sábado, 18 de maio de 2013
Avatar

Memento Mori - Discografia

5 comentários
Gênero: Power / Doom Metal
País: Suécia
Anos de Atividade: 1992 - 1997

Comentário: Lembro-me quando era mais jovem e vi um poster, igual a esse do ínicio do post, na casa de um amigo, e perguntei do que se tratava, e ele me respondeu: "Uma banda ai que você não vai gostar". Gravei o nome e algum tempo depois arrumei a discografia, que estava esquecida em um dos meus DVDs de mp3, e acabei resgatando-a, e a cada audição vejo o quanto meu amigo estava enganado.

Memento Mori se trata de uma banda de doom tradicional, formada na suécia pelo "carinha que cantava no Candlemass" e pelo "Guitarrista do Mercyfull Fate". É isso que ouço as vezes, e esses dois "carinhas" são nada mais, nada menos que Messiah Marcolin, que na MINHA opinião é a voz do Candlemass, e Mike Wead, um dos guitarristas de metal mais competentes. Marty Marteen no contra-baixo, Mikkey Argento na guitarra e Snowy Shaw na bateria completavam o time original. Marteen, Wead e Argento permaneceram por toda a meteórica carreira da banda, com passagens de Johan Billerhag (1995-1996) e Tom Björn (1997) na bateria, Kristian Andrén (1996) nos vocais, além da adição de um tecladista, Miguel Robaina, a partir do segundo disco.

Com 4 full-lenght lançados, o conjunto prima por uma obra linear com a proposta exposta já no primeiro disco, sem alterar a alma e os elementos que fizera sucesso outrora nas bandas anteriores dos músicos. O destaque de todo grupo não tem como ser outro, as guitarras tiram riffs "Sabbathticos" e "Mercyfull Fateanos" a dar com pau, estando além desses rótulos que usei como sátira. Carregado, pesado, denso, melódico, inteligente e versátil, podem resumir o papel dos guitarristas. Junte tudo isso a um contra-baixo competente; uma bateria precisa, carregada, que usa de recursos no momento correto, sem exageros e um vocal choroso e único, e pronto, temos a receita do sucesso. Imagine se Messiah Marcolin cantasse no Mercyfull Fate, ou Mike Wead fosse gravar e compor com Candlemass. Bem, os caras imaginaram, em um olhar muito superficial e a um grosseiro e ignorante ponto de vista, é mais ou menos isso que acontece.

Os releases Rhymes of Lunacy e Life, Death and Other Morbid Tales, foram lançados em sequência com a mesma formação, no mesmo ritmo, e apesar do primeiro ser o melhor na minha concepção, o segundo trouxe a mesma qualidade e veio para confirmar e firmar Memento Mori como um dos grandes do Doom. A saída de Marcolin no disco La Danse Macabre não mudou em nada a caracteristica da banda, que manteve o mesmo nível, até com o vocalista Andrén cantando muito perto do que já tinha sido feito anteriormente. Em 1997, o vocalista original volta pra gravar o derradeiro album, que soa mais cru, mais pesado em certos momentos e até mais pragmático, flertando mais com o Doom de hoje. Claro que o conjunto usou do sucesso anterior dos integrantes em outros trabalhos para ter as portas abertas, mesmo isso sendo uma faca de dois gumes (vide os Cavalera, Paul Di´ Anno, entre infinitos outros), pois a eterna comparação é cruel. Uma obra curta, porem digna e honesta, sem perder a alma e o propósito em nenhum momento, mantendo o nível altíssimo em toda a discografia.

O objetivo do post, é evitar que bandas como essa sejam esquecidas ou passem despercebidas pelo público alvo, já que apenas pela dupla Marcolin / Waed a coisa toda já mereça respeito. Se você quer conhecer o ínicio do Doom, a classiqueira, essa é sua discografia. Com elementos egípcios, mórbidos e sepulcrais a lá King Diamond, solos melódicos e riffs da Iommi School junto com a voz de lamúria e pesar caracteristica dessa lenda do metal, essa obra é indispensável e importantíssima para a história. Se você conhece, é a chance de relembrar, se ainda não, nunca é tarde de conhecer quem ajudou a evoluir o que temos hoje.

Myspace  / LastFM

Rhymes of Lunacy - 1993
Tracklist:
1.The Rhyme - 01:03      
2.The Seeds of Hatred - 06:09
3.Morbid Fear - 04:19    
4.The Caravan of Souls - 05:54
5.Lost Horizons (MSG cover) - 05:57
6.When Nothing Remains - 05:10      
7.Forbidden Dreams - 03:55      
8.Little Anne's Not an Angel - 04:55    
9.Fear of God - 05:11      
10.The Riddle - 01:56      
11.The Monolith - 07:17

Download:
Mega / Rapidshare / Turbobit / Zippyshare / Cloudzer

Life, Death and Other Morbid Tales - 1994
Tracklist:
1.To Travel Within - 05:18
2.The Passage... - 02:27
3.A Passenger on Psycho's Path - 08:53
4.I Am - 05:09      
5.Misery Song - 04:43
6.Just Another Morbid Tune - 4:33
7.My Secret Garden - 05:49      
8.Crown of Thorns - 01:08
9.Heathendom - 14:57

Download:
Mega / Rapidshare / Turbobit / Zippyshare / Cloudzer

La Danse Macabre - 1996
Tracklist:
1.Endlessly - 06:49
2.Lost Words - 05:01
3.Crown of Thorns (Part II, III & IV) - 07:05
4.La Danse Macabre - 04:09    
5.Morpheus (My Deadly Friend) - 05:28      
6.The Loser's Trail - 06:48      
7.Prelude - 02:17    
8.The Beggar's Waltz - 06:16    

Download:
Mega / Rapidshare / Turbobit / Zippyshare / Cloudzer

Songs for the Apocalypse Vol. IV - 1997
 Tracklist:
1.The Things You See (And the Things You Don't) - 04:23
2.Under My Blackened Sky - 04:13      
3.One Sign Too Many - 04:20      
4.Burned by Light - 06:04      
5.Memento Mori -  05:48    
6.I Prayed - 05:14    
7.Animal Magnetism (Scorpions cover) - 05:25
8.Out of Darkness - 05:57

Download:
Mega / Rapidshare / Turbobit / Zippyshare / Cloudzer

5 Responses so far.

  1. bah, fazia tempo que eu não ouvia falar em momento mori. em 1998 eu tive o cd : la dense macabre e vc falou tudo certinho sobre essa clássica banda de heavy/doom metal !

  2. Anônimo says:

    Os links estão off

  3. Excelente banda gracias por el aporte.

  4. É bem difícil de conseguir esses albuns originais hoje em dia. Tenho o La Dance Macabre desde quando saiu, mas os demais até hoje não consegui comprar... não conseguiria eles em FLAC com opção de download via torrent? Valeu.

  5. Anônimo says:

    Melhor fase da banda: Messiah Marcolin

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.