sábado, 27 de julho de 2013
Avatar

Danzig - Danzig

0 comentários
Gênero: Heavy Metal com influências de Doom / Rock and Roll
País: EUA
Ano: 1988

Comentário: Sempre dou um jeito de postar um clássico, seja de qual estilo for, e dessa vez vos trago um disco que foi o divisor de águas na carreira desse músico, que antes era ligado diretamente ao punk, e que marcou o heavy metal americano.

Como todos estamos carecas de saber, Glenn Danzig foi o fundador, o compositor e a cabeça por trás do Misfits, o qual formara em 1977, junto com seu parceiro Jerry Only, que era responsável pela grana no grupo. Em 1983, Glenn sai dos Misfits e forma a banda Samhain, a qual em 1987, mergulhado já no heavy metal, seu parceiro e DJ dos Beast Boys, Rick Rubin , o qual produziu esse disco, deu a ideia pro nome do conjunto se mudar para Danzig, e foi o que aconteceu, mesmo ficando os mesmos integrantes e nada mudar tecnicamente. No ano seguinte, 1988, gravaram essa pérola do metal americano. Muita treta rolou ainda, Glenn passou Only pra trás, acusou os músicos dos Misfits de serem preguiçosos, mas toda a polêmica deixo pra quando eu postar a discografia dos pioneiros do Horror Punk.

A formação que gravara esse album foi Glenn Danzig nos vocais, Chuck Biscuits na bateria, Earie Von no contrabaixo e John Christ nas guitarras. James Hetfield fez backing vocals em 2 canções, "Twist of Cain" e "Possession", mas não foi creditado devido a seu contrato com a Elektra Records.

O disco é uma obra de arte, e mesmo gravado há 25 anos atrás, é lembrado pelos fãs da banda como talvez o melhor. Com 40 minutos de duração, é um trabalho pesado e com uma aura sombria, muito parecida e visivelmente influenciada pela primeira wave de Doom Metal. Os riffs de rock and roll clássicos também são constantes nas músicas, ora ou outra tirando a responsabilidade das canções. Uma pegada mais "Bluesera" é facilmente identificada nos vocais muito versáteis, como em "Not of this World", e na levada/riff de "She Rides", na minha concepção enriqueceram muito o disco. Na minha opinião, a tríade que me faz pirar é "Soul of Fire", "Am I Demon" e a famosa, coxinha mas estupenda e clássica "Mother", que teve até video clipe e prêmios da MTV americana. Bom, por muito tempo na minha vida, quando terminava a faixa numero 6, eu desligava o play e ia ouvir outra coisa, coisa mais idiota, pois "Evil Thing" é a melhor tecnicamente de todo o LP, é uma quebradeira, uma variação muito legal e um riff bem marcante, aliás, muito marcante.

Bom, eu poderia finalizar a resenha com vários adjetivos, frases de efeito, mas vou finalizar de uma maneira sucinta, "Clássico é clássico e vice-versa". Brincadeiras a parte, esse é um album de cabeceira, um masterpiece, que nem sempre é disponibilizado e tem os devidos créditos. Se você não tem ou não conhece, bora baixar, e ver um grande trabalho da carreira dessa banda, e do heavy metal americano, indispensável.

Facebook / Home Page

Tracklist:
1.Twist of Cain - 04:18      
2.Not of this World - 03:42      
3.She Rides - 05:10     
4.Soul on Fire - 04:36      
5.Am I Demon - 04:59      
6.Mother - 03:25      
7.Possession - 03:55      
8.End of Time - 04:02      
9.The Hunter (Albert King cover) - 03:31    
10.Evil Thing - 03:17

Download:
Mega / Rapidshare / Cloudzer / Freakshare / Zippyshare

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.