sábado, 16 de novembro de 2013
Avatar

Hamferð - Evst

2 comentários

Gênero
: Doom/Death Metal
País: Ilhas Faroé
Ano: 2013

Comentário: Tá aqui o lançamento mais aguardado por mim de 2013. Os faroeses do Hamferð me conquistaram lá em 2010 com o EP Vilst er Síðsta Fet, que de lá pra cá chegou a ter os bits furados de tanto tocar no meu humilde Amarok (infelizmente eu não consegui arrumar uma cópia física do disquinho, coisa que eu espero consertar caçando Evst em tudo quanto é lugar possível). Era uma vibe absurdamente inspirada de Doom/Death que a muito não se via e trouxe aos caras uma atenção fora do normal para uma banda de um estilo que se considerava extinto de novos ares.

A musicalidade da banda gira em torno de uma fórmula batida: mescla de vocais limpos e guturais graves com um instrumental cadenciado, melódico e pesado. Bandas que seguem caminhos manjados precisam obrigatóriamente serem mais do que perfeitas em algum desses elementos para conseguir se destacar. E no caso do Hamferð existem pelo menos uns três elementos clássicos do estilo nos quais eles se destacam. O primeiro deles é o vocal limpo, performado por Jón Aldará, que é de uma paixão e uma intensidade sem iguais. A lingua faroesa é o idioma cantado em todas as faixas, o que contribui não só para a identidade da banda, mas também para a sinceridade dos vocais. Simplesmente impossível não se emocionar em várias faixas dos caras, mesmo não entendendo uma palavra do que está sendo dito. E isso é arte, meus amigos.

O instrumental da banda é outro elemento de destaque, por que não se apega aos valores já demarcados por bandas como Swallow The Sun e Draconian como únicos nortes a se guiar. Claro que nada aqui surpreende muito, ficamos sempre ou quase o tempo inteiro num terreno conhecido, sem muito o que temer. Mas vez ou outra a coisa desacelera de um modo que o ouvimos transcende o Doom Metal para, se aliando aos vocais limpos, pisar fortemente o terreno da música tradicional faroesa, as elégias nórdicas e os lamentos de pescadores perdidos no mar. Aliás, a palavra "Hamferð", em faroês, tem tudo a ver com isso: se refere aos pensamentos epifaníacos dos pescadores perdidos no mar aberto. A parte acústica nas faixas é largamente empregada, e de uma forma que a transição entre a distorção e o acústico as vezes passa completamente despercebida, tal é harmoniosa, obscura e intensa.

A sonoridade do Hamferð, apesar de profundamente emocionante e melódica, não é nada leve, em especial se levarmos em consideração a quantidade avassaladora de melancolia em cada nota proferida pelo grupo. Tudo, absolutamente tudo, que eu disse aí encima valia para o EP e vale igualmente para Evst, para minha profunda alegria. É lindo ver que a essência da banda é essa mesma, ou seja, aquele EP maravilhoso de 2010 não foi um lampejo criativo, mas sim um sinal promissor e certeiro de uma banda absurdamente talentosa.

Evst vai mais longe em alguns pontos também, é bom deixar claro. Os vocais limpos são ainda mais emocionantes, ainda mais intensos e a sonoridade tem um tom de forma geral muito mais cadenciado. Não é absurdo dizer que algumas faixas pisam fortemente no Funeral Doom, mesmo que os silêncios sepulcrais que esse estilo usualmente cria sejam, aqui, sempre preenchidos com teclados. Teclados que não soam chatos, nem incomodam, já que coadjuvam o tempo inteiro, deixando como protagonista unicamente os vocais e as guitarras. De vez em quando a sonoridade do álbum dá uma caída pra uma vibe mais sinistra, o que contribui pra esse clima de Funeral Doom, lembrando bem outra banda incrível, o Doom:VS.

De forma geral, Evst é algo pra ouvir e sentir. Mas sentir acima de tudo.

E destaque total e absoluto pra segunda faixa. Upei como preview e não foi a toa. Ouçam pra sanar qualquer remota dúvida se isso aqui é ou não um absurdo de foda.


Tracklist:

1. Evst  05:50
2. Deyðir varðar 08:46
3. Við teimum kvirru gráu 07:25
4. At jarða tey elskaðu  04:07
5. Sinnisloysi 08:46
6. Ytst 10:26

Download:

MEGA

104.2 Mb, 320 Kbps

2 Responses so far.

  1. Acho que sou muito noob... não consegui baixar =/

  2. Forbidden says:

    Scarlet, não te aflija, é assim:

    clica no link do MEGA, espera a página carregar, depois clique em "download to your computer", que é o botão em vermelho escrito download. Nisso você aguarda baixar e ao final ele vai te perguntar onde você quer salvar ele no seu computador. Você escolhe e pronto, voilá.

    PS: dependendo do navegador o mega as vezes não abre. Recomendo usar o Chrome, o Firefox ou o Opera Next. Eu não sei o Safari e outros navegadores, mas eu sei que o Opera comum e o Internet Explorer as vezes não conseguem abrir o site do mega, pode ser isso seu problema.

    Disponha!

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.