sexta-feira, 9 de agosto de 2013
Avatar

Pignes Clips #3 - Festas

3 comentários

Seja na casa de um amigo, em uma boate de swing ou em uma banheira (oi?), as festas sempre estão presentes em nossas vidas (até mesmo aquela de aniversário do priminho distante que você fez questão de ir só para comer todos os salgadinhos!). Pensando nisso e em minha relação de amor e ódio para com elas, decidi resgatar de nosso baú de seções empoeiradas o Pignes Clips, que consiste basicamente em uma lista de videoclipes selecionados de acordo com um tema. Nesta seção, já tivemos: Os melhores de 2012 e Curtas-Metragens.

Sendo assim, montei uma lista com 10 (sim, apenas 10 porque gosto da brevidade!) videoclipes que se passam ou mostram em algum momento uma "festa" ou algo que lembre uma festa. No mais, não esperem um amontoado de músicas fucking goths da trevosidade pagã, pois, não nego que até queria, mas essas bandas são tão undergrounds que praticamente nem tem clipes! E, de todo modo, também é um meio de mostrar que nem só de trevas vive um coração gelado como a noite no inverno. Por fim, quem quiser montar sua própria lista e comentar, sinta-se à vontade!




#10. Avril Lavigne - I'm With You



- Faixa nº 04 do álbum "Let Go", 2002.

Talvez só os "socialmente deslocados" entenderam ou entenderão a solidão desta música; não apenas uma letra simplória e boba de adolescente, de uma cantora fucking pop que foi mudando tanto que ninguém reconhecia mais, todavia a exposição de algo que pode nos perseguir anos a fio. A solidão que grita enquanto você está rodeado de pessoas. Você está ali, provavelmente entre pessoas queridas, mas não é o seu lugar. Então você cansa e vai embora, na maioria das vezes sozinho. Quiçá, o real motivo de eu montar uma lista com clipes de festas e começá-la com uma música tola seja esta minha estranha angústia em frequentar este tipo de lugar!


#09. Cyndi Lauper - Girls Just Want To Have Fun



- Faixa nº 02 do álbum "She's So Unusual", 1983.

Este foi o primeiro e maior sucesso de Cyndi Lauper (não é possível que alguém não conheça essa música!). E eu ainda acredito que essa é aquele tipo de música que toca e, não importa onde você esteja, você vai pensar "Ai, como eu adoro essa música!". A dona de um dos cortes de cabelo mais cagados ousados e da voz enjoada de criança, foi também a dona do hit que, a meu ver, mais condiz com o tema "festa". Afinal, quem nunca chegou de manhã no outro dia, só ressaca, e teve de ouvir aquela ladainha dos pais, como "Quando é que você vai viver de um jeito correto?" e "O que é que você vai fazer da sua vida?", é porque nunca foi para farra de fato!


#08. Blutengel - Reich Mir Die Hand



- Faixa nº 08 do álbum "Tränenherz", 2011.

Blutengel é e sempre será a banda dos clichês. Porém, poucas vezes tivemos esta oportunidade de ver Chris Pohl "seduzir" com uma taça de sangue falso! Como de costume, em Reich Mir Die Hand traz mulheres gostosas em trajes íntimos, enquanto o vampiro-mor heterossexualmente drena o sangue de uma donzela frágil. Foi-se o tempo que vampiro virava morcego. Hoje, eles são modernos: usam carros caros e último modelo e piercing na língua... De qualquer forma, as orgias em um casarão no meio do nada continuam!


#07. Rammstein - Engel



- Faixa nº 02 do álbum  "Sehnsucht", 1997.

Rammstein é a banda com mais temáticas festivas em seus videoclipes que eu conheço, sejam estas festas dos camponeses ou de formigas (?). Cheguei a assistir esse clipe na MTV a sei lá quantos anos atrás em uma madrugada dessas da vida... No maior estilo "From Dusk till Dawn" (pt. "Um drink no inferno"), o video mostra uma festa trancada em um lugar sombrio, com pessoas suspeitas e uma stripper principal macabra!


#06. Marilyn Manson - Tainted Love



- Faixa nº 01 da OST do filme "Not Another Teen Movie" (pt. "Não é mais um besteirol americano"), 2001.

Eu nunca fui fã de Marilyn Manson, mas eu confesso que os covers dele geralmente são muito fodas! E digo isso no sentido de transformar completamente uma música... Quem diria que aquela super empolgante música de drag-arrasa-pista-de-boate do Eurythmics se transformaria em um hino de rituais satânicos dos góóóthicos?! "Personal Jesus" do Depeche, então, nem se fale!

A questão é que, não apenas a música do Soft Cell foi alterada, mas o videoclipe em si é um acontecimento: 1- O cara chega na festa no maior estilo gangster goth; 2- Chega arrasando; 3- SENSUALIZA NA BANHEIRA igual aquela do Gugu!!!... Acho que essa cena é tão medonha quanto imaginá-lo chupando o próprio pau; sem mais!


#05. Bauhaus - Bela Lugosi's Dead



- Faixa nº 01 (versão original) da demo "Bela Lugosi's Dead", 1979.

Eu juro lembrar de ter assistido esse vídeo em formato de videoclipe em algum lugar. Mas eu revirei a internet em busca disso e não achei, logo penso que tudo não passou de um sonho! De qualquer forma, elaborar uma lista de videoclipes com temática de festa e não colocar qualquer menção a este vídeo, seria no mínimo uma heresia gravíssima na irmandade trevosa!

Eu já falei aqui e todos sabem da importância desta música para irmandade. Mas não custa nada repetir: "Bela Lugosi's Dead" foi uma ironia que deu errada e rendeu ao Bauhaus o título de banda "gótica", bem como abrir o filme "The Hunger" (pt. "Fome de Viver"), em 1983; onde aparecem vários elementos que iriam compor a estética goth e a clássica dancinha de Peter Murphy, além de uma representação vampiresca de David Bowie!


#04. Prodigy - Smack My Bitch Up



- Faixa nº 01 do álbum "The Fat of the Land", 1997.

Eu nunca fui lá muito fã de Prodigy. Na verdade, eu tendo mais a gostar de quem gosta da banda. Porém eu reconheço que também nunca me interessei em conhecer a mesma. No fim, basta-me só essa música. E não há como não gostar dela; é um clipe auto-suficiente para quem gosta de violência e pornografia como eu!

Polêmico, este videoclipe retrata aquilo que nós conhecemos por "noite porra-loka", onde uma pessoa se arruma, vai para uma boate, consome drogas, arranja uma briga, rouba um carro, atropela alguém e termina na cama transando com uma puta. E, claro, nenhum pudor nas cenas! De violência e pornografia, eu já vi mais. Contudo, este clipe é da década de 90, onde até Emmanuelle era "proibidão". Então, todo meu respeito a "Smack My Bicth Up"!


#03. Smashing Pumpkins - Ava Adore



- Faixa nº 02 do álbum "Adore", 1998.

Eu acho que antes mesmo de eu saber quem era Smashing Pumpkins ou o que a letra dessa música dizia, eu havia me apaixonado por ela! Até hoje eu não consegui ouvir "Adore" inteiro, pois fico repetindo essa música incansavelmente. A lugubridade desse videoclipe me encanta! É meio que fascinante você transitar de um ambiente a outro, onde aparentemente são desconexos entre si, enquanto uma letra doentia e cheia de imposições é cantada!


#02. Deftones - Change (In The House Of Flies)



- Faixa nº 10 do álbum "White Pony", 2000.

No mesmo segmento de "Smack My Bitch Up", porém bem menos controverso e um pouco sugestivamente "safadinho". "Change (In the House of Flies)" fez parte de sei lá quantas trilhas sonoras (incluindo o trailer da 7º temporada de Dexter). É o tipo de música dúbia: ao mesmo tempo que ela é perfeita para se ouvir a dois (e aqui cabe dizer que ela também já pertenceu a sei lá quantas playlists "hot" para o sexo); é uma música para se ouvir na devastação do "eu, sozinho". Em nossa atual concepção de festa (como sinônimo de putada), é o videoclipe que mais transcreve este significado em imagens!


#01. She Wants Revenge - Tear You Apart



- Faixa nº 11 do álbum "She Wants Revenge", 2006.

E, finalmente, a música que inspirou a montagem desta lista de videoclipes. Afinal, "Tear You Apart" não é só uma música; ela, junto ao clipe, é uma historia sem fim. Eu lembro a primeira vez que vi este videoclipe e foi amor à primeira vista! É uma sequência de acontecimentos que prendem sua atenção em diálogos paralelos à música; como costumo chamar a "santa tríade": Nome de banda, música e videoclipe fodas! A ironia é que, normalmente, quando o videoclipe conta uma historinha, ele nem sempre condiz com a música. Bem, este não é o caso. É uma letra que mostra uma perversidade lúdica e, talvez, um pouco inocente tal qual o clipe... É a MINHA música!

3 Responses so far.

  1. Curti bastante a lista, mas eu jurava que iria ver "imitation of life" por ai

  2. Ariel says:

    Ah, obrigada!

    Não teve porque não sou chegada em R.E.M. :B

  3. Blogger says:

    I have just installed iStripper, and now I enjoy having the best virtual strippers on my desktop.

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.