  2. Anônimo says:

    Lord Crusader

    Valeu pelo post cara, tava doido pra conferir esse trabalho.
    Melhor Thrash alemão!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.