terça-feira, 17 de dezembro de 2013
Avatar

David Bowie - The next day

0 comentários

Gênero: Rock
País: Inglaterra
Ano: 2013

Comentário: "Sério?" este foi o meu questionamento ao saber do retorno de David Bowie ao mundo da música após hiato de uma década. Momento de alegrias para muitos fãs e admiradores da boa música, a volta do camaleão para mim foi um misto de surpresa com desapontamento, pois tenho um motivo imbecil que não consigo ignorar: o caráter colecionador. A duras penas, consegui durante anos a fio adquirir todos os álbuns de estúdio do cantor e tinha para mim que a coleção estava por encerrada. Mas eis que o mestre decide The next day veja a luz do dia em pleno 2013.

Dono de uma discografia das mais diversificadas da história da música, Bowie sempre foi fiel as suas convicções e isto fez com que flertasse com funk, soul, drum and bass, industrial, techno, rock, disco, art rock entre tantos outros gêneros que seria necessário um post enorme só para falar disto. Tanta versatilidade originou muitos acertos e alguns erros. E no caso este mais novo rebento entra para o panteão dos clássicos.

The next day é um disco que soa como continuidade natural de Reality, álbum lançado em 2003. A faixa título é um dos melhores cartões de visita deste ano. Rocker na essência, a canção é um hino que vai de encontro aos detratores que denunciaram que sua carreira estava acabada. "The stars (are ou tonight)", segundo single do disco, é enérgica com frases de guitarra marcantes e tem vídeo clipe dirigido por Flora Sigismondi que faz ode a estilo de David Lynch, diretor canadense popularmente conhecido por filmes instigantes a psique humana. "Where are we now?" é a porção melancólica caracterizada por um belo arranjo ao piano. "Valentine's day" é provavelmente a mais bela canção composta no ano vigente, uma referência lindamente construída ao amor nos dias atuais. "Boss of me" é pura soul music cadenciada por uma mensagem positiva ante a tristeza. "Dancing out of space" e "(You will) set the world on fire" respondem pela parte pungente da obra vide guitarras distorcidas, pesadas e até mesmo dançantes. A última inclusive aborda em letra a cena folk dos anos 60, onde Baez, Van Ronk e Dylan cresceram e mudaram o mundo.          

Alusões ao passado, seja pela capa (um recorte do também clássico "Heroes") ou pela produção do antigo parceiro Tony Visconti, podem enganar os desavisados, mas Bowie segue em frente esbanjando vitalidade e criatividade que em nada devem os tempos áureos de sua carreira.

Por fim, há uma razão para o retorno do britânico em pleno 2013 ela está explicitada no refrão da já citada "Valentine's day", pois "ele tem algo a dizer". E caríssimo Bowie, eu te perdoo. Se nos próximos anos você manter a qualidade em alta, tal como neste disco, não me importo de gastar outros suados reais com as suas obras. Não à toa The next day figura em várias listas de melhores do ano.                          


Tracklist:

01. The next day
02. Dirty boys
03. The stars (are out tonight)
04. Love is lost
05. Where are we now?
06. Valentine's day
07. If you can see me
08. I'd rather be righ
09. Boss of me
10. Dancing out of space
11. How does the grass grow?
12. (You will) set the world on fire
13. You feel so lonely you could die
14. Heat
15. So she
16. Plan
17. I'll take you there

Download: MEGA

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.