quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014
Avatar

Husker Du - New day rising

0 comentários

Gênero: Alternative rock / Post-hardcore / Hardcore / Punk Rock
País: Estados Unidos
Ano: 1985

Comentário: Michael Azerrad, autor do livro Our band could be your life;obra que esmiúça a cena indie norte-americana dos  anos 80, descreve de forma primorosa a eferverscência daqueles tempos no qual uma gama de bandas, ainda obscuras, buscava arduamente seu lugar ao sol no cenário musical. No mesmo temos acessos à relatos de músicos, críticos e pessoas que acompanharam de perto a ascensão e queda desta cena que até hoje repercute tamanha a qualidade. Dentre tantas histórias magnificas a mais relevante delas é talvez a do trio Husker Du.

Formado por Bob Mould (guitarra e voz), Grant Hart (bateria e voz) e Greg Norton (baixo), a banda é do tempo em que a tal "cena alternativa" ainda não tinha nem mesmo nome, fator este que fez com que muitas das bandas desta época (leia-se Black Flag, The Replacements, Minor Threat entre tantas outras) fossem categorizadas meramente como punk, classificação reducionista por demais. Exemplo este é o terceiro álbum Husker Du, New day rising.

Produzido por Spot e pelo grupo em si, é neste álbum em que percebemos que as qualidades e vertentes sonoras de Mould e Hart. Distintos compositores, ambos atendem por características dispares em suas composições que podem ser, sem exagero algum, comparadas ao trabalho cometido por Lennon e McCartney na fase psicodélica dos Beatles. De um lado temos Grant, que responde pelo lado Macca do trio, responsável por canções hermeticamente ensolaradas e com refrões memoráveis carregados de emoção, tanto nas letras quando ao modo desleixado de cantar, como são audíveis em "Terms of physic warfare", "If I told you" (uma das raras parceiras com o guitarrista), a essencialmente punk "Girl who lives on Heaven Hill" e a pérola pop, conduzida ao piano, chamada "Books about UFOs". Bob, por outro lado, responde pela parte urgente, experimental e crua do disco, aproximando-o assim de John. A faixa título, cuja letra é repetição desenfreada  da sentença "novo dia raiando" por todos os seus 2 minutos e 35 segundos já merece destaque e é sem dúvida uma das melhores produções cometidas por eles. Não obstante, o guitarrista é responsável por toda a porção punk/hardcore, seja em canções pegajosas seja em "I apologize" e "I don't know what you're talking about", na elogiada "Celebrated summer" (coverizada inclusive pelo Anthrax), nas aceleradas "Whatcha drinkin'" e "Plans I make" ou na desconjuntada, distorcida e surreal "How to skin a cat".

Infelizmente, a união do trio não duraria por muito tempo. Drogas, desavenças e suicídio do empresário (David Savoy) sucumbiriam e provocaram o fim. Após este disco a banda gravaria ainda outros três grandes álbuns e encerraria de fato suas atividades.                          

De certo, anos mais tarde comprovariam que legado deixado pela banda seria enorme. Afinal muitas bandas da safra anos 90 afirmam ser o trio de Minnesota ser a sua grande influência. Vale lembrar inclusive que o Pixies nasceu de um anuncio postado com os seguintes dizeres "banda procura baixista que goste de Peter, Paul and Mary e Husker Du". De tempos em tempos muito outros artistas pagariam tributo e se hoje Mould e Hart seguem elogiadas carreiras solos muito se deve ao trabalho realizado nos anos de ouro desta década.
         

Tracklist:

01. New day rising
02. Girl who lives on Heaven Hill
03. I apologize
04. Folk lore
05. If I told you
06. Celebrate summer
07. Perfect Example
08. Terms of physic warfare
09. 59 times the pain
10. Powerline
11. Books about UFOs
12. I don't know what you're talking about
13. How to skin a cat
14. Whatcha drinkin'
15. Plans I make

Download: Mediafire

Leave a Reply

Link Off? Comente aqui mesmo ou na caixinha de bate papo ali do lado que a gente reposta rapidinho.

 
Ignes Elevanium © 2011 DheTemplate.com & Main Blogger. Supported by Makeityourring Diamond Engagement Rings

Poucos direitos reservados a nós e muitos para as bandas.