segunda-feira, 17 de junho de 2013
Avatar

Regina Spektor - What We Saw From The Cheap Seats

0 comentários
Gênero: Blues, Pop
País: E.U.A
Ano: 2012

Comentário: Desde o começo de sua carreira Regina Spektor vem mostrando um dom para compor no piano e para criar ótimas letras, mas ainda se mostrava um tanto limitada quanto à sonoridade de seus discos. Mas com “What We Saw From The Cheap Seats” ela quebra esse suposto limite e experimenta sonoridades diferentes do costume.

“Oh Marcello” é a primeira a chamar atenção, pois apesar de apresentar momentos já usuais, ela apresentar quebras na melodia que mostram certo experimentalismo por parte da cantora, que parece querer deixar a musica em um tom mais serio e variado.

Seu ultimo disco de estúdio foi “Far” em 2009 que obteve um ótimo sucesso comercial. E uma coisa que percebemos entre “Far” e “What We Saw From The Cheap Seats” é a diferença na textura das musicas, que neste ultimo parecem ser mais bem construídas com uma sonoridade mais impactante e bem trabalhadas, o que mostra não só o ótimo trabalho de Regina, mas também da equipe de gravação.  Em “Firewood” percebemos isso bem, o pião é tão ressaltado quanto o vocal, já em “Far” provavelmente iria dar destaque maior ao vocal.



“How” é uma das musicas mais belas do disco, tanto por sua melodia, quanto pela letra que, interpretada pela cantora, se torna uma das coisas mais agradáveis do disco. Sem soar como clichê de nova da globo, a musica é apresentada na medida certa, além de ter sido bem construída. A prova disso são as transições de um trecho para outro, que em alguns momentos, ela usa o piano como marcação, deixando uma atmosfera de perspectiva.

“All The Rowboats” ganha toda a atenção já no começo com uma melodia crescente que vem a ser marcada pelo uso de uma espécie de “beat-box” que ela já está acostumada a fazer. A sonoridade se mantem com uma atmosfera mais tensa caracterizada pelas melodias no piano. O arranjo também não decepciona. O uso da percussão nessa musica se torna algo genial pelo modo como ela casa com o clima e cria uma forte textura.

“Ballad Of The Politician” segue o clima de sua antecessora e apresenta uma letra com uma temática diferente de outras musicas, além de ter um refrão bem interessante. Enquanto “Open” soa como uma espécie de conto acentuado por instrumentação.

E o disco termina de maneira plausível, com “Jessica” Regina faz uma musica simples no violão, para encerrar um dos melhores discos de sua carreira.  Sem duvida que Regina Spektor mostrou ter evoluído, tanto em letras quanto em sonoridade e agora esperamos que ela continue evoluindo.

                                                     Site / Facebook / Last


Tracklist:
1. Small Town Moon
2. Oh Marcello
3. Don’t Leave Me (Ne me quitte pas)
4. Firewood
5. Patron Saint
6. How
7. All the Rowboats
8. Ballad of a Politician
9. Open
10. The Party
11. Jessica

Download: Mirror

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.