quarta-feira, 5 de junho de 2013
Avatar

Calexico - Spiritoso

0 comentários


Gênero: Folk, musica popular mexicana, indie rock.
País: Estados Unidos
Ano: 2013

Comentário: Definir fronteiras não é fácil. Claro que eu não estou falando das linhas imaginárias que cortam os territórios. Fazer isso é "fácil". Os interesses políticos falam mais alto e não se levam fatores externos em conta. Agora, dividir algo pela realidade não é tão fácil. Um bom exemplo é a fronteira entre o México e os Estados Unidos. Uma dificuldade está na nossa boa e velha música. Hoje, depois de mais de um século de separação, não é tão trabalhoso diferenciar a música do sul dos eua e do México. Obviamente um fala espanhol e o outro inglês, na maior parte do tempo. Ainda assim, não é complicado perceber as similaridades sonoras.

Os instrumentos se repetem, as harmonias, as escalas, os arranjos e até mesmo o conteúdo das letras. É uma zona que ainda hoje continua produzindo muita coisa em conjunto ou se influenciando mutuamente. É desse cenário que surge a banda Calexico, que leva o nome de uma cidade de fronteira. O grupo surgiu no longínquo ano de 1996 - sim, já são quase 20 anos atrás! - e continua na ativa até hoje.

O trabalho deles mistura, justamente, dois gêneros que já são naturalmente próximos e ainda põe um pouco de indie rock - seja lá o que exatamente for indie rock - pra parada ficar com um som bem próprio. Tem música instrumental, cantada em espanhol, em inglês e um pouco de tudo mais.




O disco que estou subindo especialmente pra vocês, queridos leitores, o Spiritoso, é bem interessante por algumas razões. Primeiro de tudo, foi lançado no ano em que estamos, o que é sempre bom. Segundo, é um registro misto em alguns sentidos. Ele tem músicas instrumentais e músicas cantadas nas duas línguas. Tem sons bem puxados pro folk, com uma vibe mais decadente e lenta, e algumas músicas quase mariachis. Terceiro, tem músicas de estúdio e ao vivo também. Sim, no meio do disco surgem algumas faixas gravadas ao vivo com uma qualidade impecável.

Os arranjos são muito bonitos. Alguns, como já disse, são mais contidos, tensos e até sombrios. Algo que não me espantaria ouvir de um cara tocando violão no meio da noite do deserto californiano. Outras, mais alegres, contam com vários instrumentos em progressão muito interessante, dando certo tom até ligeiramente épico ao som dos caras. Tem também as músicas mais "tradicionais", que jogam um pouco de música folclórica com rock.

O trabalho é muito interessante, mas peca justamente por essa mistura. É um registro de um pouco de tudo, mas acaba com cara de um pouco de nada. Talvez tenha faltado coesão entre as distintas partes do  álbum, mas isso não impede de aproveitar o trabalho dos caras. Se eu pudesse dar uma dica final, para os que tem video-game, ponham esse disco jogando Red Dead Redemption. Satisfação garantida.




Tracklist:
1. Frontera/Trigger
2. Epic
3. The news about William
4. Black Heart
5. Minas de Cobra
6. Inspiracion
7. Two Silver Trees
8. Para
9. Quattro
10. Crystal Frontier
11. The Vanishing Mind
12. Fortune Teller

Download: MEGA

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.