sexta-feira, 12 de abril de 2013
Avatar

YGODEH - The Experiment Interrupted

0 comentários
Gênero: Technical / Progressive Death Metal
País: Letônia
Ano: 2013

Comentário: Após um tempo sem postar o adorado (por mim) death metal por não achar um motivo, e vendo que outros gêneros estão mais chamativos e variados ultimamente, vos trago o que me fez voltar a compartilhar o famigerado "Deathão" que tanto estimo. Esse é o debut desse quarteto da Letônia que se não são de uma qualidade fenomenal, experimentam e inovam, até certo ponto, de maneira surpreendente.

Como já citado, esse grupo conta com quatro músicos, que são Potap no contra-baixo, Vadozz na bateria fechando a cozinha, além de Piton nas guitarras e na programação dos synths e teclado e Feka nos vocais. Esses caras fazem um som extremamente técnico preciso, com inclusão de instrumentos meio incomuns no estilo, com violinos, além de efeitos meio estranhos, mas que cairam muito bem na proposta do conjunto.

Esse album não trás uma linearidade, sendo difícil prever o que vamos encontrar nas próximas faixas, mas está longe de ser um trabalho sem coerência. Com uma produção muito bem feita, uma arte meio "futurista dos anos 90", esse disco tem alguns elementos que podem fazer muito tr00 torcer o nariz, mas é o que me atraiu. Com riffs clássicos de guitarra, com duetos e caracteristicas marcantes do gênero, o vocal é outro elemento que nos faz ter certeza que estamos escutando um death metal, e paramos por ai. A bateria é a clássica "Prog Drum", permeada de variações rítmicas, com double bass ora velozes, ora vagarosos em demasia, break downs pontuais, as vezes abusando da cadência, o que faz o som flertar com uma pegada mais doom, mais carregada, mas isso uma vez ou outra, como na canção "Eternal Immortal". Outros ingredientes que vemos nesse album é o uso de vionlinos e a presença carimbada dos sintetizadores, com efeitos futuristas, espaciais, diferentes e as vezes até dançantes, como na faixa "Trance Orchestra", nos surpreendendo com uma mistura de instrumentos eruditos, com uma batida techno, o que me soou muito estranho, mesmo eu com uma mentalidade mais aberta, a salada de estilos não me desceu muito bem, ficando uma música com muita coisa e ao mesmo tempo oca. A melhor canção do disco é a "Groove´s Night", que sintetiza em uma única faixa o objetivo da banda. Com uma técnica apurada na bateria, a guitarra com um riff espetacular, a presença dos efeitos eletrônicos para dar o diferencial, torna essa música a mais perfeita do disco.

A minha procura por coisas diferentes caiu nesse grupo. Eu que sou avesso a coisas modernosas em certas ocasiões, gostei muito desse disco, que trás um conjunto com muito futuro. Se você procura algo brutal, tr00, passe longe, e se procura algo tradicional, não deveria nem ter lido até aqui. Uma banda para te surpreender, para o bem ou para o mal, como eles se intitulam: Um Synthetic Progessive Death Metal de tirar o chapéu!

Myspace / LastFM

Tracklist:
1.To Down - 4:49
2.From on High - 5:24
3.Groove´s Night - 3:56
4.Fragment 1 - 0:59
5.Eternal Immortal - 4:35
6.Fallen´s - 3:16
7.Trance Orchestra - 4:26
8.Fragment 2 - 1:49

Download:
Mega  / Rapidshare / Queenshare / Bayfiles / Cloudzer

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.